20

jun11

O Chile também tem seu Belo Monte: justiça chilena embarga construção de complexo hidrelétrico na Patagônia

Os brasileiros não são os únicos que lutam contra hidrelétricas de alto poder de destruição ambiental: o Chile também está às voltas com sua própria versão de Belo Monte. Aliás, diversas versões.

Segundo comunicado do Poder Judiciário chileno, o Tribunal de Puerto Montt suspendeu a construção de cinco represas do complexo hidroelétrico HidroAysén na Patagônia, “acolhendo três recursos apresentados por parlamentares e associações ambientalistas” segundo a Folha.com.

As semelhanças do caso de HidroAysén com o de Belo Monte são estonteantes:

O Hidroaysen, aprovado em maio passado, foi motivo de uma forte controvérsia: o governo o apoia, por considerar que o país precisa com urgência de energia, enquanto ambientalistas consideram que destruirá uma fonte de riqueza natural e paisagística importante.

O elvinculodigital.com afirma que o complexo hidrelétrico, se construído, inundará em torno de 56km² de reservas naturais, semelhantemente à inundação de 516km² de floresta que Belo Monte deverá causar na Amazônia paraense.

Parabéns ao tribunal de Puerto Montt e aos lutadores ambientalistas que vêm dando suas mãos à Natureza em prol de sua sobrevivência. Essa vitória, ainda que provisória, é uma inspiração para os brasileiros que não querem Belo Monte inundando meio milhar de quilômetros quadrados de Floresta Amazônica e secando o trecho do Xingu de que os povos indígenas locais tanto dependem para viver.

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo