26

fev10

Espuma da morte, tecnologia de dar inveja aos nazistas

ESPUMA MORTAL

À primeira vista, o uso da tecnologia choca. Mas pode fazer toda a diferença num momento de crise. [A única crise que estou vendo é a crise de racionalidade da espécie humana, que foi capaz de criar mais essa máquina de assassinar em massa.] Ela foi desenvolvida para eliminar rapidamente grandes plantéis – mais precisamente, mil aves por minuto e preservar as condições sanitárias de toda a cadeia produtiva. A máquina que produz a “espuma assassina”, comprada pela Associação Catarinense de Avicultura (Acav), foi apresentada ontem em uma propriedade no município de Arutã, próximo a Concórdia, na região Oeste.

A foto [http://www.clicrbs.com.br/rbs/image/7809053.jpg] mostra o teste em que foram abatidos cerca de 400 frangos, ontem pela manhã. O equipamento fabricado nos Estados Unidos (imagem menor) garante a eliminação das aves de forma operacionalmente rápida e biologicamente segura, garante o presidente da Acav, Cléber Ávila. Por ter uma consistência maior do que uma espuma normal, ela mata os animais por asfixia.

Ele diz que a criação de uma estrutura operacional e logística para o extermínio rápido de grandes plantéis de aves é uma exigência do plano de emergência avícola que todos os estados deveriam adotar. Trata-se de um cenário hipotético, mas que deve ser imaginado como possível, para que todas as ações de intervenção sejam controladas. O equipamento, que ficará em Concórdia, custou R$ 200 mil, mas poderá ser deslocado para qualquer região em caso de identificação de um foco de doença. SC abate cerca de 700 milhões de aves por ano.

Parabéns a quem desenvolveu essa apreciável tecnologia de matança em massa. @ autor/a dessa façanha levou ao extremo o dogma de que a vida animal não tem nenhum valor fora o sangrento dinheiro da pecuária e desenvolveu mais uma máquina de fazer o mal, causar sofrimento, dor e morte em grandes proporções.

Essa pessoa deve estar orgulhosa agora. Agora o número de animais a serem mortos a cada dia vai crescer bastante graças ao eficiente engenho d@ Doutor/a Eichmann que irá, com muito sangue e sofrimento, aumentar os lucros da pecuária avícola. Porque, afinal, ela precisa matar mais para recuperar os lucros neste momento de crise, não é?

@ criador/a dessa espuma assassina merece o Prêmio Adolf Hitler de Ciência e Tecnologia.

Infelizmente, ao contrário de tantos nazistas que atuaram contra seres humanos, a entidade zoonazista criadora da espuma não será caçada e levada à Justiça por nenhum Simon Wiesenthal da vida.

imagrs

14 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Rafael

março 27 2015 Responder

Eu sei que a primeira vista parece ser cruel, mas é a maneira mais rápida e eficaz para sacrificar os animais em caso de Gripe Aviaria por exemplo.
Você parece bem engajado nesses assuntos alimentícios e tudo mais, então sabe o perigo que é se uma doença dessa se espalhar, por isso esse método é tão importante.

    Robson Fernando de Souza

    março 28 2015 Responder

    E vc acredita que isso é mais aceitável do que esse sistema de exploração animal simplesmente deixar de existir (e assim não abater e sacrificar nenhum animal mais)?

      Rafael

      março 28 2015 Responder

      Olha Robson, a resposta pra essa pergunta pode variar bastante dependendo da pessoa que responder, eu por exemplo sou carnívoro, gosto muito de carne e não pretendo parar, logo a resposta para mim é simples: “Não vou parar de comer carne, desse modo eu prefiro que continue assim.”, agora se for um vegetariano que responder essa pergunta ele sem dúvida vai preferir o fim da morte e do comercio em cima disso. Pode ser cruel aos olhos de quem não come carne, mas para quem come é simplesmente para um bem maior.

        Robson Fernando de Souza

        março 28 2015 Responder

        Que “bem maior” seria esse?

          Rafael

          março 28 2015

          O “bem maior” foi jeito de falar, eu quero dizer que esse “sacrifício” é necessário para comermos carne, sacou? Eu não tenho nada contra quem é vegetariano, vegano, porém eu não vou parar de comer carne, porque gostou bastante.

Luis

outubro 3 2014 Responder

Vegetal também tem vida, vários estudos ja foram feitos e vegetais também sentem <, tu vai parar de comer vegetais também agora? Por que eu duvido muito que tu consiga viver só comendo frutas, e pra não desperdiçar a vida tem que plantar todas as sementes viu? Ja que tu protege tanto isso.

wesley

novembro 7 2012 Responder

Concordo com Rafael Gusmão essa medida foi tomada para eventuais contaminçoes e se voçe acha que o mundo nao precisa de carne diga isso aos consumidores em geral pois enquanto houver pessoas consumindo havera pessoas produzindo.O MUNDO NAO VIVE SEM CARNE.

    Robson Fernando de Souza

    novembro 8 2012 Responder

    e se voçe acha que o mundo nao precisa de carne diga isso aos consumidores em geral pois enquanto houver pessoas consumindo havera pessoas produzindo.O MUNDO NAO VIVE SEM CARNE.

    Então vegetarianos e veganos são alienígenas?

Jackass

março 25 2012 Responder

Insuportavelmente LUCRATIVO, caos de desgorvernância ecológica e humana, um fim breve para um pequeno grupo de fornecedores e consumidores… de classe alimentar não desvendei nenhuma atenção sobre Predador humano x presa vivípara, afinal agronomia e pecuária são distintas em ci}ência e em matéria orgânica (animal x vegetal) Triste!

laerte

dezembro 1 2011 Responder

Colega, está máquina só é usada em caso de controle sanitário, para que se evite a disseminação de doenças avícolas quando e se algum tipo de doença restritiva ocorrer, as aves mortas não serão consumidas, serão encaminhadas para uma vala sanitária…ok

    Robson Fernando de Souza

    dezembro 1 2011 Responder

    Seja lá pra qual fim for, ainda assim não deixa de ser um método de extermínio que os doutores nazistas iriam apreciar muito.

Rafael Gusmão

março 11 2010 Responder

Caro Sr. Robson, respeito a sua opinião. Mas o senhor deveria atentar para o ponto de vista que estamos falando de alimento, item essencial para a existência humana. Esses animais não são mortos para que seja usada sua pele como decoração ou vestuário, o que acho ser totalmente descabido. Esses animais são alimentos de centenas de milhares de pessoas. A indústria lucra com isso? Sim. E qual o pecado disso?
Eles produzem, os consumidores compram. FAz parte da cadeia alimentar. Cada ser vivo usa as armas que tem para sobreviver. Uns são caça outros predadores. Isso em toda a cadeia animal. A espuma no caso, é um mal necessário, pois em caso de doença, medidas precisam ser tomadas para que não haja contaminação em massa, o que poderia levar a uma drastica redução na disponibilidade de ALIMENTO. É preciso olhar todos os pontos de vista em alguns assuntos, para não ficar preso a dogmas e conceitos meramente filosóficos.

    Robson Fernando

    março 11 2010 Responder

    Mas o senhor deveria atentar para o ponto de vista que estamos falando de alimento, item essencial para a existência humana.

    Matar pra alimentação não é mais um pretexto eticamente isento hoje em dia. Com a variedade de nutrientes existentes hoje, não precisamos mais comer carne nenhuma. Só se come hoje ainda por tradição e falta de informação (e consciência, pro caso de quem já sabe por que comer carne é ruim).

    Esses animais não são mortos para que seja usada sua pele como decoração ou vestuário, o que acho ser totalmente descabido. Esses animais são alimentos de centenas de milhares de pessoas. A indústria lucra com isso? Sim. E qual o pecado disso?

    Carne é algo abominável em todos os sentidos e, como disse acima, não precisamos mais dela. Os maiores “pecados” de comer carne são tratar animais como propriedade e matá-los desnecessariamente — seja de forma cruel, seja “humanitariamente”.

    Eles produzem, os consumidores compram.

    Corrigindo: Eles matam, os consumidores onívoros compram. Como falei, por tradição e carência de informação e conscientização.

    FAz parte da cadeia alimentar.

    O ser humano fugiu de qualquer relação natural de cadeia alimentar desde quando criou a agricultura e a pecuária. Além do mais, predadores naturais não aprisionam suas vítimas nem as tratam como propriedade sua.
    O argumento da cadeia alimentar não faz mais sentido num mundo em que nos dissociamos dos ambientes naturais.

    A espuma no caso, é um mal necessário, pois em caso de doença, medidas precisam ser tomadas para que não haja contaminação em massa, o que poderia levar a uma drastica redução na disponibilidade de ALIMENTO.

    Na pecuária, tudo é mal, mas nada é um mal necessário. Quanto à disponibilidade de alimentos, a própria pecuária a reduz muito quando troca de 3 a 9 gramas de proteína vegetal por 1 grama de proteína animal e suga mais de 30% da produção mundial de alimentos de origem vegetal.

    É preciso olhar todos os pontos de vista em alguns assuntos, para não ficar preso a dogmas e conceitos meramente filosóficos.

    Dogma é pensar que comer carne é indispensável mesmo com muitos argumentos aparecendo para desmentir. E o vegetarianismo é muito mais do que “meramente filosófico”. É questão de respeito à vida senciente, preservação do meio ambiente e zelo à própria saúde humana.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo