23

out 14

bolsa-familia

Muita gente por aí é visceralmente contra o Bolsa Família. Afinal, esse programa é uma diabólica anomalia num país tão meritocrático como o Brasil. E aqui logicamente todos têm as mesmas condições e oportunidades de vencer na vida, sendo qualquer programa governamental de renda mínima uma afronta que tira dos pobres a obrigação de trabalhar e faz a classe média e os ricos sofrerem. Então venho escrever este texto mostrando dez motivos por que todos deveriam ser contra esse programa lançado em 2004 pelo satânico, maléfico e destruidor governo Lula: Leia mais »

3 Comentários

-

Leia mais aqui
22

out 14

nao-sou-racista-mas

É muito frequente entre pessoas pertencentes a categorias dominantes (pessoas brancas, homens, heterossexuais, pessoas cisgêneras, gente de classe média a alta etc.) julgar que determinado discurso, seja ele escrito, oral ou imagético, “não foi preconceituoso” mesmo sem terem ouvido a opinião de pessoas potencialmente afetadas por ele. Essa atitude é equivocada e precisa ser revista, em nome da empatia, da alteridade e da justiça. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
22

out 14

intolerancia-religiosa-eleitoral

A baixaria na campanha eleitoral do segundo turno presidencial tem vindo dos dois lados, e um dos aspectos mais escabrosos dela é o apelo e incitação à intolerância religiosa. Dilma Rousseff tem sido apontada como supostamente ateia, e Aécio Neves é “acusado” de pertencer à maçonaria, e eleitores de ambos têm explorado essas suposições como “razões” para que um ou o outro não receba votos. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
22

out 14

aecio-discurso-odio-antipetista

O presidenciável Aécio Neves está pegando pesado em seus comícios. Em discursos exaltados feitos em Campo Grande e Goiânia, ele na prática incitou ainda mais ódio contra a candidatura de Dilma, o PT e, indiretamente, os apoiadores dos mesmos. Ele mesmo mostra que alimenta a fornalha do ódio antipetista, e assim faz a consciência política do brasileiro médio dar passos para trás. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
21

out 14

mendigata-racismo

Desde o último dia 18, o portal do jornal O Globo está falando de uma moradora de rua de Niterói, atraindo para ela a atenção da população brasileira e, de certa forma, despertando alguma compaixão de muitos leitores do site pela situação dela de vulnerabilidade social. Branca, bonita e caída da classe média, Jéssica Pinto da Luz, chamada de “mendigata”, tem recebido uma grande atenção e admiração, contrastando com milhares de outras mendigas que, negras, de origem pobre e consideradas “feias”, têm nada mais do que o desprezo e até o nojo dessa mesma população. E reacende a discussão sobre racismo, elitismo e compaixão seletiva por pessoas em situação de risco social. Leia mais »

7 Comentários

-

Leia mais aqui
20

out 14

aecio-agressivo

Os resultados do primeiro turno presidencial e a tendência ascendente que Aécio Neves passou a ter desde então – mas que pelo visto parou e até começou a se reverter – trouxeram uma avassaladora epidemia de ódio político, social e criminal pelo Brasil. Diante de tantos discursos criminosos de aversão contra nordestinos, negros, pessoas pobres, petistas e militantes de esquerda, o candidato tucano a presidente está devendo uma declaração oficial sobre essa onda raivosa movida pelo antipetismo fanático plantado nas massas. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
19

out 14

bandeira-trans

TW (aviso): as páginas linkadas aqui contêm transfobia e cissexismo

As pessoas trans são tratadas como “corpo estranho”, pessoas menos dignas de respeito do que as cisgêneras, na sociedade pela mídia. Isso se reflete em tantas notícias que lhes desrespeitam a identidade de gênero e lhes negam qualquer traço de dignidade. Este post traz uma pequena amostra de como esse desrespeito é disseminado por uma imprensa que não sabe como tratá-las como dignidade. Leia mais »

3 Comentários

-

Leia mais aqui
19

out 14

perolas-de-direita

Leia aqui todos os posts da série de pérolas de páginas de direita do Facebook

TW (aviso): algumas imagens-pérola contêm machismo, ódio contra pobres, incitação à intolerância política e legitimação da ditadura civil-militar.

Obs.: As minhas menções elogiosas às políticas bem sucedidas de Dilma e Lula não são um atestado de apoio incondicional ao governo Dilma, tampouco uma postura governista. Tenho uma postura crítica e cética perante o primeiro mandato dela – e terei perante o segundo, caso ela vença. E meu voto nela é crítico e tem ressalvas.

Consciencia.blog.br traz mais uma coletânea de pérolas de páginas de direita do Facebook, novamente tendo como tema o antipetismo fanático fomentado por elas (leia aqui o post anterior que também tematiza o antipetismo eleitoral). A panfletagem de ódio político anti-Dilma e anti-PT vinda dessas páginas tem sido mantida com a regularidade do primeiro turno. E sua abundância de conteúdo nessas páginas contrasta com a escassez de imagens que defendam Aécio Neves como chefe de um projeto alternativo de governança, de política e de país o qual tenha muitas propostas novas e concretas e uma vida própria fora da aversão aos governos federais petistas. Leia mais »

1 Comentário

-

Leia mais aqui
19

out 14

padre-marcelo

Aviso: Este post não é uma página do site oficial do Padre Marcelo Rossi. Caso você tenha chegado aqui com a intenção de mandar mensagem para ele, faça isso no site oficial dele. Comentários direcionados a ele serão apagados.

O Padre Marcelo Rossi voltou a desrespeitar ateus e outras pessoas que não creem em seu Deus. Numa entrevista feita na segunda metade da semana passada, em que falou sobre seus recentes problemas de saúde, ele atirou mais um ofensivo libelo contra pessoas que vivem “sem Deus”, acusando-as de suscetibilidade à depressão e ao uso de drogas pesadas. Leia mais »

2 Comentários

-

Leia mais aqui
18

out 14

Dizer ter orgulho de viver num "Brasil conservador" implica ~necessariamente~ ter orgulho de ver perpetuado o estado de coisas que inspira charges como essa.

Dizer ter orgulho de viver num “Brasil conservador” implica ~necessariamente~ ter orgulho de ver perpetuado o estado de coisas que inspira charges como essa.

Depois dos resultados do primeiro turno das eleições de 2014, muitos brasileiros argumentaram que o cenário político brasileiro foi “realinhado” com o perfil do eleitorado, alegadamente “muito conservador”. E muitos direitistas tomaram isso como motivo de orgulho. Para eles, nada mais “feliz” do que pertencer a um “país conservador” apegado aos “valores da tradição” e “da moral e dos bons costumes”. Vale então questioná-los sobre do que estão se orgulhando mesmo. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui