11

jun10

Mais uma perversão de cientistas torturadores (Parte 41)

Cientistas criam primeiro anticorpo de plástico eficaz em organismo complexo

Anticorpos feitos inteiramente de plástico conseguiram salvar a vida de camundongos expostos a veneno de abelha. É a primeira vez que essa estratégia funcionou em animais.

Trata-se do primeiro passo para o desenho de anticorpos sob encomenda para uma gama de aplicações médicas, desde o tratamento de envenenamentos até o combate a infecções.

Anticorpos naturais são produzidos pelo sistema imune. Eles se ligam a moléculas específicas, chamadas “antígenos”.

Os anticorpos de plástico, da mesma forma, contêm cavidades moldadas na forma exata para capturar moléculas-alvo.

Nesse caso, o alvo era a melitina, o componente mais tóxico do veneno de abelha.


Escultura

Kenneth Shea da Universidade da Califórnia, em Irvine, e sua equipe, produziram anticorpos contra melitina por meio de um processo de escultura molecular.

Eles usaram um catalisador para estimular a formação de polímeros ao redor de moléculas de veneno de abelha. Em seguida, dissolveram o veneno, deixando cavidades com o formato exato da melitina.

Shea injetou os anticorpos nos camundongos 20 segundos após a injeção de veneno. Todos os camundongos que não receberam tratamento morreram. Dos que receberam o anticorpo, 40% morreram.

Por motivos óbvios, as experiências macabras que mais nos indignam e revoltam são aquelas em que aparece claro na notícia que animais morreram.

No caso acima, os camundongos foram envenenados e a grande maioria morreu. Ou seja, assassinato massivo de animais — se fosse uma quantidade igual de seres humanos, esse crime já seria enquadrado como genocídio.

Essa é a ciência assassina que temos. Que diz salvar vidas mas massacra sem nenhum pingo de piedade ou misericórdia milhões de outras vidas.

Camundongos num laboratório são como @s palestin@s confinad@s na Faixa de Gaza. Cercad@s e subjugad@s covardemente, sem condições de se defender bem-sucedidamente, podem ser massacrad@s a qualquer momento, por gente imunda pronta para matar, que quer mais que morram de forma miserável.

Até quando a humanidade manterá esse costume de criar campos de concentração para animais humanos e não-humanos?

ALF, socorro!!!!!

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo