18

abr11

Linha “Pelemania” da Arezzo causa revolta generalizada na internet. Com toda razão

Postado originalmente em 18/04/11 às 14:14

Desde ontem a internet está vivendo uma revolta praticamente generalizada contra a Arezzo, grife feminina de roupas, calçados e utensílios que lançou há bem pouco tempo a coleção “Pelemania”.

O Twitter é a principal rede social onde estamos presenciando a onda de indignação que o lançamento de uma coleção de peles naturais e sintéticas causou. Desde ontem, a palavra Arezzo, com ou sem o “#”, está no topo dos trends brasileiros, expondo que não se tolera mais que a fabricação e uso de roupas e bolsas de pele animal seja visada pela indústria da moda. O Facebook também vem sendo lugar de protestos e convocações de boicote, com páginas como essa.

É com total razão que as brasileiras e brasileiros se enfureceram com a grife, visto que a extração de peles é um espetáculo de derramamento de sangue e crueldade, de modo que mesmo comedoræs inveterad@s de carne se indignam com os procedimentos dessa atividade, que podem ser vistos com facilidade no YouTube.

Neste momento, a Arezzo não tem mais a “Pelemania” em seu site, um sinal de que está ouvindo o ensurdecedor grito de protesto da população e as convocações de boicote. Pelo visto percebeu a defecada que fez ao dar às mulheres um grande motivo para não comprar mais nada dela. Agora só falta a empresa lançar um comunicado retratando-se e anunciando o cancelamento da coleção “Pelemania” e de qualquer perspectiva de lançar itens feitos com pele natural.

Agradeço a tod@s que protestaram no Twitter, Facebook, por e-mail, mandando mensagens pelo contato da Arezzo, manifestando que o sucesso da moda das peles é passado, e hoje nada mais é do que motivo de repúdio e boicote.

Deixo com essa notícia uma perspectiva: se hoje os procedimentos da extração e produção de roupas e acessórios de pele são largamente conhecidos e repudiados popularmente, num futuro próximo o modus operandi da pecuária, não menos cruel mas bem menos conhecido pela sociedade em geral, também passará a ser motivo para protestos em massa. Nesse futuro, lançar pratos “fabulosos” de carne atrairá a revolta de uma parte enorme da população, por causa disso aqui.

E aliás, couro bovino, tão consumido sem nenhuma preocupação por grande parte das pessoas, também é pele de animal. Mas ainda é apenas um sonho o dia em que veremos essas empresas serem alvo de protestos intensivos.

imagrs

3 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Rafael

abril 18 2011 Responder

Existe uma página no facebook também:
http://www.facebook.com/pages/Boicote-AREZZO/215120075165224

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo