08

jul10

Ser vegetariano nos dias-de-branco, experimente começar assim

Uma polêmica existente entre @s defensoræs dos direitos animais é como começar a levar à alimentação o respeito aos animais. Uns/mas dizem que o veganismo é uma imposição moral e deve ser começado sem transição, outr@s dizem que é razoável ir aos poucos, primeiro diminuindo a carne vermelha até tirá-la de vez e em seguida fazendo o mesmo progressivamente com a carne branca, os ovos e os laticínios.

O fato é que muitas pessoas veem o vegetarianismo como um hábito alimentar admirável mas inalcançável por requerer uma força de vontade maior do que a do indivíduo. Mas o jornalista Graham Hill deu uma ideia, que ele mesmo vem empreendendo: ser vegetarian@ nos dias-de-branco (segunda a sexta).

Conheça melhor a ideia assistindo ao vídeo abaixo.

P.S: Não gostei de vê-lo falando que é bom comer carne branca de fontes “sustentáveis”. Deu a entender que vegetarianismo é evitar apenas carne vermelha.

(Clique em “VIEW SUBTITLES” e selecione “Portuguese (Brazil)” se você não entender inglês falado)

imagrs

3 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Ruhan

março 24 2015 Responder

Eu estou começando agora mas minha opiniao e que vegano e ser contra tudo oque faz mal a natureza e animais se nos fossemos animais gostariamos de sermos maltratados e mortos.

Samory Pereira Santos

julho 9 2010 Responder

Você esqueceu daqueles que acham que não é imperativo moral algum. Se eu não me engano, essa é a posição da HSUS, que coloca como veganismo fosse apenas mais uma das formas de melhorar o “tratamento” dispensado aos animais. Uma forma xiita, radical, fanática, etc, etc.

PS: não curto muito essas campanhas de “Segunda sem Carne” e similares… mas enfim.

    Robson Fernando

    julho 9 2010 Responder

    É, nem lembrei dessa laia, mas isso é de menos no post.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo