04

set 14

Conservadores radicais falam muito de ordem pública, mas estão entre os que mais favorecem a piora das situações de desordem

Conservadores radicais falam muito de ordem pública, mas estão entre os que mais favorecem a piora das situações de desordem

Uma das mais frequentes reivindicações alegadas pelos conservadores mais raivosos no Brasil é a manutenção ou retomada da ordem, seja no sentido de paz pública ou no de equilíbrio social. Mas quando lemos as opiniões deles sobre como o Estado deveria lidar com os Direitos Humanos, as minorias políticas, os movimentos sociais de esquerda, a questão da violência urbana, as relações entre a ordem econômica e a exclusão social, as políticas de justiça social e outras questões, temos a certeza de que a “ordem” reivindicada por eles é apenas uma palavra bonita sem conceito. O resultado da soma do que defendem é o caos, a perpetuação de uma situação de desordem pública, a “garantia” de que a sociedade nunca conseguirá entrar num estado de equilíbrio social enquanto prevalecerem os interesses que defendem. Leia mais »

1 Comentário

-

Leia mais aqui
02

set 14

relativizando-intolerancia-religiosa

Na semana passada, o SBT mais uma vez mostrou seu descompromisso para com os Direitos Humanos, ao rebaixar à qualidade de “polêmica” um crime de discriminação por intolerãncia religiosa sofrido por uma criança. A relativização do preconceito aconteceu no telejornal SBT Rio (exclusivo para televisões do estado do Rio de Janeiro) do último dia 29. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
02

set 14

veja-do-pt-black-bloc

O site de notícias políticas Brasil 24/7 mostrou ao país que é uma Veja com sinal (partidário) invertido. Com a mesma falta de noção do ridículo e o mesmo reacionarismo anti-movimentos sociais, o portal noticiou ontem (link alternativo para quem não quiser dar pageview ao site) que o candidato a vice-presidente Beto Albuquerque “anunciou a tática black bloc“, por ele ter dito que Marina Silva e ele pretendem governar “com a força das ruas”. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
02

set 14

Categorias: Artigo, Política

direita-esquerda-bobbio

A obra Direita e esquerda: razões e significados de uma distinção política foi publicada em 1994 pelo cientista político e então senador vitalício italiano Norberto Bobbio (1909-2004), autor também de obras como A era dos direitos, Teoria das formas de governo e As ideologias e o poder em crise. O livro foi inspirado por um contexto histórico de campanha eleitoral na Itália, no qual a esquerda e a direita mostravam ter sobrevivido, enquanto conjuntos de ideologias distintos, à redução à impotência do “sonho comunista” novecentista resultante do fim da Guerra Fria. Leia mais »

1 Comentário

-

Leia mais aqui
01

set 14

 

brasilpost-antietico

Atualização (01/09/14, 17:36): Depois de ultimatos dados por feministas que haviam se deparado com o absurdo, o compartilhamento foi tirado do ar. E na página da notícia no site, o recorte da foto vazada também foi removido. Mas ainda não foi dada nenhuma retratação.

A página facebookiana do portal Brasil Post violou a ética ao noticiar, na noite de ontem, o vazamento de fotos íntimas da atriz Jennifer Lawrence usando no link da matéria compartilhado no Facebook uma das fotos vazadas. O print do flagra da postagem antiética feita pela redação do site está disposto acima, com a devida censura feita por mim à foto roubada da atriz (o Consciencia.blog.br não divulga o link do post de compartilhamento.) Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
31

ago 14

repressao-camelos-donalindu-recife

A Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Controle Urbano (Secon), está tentando tirar de trabalhadores ambulantes o direito ao trabalho no Parque Dona Lindu, próximo da Praia de Boa Viagem e do extremo sul da cidade. Foi feita ontem de noite, por fiscais da secretaria, uma operação que tentou truculentamente expulsá-los do parque, sem que tentassem qualquer negociação amigável, segundo denunciou o LeiaJá. Leia mais »

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
31

ago 14

A "nova política" de Marina realmente traz novidade. Mas não é aquilo que se queria ou esperava

A “nova política” de Marina realmente traz novidade. Mas não é aquilo que se queria ou esperava

Ontem a equipe de Marina Silva quebrou o breve encanto que a população não heterossexual e a população trans tiveram por ela. Depois de um chilique do sacerdote do ódio Silas Malafaia, ameaçando “queimar o filme” dela, a seção “LGBT” do programa de governo sofreu fortes supressões e transformou-se em uma lista de intenções vagas e promessas periféricas e/ou confusas. Isso não é ruim apenas para as minorias ali contempladas, mas também para a própria candidata. Ela mostra que não é nem um pouco confiável e que sua “nova política” nada mais é do que tornar promessas suscetíveis a serem quebradas ou anuladas perante pressões de gente poderosa. Leia mais »

1 Comentário

-

Leia mais aqui
29

ago 14

eduardo-jorge

Obs.: Este post não é uma declaração de voto em Eduardo Jorge do PV. Meu voto, pelo menos por enquanto, é em Luciana Genro no primeiro turno e nulo no segundo.

Tem havido uma confusão envolvendo o nome do candidato a presidente Eduardo Jorge. Muita gente tem acreditado que ele é o mesmo que, na década de 2000, teve seu nome envolvido em alguns escândalos, tanto como acusado quanto como alegada vítima. Este post visa esclarecer essa confusão: são dois Eduardos Jorges bem diferentes. Leia mais »

3 Comentários

-

Leia mais aqui
28

ago 14

Eduardo Campos é um exemplo de pessoa falecida cuja estima póstuma foi elevada por ter constituído família e tido filhos

Eduardo Campos é um exemplo de pessoa falecida cuja estima póstuma foi elevada por ter constituído família e tido filhos

É costumeiro lembrar as boas características de uma pessoa querida que morreu há pouco tempo. As boas ações, as realizações no trabalho, as qualidades, o amor que ela dedicava a seu próximo, tudo isso é re-enfatizado nos dias seguintes ao seu falecimento. Entre todas essas lembranças, costuma vir também a alegação de que era uma mãe ou pai de família e deixou N filhos – e isso ajuda a elevar a estima do indivíduo morto perante seu círculo social e, em casos de pessoas públicas, a sociedade. Apesar da inquestionavelmente boa intenção ao se realçar seu atributo de colíder de uma família, fazer isso é problemático e, de certa maneira, uma forma de reprodução de opressões. Leia mais »

2 Comentários

-

Leia mais aqui
25

ago 14

bandido

É recorrente uma situação estrelada por muita gente que demanda soluções conservadoraspara problemas como violência urbana e corrupção política. Quando sofrem ou tomam conhecimento de um crime como um assalto à mão armada ou um flagra de corrupção vindo de um político do PT, vociferam pelo enrijecimento radical da lei penal vigente. Pedem por mais força policial, penas prisionais mais compridas, pena de morte, prerrogativa para policiais de matar criminosos pegos em flagrante. Mas na primeira oportunidade que aparece de mandarem a própria lei às favas para fins como vingança e descarrego de ódio, o fazem, seja promovendo, demandando, apoiando ou consentindo a violação legal. Leia mais »

1 Comentário

-

Leia mais aqui