20

jun10

Atriz Adriana Birolli dá lição de sadismo e Jô Soares faz piadinha “alfacista”

Se você tiver estômago e uma potente válvula de descarga nos aparelhos auditivos para ouvir um “magote” de sadismo, assista ao vídeo abaixo, em que a atriz “global” Adriana Birolli dá uma lição de sadismo e crueldade, Jô Soares solta uma pérola tipicamente “alfacista” e a plateia gargalha com tamanha maldade:

Destaque também para a plateia, igualmente sádica, que gargalha quase constantemente com a história macabra de torturas e assassinatos que a atriz conta. E Seu Jô acha tudo muito normal e divertido, até ironizando com o vegetarianismo, não demonstrando um pingo de contrariedade com história tão hedionda — e, por que não, criminosa.

Até hoje eu não tinha nada contra Jô Soares, mas hoje (embora o vídeo seja já de duas semanas atrás) ele perdeu todo o meu respeito.

P.S.: o enviador do vídeo ainda comenta: “hahahhaha esses vegans são tão ou? mais chatos que os crentes!“. É, nós vegan@s somos tão chat@s quanto @s militantes euamerican@s antirracismo das décadas de 50 e 60. Aquela gente não deixava nenhum/a branc@ humilhar negr@s em paz! Bando de pés-no-saco a turma daqueles movimentos negros, não acham? Da mesma forma, ninguém pode mais contar sossegadamente como tortura e mata animais, nem rir desse tipo de relato, sem ser importunad@ pel@s “vegans” (E detalhe é que muita gente vem confundindo qualquer defensor/a animal, mesmo aquelæs que ainda comem carne, com “vegans”.)

imagrs

19 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Alina

maio 1 2016 Responder

Merece muito pé na bun**

SORAIA CRISTINA

novembro 6 2014 Responder

NEM TODA BELEZA É PURA! QUE DEUS TENHA PIEDADE DE SUA ALMA!
ACABEI DE PERDER MINHA FILHA “KIKA”( UMA FELINA ) – ELA SOFRIA DE DIABETES E OUTRAS COMPLICAÇÕES – O TEMPO DE VIDA DELA FOI DE 9 ANOS – NOS DOIS ÚLTIMOS ANOS DE VIDA DELA FOI CONTATADA A DOENÇA – CUIDEI DELA ATÉ O ÚLTIMO MOMENTO – COM INSULINA E DEMAIS MEDICAMENTOS – ELA TEVE MAIS MÉDICOS DO QUE EU TIVE EM MINHA VIDA INTEIRA – ENFIM…FOI EXTREMAMENTE BEM CUIDADA E AMPARADA, JÁ QUE ATÉ O PLANO DO “PET MEMORIAL” (CREMAÇÃO) ELA TEVE – E MESMO ASSIM ÀS VEZES ME PEGO PENSANDO SE FALHEI EM ALGUMA COISA – CHEGO A ME CULPAR ATÉ – MAS SEI BEM QUE DEUS VIU O QUANTO A AMEI E CUIDEI – E DERREPENTE, TENHO O DESPRAZER DE SABER A BARBÁRIE PROTAGONIZADA POR ESTA ATRIZ – JÁ QUE NÃO ESBOÇOU REMORSO ALGUM NAS SUAS PRÁTICAS DE MAUS -TRATOS AOS ANIMAIS CITADOS – SÓ DEUS MESMO PARA JULGÁ-LA – MAS FICA MUITO DIFÍCIL NÃO SENTIR NOJO E DESPREZO PELA MALDADE E CRUELDADE POR ELA PRATICADOS – É MUITO TRISTE TANTA BELEZA NÃO LHE SERVIR DE NADA…

Andréa

janeiro 15 2012 Responder

Penso que quem acha normal uma pessoa fazer esse tipo de declaração em rede nacional, com frieza e deboche, é alguém(me desculpem) do mesmo grau de caráter. A questão não é maltratar um animal, é maltratar uma vida. Pasmem! os animais sentem fome; dor; carinho; medo; tristeza; alegria, tal qual a mamãe e o papai de vocês que acham a covardia a seres indefesos, algo normal.

Eide

janeiro 10 2012 Responder

É impressionante,como fazem essas piadinhas em um horário nobre,achando que estão sendo os fodões, olha, ‘eu matei uma galinh’.
Jô e Adriana,são mais dois que envergonham a raça humana.

Zeidon

dezembro 22 2011 Responder

Não e atoa que a Antônia Fontenelle teve razão em xingar-lá, que psicopata e essa Adriana Birolli ao matar animais indefesos e achar graça, embora só não gostei do “carro popular” o resto a Antônia meteu a pau nessa aí, embora tem gente que a defende-a.

Fabiana Gomes

novembro 3 2011 Responder

Aprendendo a sobreviver na selva? Ah sim, comprando coelhos e galinhas para depois matar…me poupe!

isabel lima

outubro 19 2011 Responder

FALA SÉRIO NOS ABATES OS BOI SÃO MORTOS DE FORMA BEM PIOR,E OS FRANGOS QUE NASCEM E VIVEM NO MAXIMO 35 DIAS SABEM PQ? PQ DEPOIS DESTE TEMPO NO CONFINAMENTO ELES MORREM DO CORAÇÃO.

alvaro franco

setembro 13 2011 Responder

Um apresentador superado que deveria se aposentar, entrevistando uma imbecil.Será que alguém pode achar graça duma entrevista tão idiota ?

suely bischoff machado de oliveira

setembro 7 2011 Responder

Olá.Bom dia.Pela postura e comportamento desta criatura ADRIANA BIROLLI, pode-se afirmar que quem maltrata animais na infancia,muito provavelmente irá maltratar na vida adulta.Ela se esconde atrás de organizações, como os escoteiros e sobrevivencia,mas na verdade ela se desnudou na sua insanidade de crueldade para com os animais diante do JÔ e Platéia alucinada.Foi um espetáculo televisivo, de péssimo gosto e a Globo e o Jô e a platéia totalmente insanos.NOTA ZERO PARA A GLOBO, O JÔ,E A PSICOPATA ADRIANA BIROLLI.Parabéns por outro lado, pois, nem nos ambulatórios de saúde mental,assisti e ouvi um relato tão sádico e anormal como este desta criatura.Onde estão as ONGS? E a mídia que esconde tamanha atrocidade humana?
Que ela busque ajuda enquanto dá tempo………..caso contrário sua vida poderá doravante caminhar na contra mão.

Nathaly Araujo

agosto 27 2011 Responder

Sem o adendo da hipocrisia o que ela fez é normal e aceitável. Acho apenas, que o tom e a forma com que ela conduziu o assunto não foi adequada, mas nada de anormal no feito; Sinto muito, vejo tamanhas injustiças no mundo que não posso me prender a “tristeza” de vacas e coelhos.

    Robson Fernando de Souza

    agosto 27 2011 Responder

    É “normal e aceitável” porque a sociedade assim considera. A maioria das pessoas considera o assassinato não gratuito de animais algo plenamente aceitável.

    Quanto às injustiças do mundo, creio que você não diria o mesmo se fosse você o indivíduo que estivesse sofrendo tantas privações e crueldades quanto os bovinos e os coelhos.

BÁRBARA DE ALMEIDA

março 28 2011 Responder

E o dia que estavam ensinando a “deliciosa” e “apetitosa” receita feita comcabeça de cabra, algo assim, no Fantástico (salvo engano) ??? Me enojo só de relembrar. Puro mal gosto, argth.

dandanfarias

julho 5 2010 Responder

ahhhhh! fala sério, tanta seleuma por causa dessa reportagem????
peloamordedeus….ñ vi nada de mais, ela era escoteira, quem é militar
também é sanguinário??? num momento entre, morrer de fome e matar pra comer…melhor ele do que eu!

    Robson Fernando

    julho 5 2010 Responder

    Matar pra comer em situação extrema até vai, mas contar toda uma história de tortura com frieza, sob risadas de uma plateia sádica e acompanhada de piadinhas alfascistas, isso não é nada normal.

Plínio

junho 30 2010 Responder

É a imbecilidade propagada pela Rede Globo, que está perdendo terreno para as demais, pela falta de respeito, de ética e de qualidade do seus programas e funcionários.

Que afunde!

Karen M.

junho 29 2010 Responder

Isso é ridículo! Adoro o programa do Jô e assisto todos os dias, mas na noite
em q passou essa reportagem me decepcionei totalmente.
Todos q estavam assistindo acharm de péssimo gosto a reportagem, e de uma
crueldade enorme.

cissa

junho 23 2010 Responder

ambos ridículos.

Ed

junho 21 2010 Responder

Sem palavras…

Leandro Loan

junho 20 2010 Responder

Frieza. Não tem outra palavra.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo