26

abr10

Restaurante de São Paulo oferece carne de filhotes

Não é carne de filhotes de cães ou gatos como você pode ter pensado ao ler o título, mas a crueldade não difere:

Restaurante anuncia seleção de grelhados com seis novos pratos

O restaurante Escobar (zona oeste de São Paulo), que transparece a inspiração argentina, tanto no ambiente quanto no menu, acaba de lançar uma seleção de grelhados. As seis novas sugestões de cortes especiais vêm acompanhadas de salada e custam de R$ 46 a R$ 90.

Os clientes já podem provar a bisteca de ancho (contrafilé grelhado no azeite de ervas frescas e sal grosso com pimenta-do-reino, por R$ 46), o carré de leitão (porção de costelinhas tipo aperitivo, por R$ 48) e a costeleta de vitela (carne com menos gordura, por R$ 52).

O novo cardápio também inclui a picanha de cordeiro (com chimichurri de ervas frescas ou geleia de menta, por R$ 46), o bacalhau-lombo (cozido no azeite e grelhado, servido com vinagrete de alcaparras, por R$ 58) e o combinado (que reúne seleção de cortes especiais, como carré de cordeiro, picanha, ancho e coração de alcatra, que serve de três a quatro pessoas, por R$ 90).

Ou seja, carnes de filhotes. Brutalmente separados de suas desesperadas mães e confinados até serem mortos pela mão assassina da pecuária.

Leitões, porquinhos filhotes que ainda estão mamando

Cordeiro, filhote de ovelha

Bezerro ou vitelo, filhote de vaca. Morto pela pecuária, tem seus músculos extraídos e vendidos sob o nome de vitela.

Você é capaz de comer a carne desses animais? Carne de filhotes que sequer tiveram a chance de desmamar por conta própria ao serem roubados de suas mães pelos peões?

Você que mora em São Paulo, boicote esse tipo de restaurante que lucra em cima do assassinato de filhotes roubados de suas mães.

imagrs

4 comentário(s). Venha deixar o seu também.

restrito

maio 17 2010 Responder

por que eles nao pega os filhos deles pra vender a carne…

Erik

abril 28 2010 Responder

Que tal comer um ser vivo que ainda está vivo? Como, por exemplo, um alface, um tomate, ou qualquer outro vegetal? Mastigando-o brutalmente, dilacerando suas fibras, submetendo-os à toda a crueldade de um ácido clorídrico (pH 3.0) que existe no estômago dos seres humanos!

    Robson Fernando

    abril 28 2010 Responder

    Quando um organismo não tem senciência (não sente dor nem possui uma consciência), não existe crueldade.
    Ou você acha que quebrar pedras ou manipular bactérias também são uma crueldade?

Samory Pereira Santos

abril 26 2010 Responder

Só devo lembrar que a maioria das aves que se come *são* filhotes com metabolismo acelerado.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo