22

jul10

Abusos éticos na ciência

Maioria dos cientistas já testemunhou abuso ético

A maioria dos cientistas já testemunhou ou se envolveu em casos de infração científica como falsificação de dados ou plágio. É isso que revela um estudo inédito conduzido pelo Simmons College, dos Estados Unidos.

De um total de 2.599 cientistas americanos e canadenses com pesquisas financiadas pelos Institutos Nacionais de Saúde (NIH, na sigla em inglês), 84% disseram já ter presenciado ou participado de infrações científicas.

Dentre os cientistas que participaram direta ou indiretamente de um trabalho com dados fraudulentos, 63% disseram ter tentado intervir para evitar o abuso.

As informações, coletadas por meio de um questionário enviado por e-mail aos cientistas, respondido anonimamente, estão na edição desta quinta-feira (22) da revista “Nature”.

Se fôssemos estender esse conceito de ética científica à exploração de seres sencientes, a porcentagem de cientistas da área de biomedicina a terem presenciado ou praticado abusos éticos seria 100%.

Para quem diz “tratar com respeito e dignidade” os animais “de laboratório” mas de fato promove torturas mengelianas uma pior que a outra, violar a ética é fichinha.

Sem contar que o próprio ato de usar os animais em laboratório é per se uma violação ética.

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo