02

maio11

Rápido pensamento sobre a morte de Bin Laden

O povo vai às ruas em euforia, sacudindo bandeiras, gritando o nome de seu país, comemorando tal como uma torcida. No Brasil e em inúmeros outros países, isso acontece na conquista do título de uma Copa do Mundo. Nos Estados Unidos, isso acontece em uma vitória militar – Osama Bin Laden oficialmente declarado morto.

Isso é a autência apoteose de uma cultura calcada no militarismo. É a contradição de um país que, ao mesmo tempo em que teoricamente provê liberdade, igualdade e democracia internamente, promove externamente uma cultura militar a fazer inveja a Roma, à Mongólia e a outros autoritários impérios militares de outrora. De um povo dito democrata que vibra com campanhas militares.

Obs.: não estou em anticomemoração à morte de Bin Laden, estou só comentando a consequente manifestação da cultura militarista do povo estadunidense.

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo