11

mar11

Biodiesel, a ilusão ambiental

Vem crescendo no mundo inteiro a produção e consumo de biodiesel, vindo de fontes vegetais e também de morticínios animais. É a grande promessa de combustível “sustentável” deste início de século. Mas, se olharmos melhor, não passa de uma ilusão ambiental, ligada diretamente a impactos socioambientais negativos bastante pesados.

Usa-se o biocombustível derivado de soja, óleo de palma, mamona e até de gordura animal com o grande argumento de que causa bem menos poluição do que o petróleo e, ao contrário deste, é uma fonte renovável de energia motora e elétrica. A menor emissão de gases poluentes é o ponto positivo desse combustível, mas há pontos muito negativos que devem ser denunciados.

A mais importante consequência ambiental é o desmatamento. É muito alardeado que as plantações e as criações animais que fornecem matéria-prima para o biodiesel vêm causando desmatamento e causarão ainda mais à medida que a sua demanda global aumentar. É o que se denuncia acerca da pecuária (que fornece a gordura a ser refinada e transformada em combustível) e das grandes plantações de soja e palma – destruição na Amazônia (por causa da soja e da bovinocultura) e na Indonésia (por causa do óleo de palma) são os destaques.

E como estamos vendo a demanda aumentar – estamos nos primeiros anos de uso do biodiesel –, a tendência será o aumento disparado das áreas de cultivo reservadas ao combustível renovável. O que fatalmente deverá implicar pressão sobre as fronteiras agrícolas e mais devastações.

Ou seja, o biodiesel é sujo. Não pela poluição – bem menor do que a da queima do petróleo –, mas por causar desmatamento.

Na tentativa de diminuir essa ameaça de destruição de ecossistemas, tentou-se (e ainda se tenta) passar as plantações de combustível por cima das culturas alimentícias. O que pode causar um desastre diferente: a diminuição da oferta de alimentos, a disparada dos preços destes e consequentes epidemias de fome. Aliás, as consequências já foram sentidas em parte em 2008, quando tivemos uma crise mundial nos preços dos alimentos e a expansão das culturas de biodiesel foi acusada de ser um dos fatores responsáveis pelo distúrbio.

Em suma, o biocombustível fica entre a cruz e a espada ao lançar o dilema “menos florestas ou menos comida”. Um inconveniente ambiental e humanitário.

Sem falar no problema social inerente ao seu cultivo: a produção de biodiesel depende essencialmente de latifúndios, do agronegócio. O que implica incentivo à concentração fundiária e à opressão rural inerente à manutenção e expansão de grandes propriedades de terra. Ou seja, os governos, em última análise, terão que escolher entre promover reforma agrária ou produzir biocombustível em larga escala.

Assim percebemos que o biodiesel passa longe de ser uma solução ambiental e acaba se tornando um problema socioambiental sério que impede iniciativas como o reflorestamento em massa, a reforma agrária e o barateamento dos alimentos. Apesar disso, a perspectiva é que dependamos cada vez mais dele, até como substituto do petróleo. Se não chegarmos logo a uma terceira fonte de combustíveis que seja realmente renovável, limpa e compatível com a justiça socioambiental, o mundo poderá sofrer bastante no futuro por causa da promessa furada do diesel renovável.

imagrs

5 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Luane Muliterno

março 29 2012 Responder

Eu defendo que antes de tudo, deve haver uma redução significativa do consumo…
E se eu pudesse acabar imediatamente com toda a extração de petróleo no mundo, eu acabaria. Ou seja, vou defender o biodiesel como alternativa.
Eu sei que o agronegócio convencional é absolutamente prejudicial ao ambiente, mas como mostra essa matéria http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI85999-16380,00-NATUREZA+INOVADORA.html a agricultura de grande escala orgânica, necessita de reflorestamento e não de desmatamento, seria interessante que reivindicássemos essa alternativa. Quanto a questão da fome, são produzidos no mundo muito mais alimentos do que é necessário para o consumo dos 7 bilhões, o problema não é está na pouca quantidade de comida, está na má distribuição e no desperdício.

Missao Tanizaki

julho 26 2011 Responder

Luta NOBRE do Combate aos CEGOS e/ou NÃO–ÉTICOS

Prezados Cidadãos Brasileiros & Interessados pelo AGUAPÉ,

Os TRABALHOS com a Bio– Energia, Energia Eólica, Energia Solar, Eficiência Energética, entre outros Temas / Assuntos pode ser Uma SAÍDA–ÉTICA, mas o mesmo não pode dizer quanto ao Gás Natural, Xisto, Gás Natural, entre outros, pois ELES só contribuirão para acelerar o Efeito DOMINÓ DEVASTADOR e Preservar os Interesses NÃO–ÉTICOS.

Nas Últimas Décadas a HUMANIDADE passou a preocupar em Encontrar & Definir a Produção dos Biocombustíveis, certo que precisam estabelecer a Correta Preservação do Meio–Ambiente & Biodiversidade, caso contrário o Planeta TERRA poderá se tornar Muito TÓXICO para os Seres Humanos & Demais VIDAS.

A Sociedade Brasileira & Demais POVOS, está excessivamente afetada pela CEGUEIRA e/ou Postura NÃO–ÉTICA, pois não PERCEBEM ou LEMBRAM o que a NATUREZA nos deixou para evitar o PIOR – A POLUIÇÃO GLOBAL que é resultante do DESEQUILÍBRIO GLOBAL provenientes das ATIVIDADES da NATUREZA & HUMANIDADE.

Na POLUIÇÃO GLOBAL inclui–se os Muitos Bilhões (ou Trilhões ? ? ? ? ?) de Toneladas dos RESÍDUOS Industriais, RESÍDUOS das Atividades Agropecuárias, ESGOTOS / “LIXO”, entre outros RESÍDUOS, RESÍDUOS produzido pelos Fenômenos NATURAIS – os Gases do Efeito ESTUFA (Amplamente DIVULGADOS) apenas é ou “REPRESENTA” uma Pequena PARTE da TOTALIDADE do PERIGO DEVASTADOR, portanto NÃO é o PERIGO MAIOR.

O PERIGO MAIOR é a POLUIÇÃO GLOBAL, pois o que poucos sabem é atua sob o Efeito DOMINÓ DEVASTADOR, onde alguns FATOS de MAGNITUDE já foram SINALIZADOS e se mais alguns vierem a dar, também, suas SINALIZAÇÕES já poderá ser TARDE para tentar evitar a DEVASTAÇÃO TOTAL das VIDAS do Planeta TERRA.

O Efeito DOMINÓ DEVASTADOR é algo semelhante como atear FOGO a Um Barril de PÓLVORA, NADA se pode fazer para IMPEDIR a sua EXPLOSÃO ! ! ! ! ! !

CUIDADO: as ÁGUAS são as FONTES das VIDAS, mas estão se tornando no “LIXÕES” da HUMANIDADE ! ! ! ! ! !

A NATUREZA nos REVELOU a IMPORTÂNCIA do AGUAPÉ: ELE propicia à Muitos Milhões (ou Bilhões ? ? ? ? ?) de Seres Humanos a possibilidade de PARTICIPAREM da Luta NOBRE da Correta Preservação do Meio–Ambiente & Biodiversidade.

Os Interesses NÃO–ÉTICOS dificultam tornar VISÍVEL a IMPORTÂNCIA do AGUAPÉ ! ! ! ! ! !

O AGUAPÉ é a MÃO da NATUREZA para a DESPOLUIÇÃO ou RE–EQUILÍBRIO das ÁGUAS do Planeta TERRA e GRATUITAMENTE faz esse TRABALHO, mas ELE necessita de algumas CONTRIBUIÇÕES dos Seres Humanos e VOCÊ pode participar/contribuir na Luta NOBRE da Produção & Industrialização do AGUAPÉ, atuando em alguns Aspectos IMPORTANTES, como:

1) Contribuir para a Ampla DIVULGAÇÃO do AGUAPÉ, como a MÃO da NATUREZA para DESPOLUIÇÃO das ÁGUAS do Planeta TERRA.

2) Contribuir para a UNIÃO dos PESQUISADORES–ÉTICOS rumo a Um MUNDO SUSTENTÁVEL, de FATO, através da Química VERDE, tornando o AGUAPÉ na sua Principal Matéria Prima.

3) Contribuir para que a Produção & Industrialização do AGUAPÉ, propicie a Geração de Muitos Milhões de Empregos DIGNOS e Ampla Distribuição de Renda.

4) Contribuir para que a Produção & Industrialização do AGUAPÉ, propicie,também, ampliação da Produção de Alimentos ORGÂNICOS, visando Combate a FOME & Mais SAÚDE a toda HUMANIDADE.

5) Contribuir para que a Produção & Industrialização do AGUAPÉ, também, sejam Implantadas Fazendas MARINHAS, em 20 a 30 % da Superfície dos MARES / OCEANOS, para que todos os POVOS possam estabelecer o seu Próprio Desenvolvimento SOCIAL & Econômico, de FATO, SUSTENTÁVEL – nisso requer TECNOLOGIA para Desenvolvimento do AGUAPÉ TRANSGÊNICO–ÉTICO, de UTILIZAÇÃO LIVRE.

6) Contribuir para Produção de Recursos Tecnológicos para Produção de Pellet’s & Briquetes para atender Demanda Mundial Crescente, visando Eliminação de Desmatamento & Redução de Áreas Improdutivas …

7) Outro (Aguardamos suas Sugestões).

8) Outro (Aguardamos suas Sugestões).

OBSERVAÇÃO: Para que a Produção & Industrialização do AGUAPÉ venha ocorrer, em Grande Escala, aqui no BRASIL as Autoridades Brasileiras precisam, simplesmente, Implementar Muitos Milhares de Pequenos Açudes e/ou Pequenas Barragens, com já foi realizado, no passado, no Semi–Árido Nordestino e o que o Governo do Rio Grande do Sul, vem realizando nos últimos tempos, visando precaver Problemas ESTIAGENS – Caso os Governantes & Políticos do NORDESTE atuarem nesse sentido, essa Região poderá se tornar no Mais Importante CELEIRO da Produção Agropecuária, pois facilmente poderemos Implementar Chuvas Artificiais do Pesquisador / Engenheiro Takeshi IMAI, bastando um pouco de Vontade POLÍTICA – ÉTICA.

NOTA: “Quando Sonhamos SOZINHOS é só um SONHO, mas quando Sonhamos JUNTOS é o início de uma Nova Realidade” (D. Helder Câmara) – apresente as suas MANIFESTAÇÕES (Críticas, Sugestões, ETC.), utilizando o Endereço Eletrônico: missao.tanizaki@gmail.com, certo que muitos na Sociedade Brasileira, inclusive a Equipe BR do A G U A P É, te agradeçerão.

LEMBRETE: um dia nos APOSENTAMOS dos Trabalhos que garantem o Pão Nosso de Cada Dia, mas muitos Trabalhos Nobres estão aguardando por nossa AJUDA – Desenvolver os referidos Trabalhos Nobres faz parte dos Nossos DEVERES / OBRIGAÇÕES NOBRES e são BÁSICOS para nos manter FELIZ no Dia a Dia ! ! ! ! ! !

Um Abraço Fraterno aos Interessados pelo A G U A P É,

MISSAO TANIZAKI
Servidor Público Federal
Bacharel em Química
missao.tanizaki@gmail.com (Usual)
missaotanizaki@yahoo.com.br (Alternativo)
OSCIPE (*) – Equipe BR do A G U A P É
TUDO POR UM BRASIL & MUNDO MELHOR

(*) REF.: Definições do SEBRAE

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo