06

abr10

Sobrenome “dourado”, mas atitude “castanha”: o espelho do povo

Odeio Big Brother Brasil (Besteirol, Bastardia e Bucefalia) de corpo e “alma”, mas a notícia abaixo me faz refletir:

Dourado está na mira do Ministério Público

O BBB10 acabou, mas o grande vencedor desta edição continua rendendo boas polêmicas. Desta vez, Marcelo Dourado terá que dar boas explicações ao Ministério Público. E quem entregou ao MP a representação contra o lutador foi a ONG Fala Bicho, sob alegação de que o milionário, em mais uma de suas pérolas, fez apologia ao crime ao declarar durante o reality que chutar cachorro, em especial poodles, era a sua receita para combater o stress. Será que o “bom moço” escapará novamente?

Foi inevitável para mim saber que esse Dourado foi o campeão do Big Brother Brasil deste ano, pela soberana decisão da audiência.

É lamentável a atitude do sujeito em quem votaram para vencer tal programeco: o estereótipo do machão machista, com atitude interpretável como homofobia e também apologista de crueldade contra animais.

Um programa medíocre, que o povo brasileiro vê como o espelho de sua própria mediocridade. A contemplação de Dourado como “melhor” participante do reality show não me deixa mentir.

imagrs

4 comentário(s). Venha deixar o seu também.

musa

abril 7 2010 Responder

Ou o povo vai de mal a pior ou, vc acredita mesmo q ele foi eleito pelo povo?
Acho q a globo tava há tempo à procura de galã bad guy pra estremecer sua audiência mofada e prosélita.
Péssimo, péssimo.

    Robson Fernando

    abril 7 2010 Responder

    Creio que sejam as duas coisas: povo votador medíocre e manipulação.

Samory Pereira Santos

abril 7 2010 Responder

E fazem ainda questão de entrar em detalhes. Dourado é bonzinho diante dos telespectadores que provavelmente votaram nele.

José de Arimatéa dos Santos

abril 6 2010 Responder

O que tem de “nêgo” que arrota ao quatro cantos que mata gatos ou aqueles que maltratam seus companheiros de trabalho(cavalo, jumento ou burro) não está no gibi. Esses são inclassificáveis.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo