29

jan10

Viver a pancadaria (Parte 2)

Anteontem fui obrigado pelas circunstâncias (como sempre, familiares vendo televisão) a ouvir (e ver alguns poucos instantes) mais uma das tantas brigas que marcam a novela Viver a Vida. Entre quais personagens, não me interessa.

Pensando em mais esse momento de baixaria das novelas das nove da Globo, dei uma procurada no Google News sobre brigas nessa novela.

Vejam o resultado e tirem suas conclusões: http://news.google.com.br/news/search?pz=1&cf=all&ned=pt-BR_br&hl=pt-BR&q=viver+a+vida+briga

Essa novela está mais para Viver a Pancadaria. É lamentável como a Globo gosta de incitar a baixaria como valor sociocultural.

Tenho saudades daquela campanha que, dez anos atrás, estava surgindo, a Quem financia a baixaria é contra a cidadania. E a Globo é evidentemente contra a cidadania — em diversos sentidos, da cidadania da mobilização à cidadania das relações humanas civilizadas.

Novamente digo: é uma pena que tanta gente tenha a TV ligada na Globo como principal diversão de seu dia-a-dia.

Fica a mensagem, que faço questão de repetir:

desligue a tv

imagrs

2 comentário(s). Venha deixar o seu também.

tuttygualberto

janeiro 29 2010 Responder

Essa programação das tvs estão cada vez piores e mais fáceis de serem “entendidas” por pessoas simplórias. Além das novelas os coitados são obrigados a assistirem Big Bosta Brasil (BBB) e outros lixos. Pedir ou tentar orientá-los a ler um livro ou um blog chega a ser uma piada mas sua tentativa é válida.
Abraços

Valdeir

janeiro 29 2010 Responder

Robson,

A Rede Globo “estiliza” a baixaria. Enquanto, por exemplo, a Bandeirantes tem o explícito baixo nível do Brasil Urgente, a TV dos Marinhos tem a “chique” (e por isso perigosa) e subliminar baixaria das novelas.

Abraços.

Gostei do seu blog

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo