13

jun11

SEMAS/PE confirma que “nova sustentabilidade” do governo Eduardo Campos é uma enganação

Acabei de confirmar no Twitter o que eu já desconfiava: a “guinada à sustentabilidade” do Governo de Pernambuco, que se desenhou no post Uma política ambiental para Pernambuco?, é enganosa. É uma mera fachada para suavizar a impopularidade de empreendimentos presentes e futuros de devastação ambiental por parte do governo Eduardo Campos em nome do “desenvolvimento”.

A autointitulada Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS) (perfil Twitter: @Semas_PE) mostrou seu total desprezo ao mangue de Suape, e ainda tem a desfaçatez de dizer que compensará mangue com mata atlântica, dois biomas bastante diferentes um do outro (uma das únicas semelhanças entre ambos é que são tropicais).

As provas estão abaixo, obtidas no Twitter. Primeiro eu perguntei, sexta-feira passada:

As respostas da SEMAS, dadas hoje de tarde:

Quem tem uma secretaria "de meio ambiente" assim não precisa de ruralistas.

Links para os tweets acima, do mais antigo ao mais recente:
1. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80359865058476032
2. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80360241392402432
3. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80360385277988864
4. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80360675280568320
5. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80360930264887296
6. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80361272901767168
7. https://twitter.com/#!/Semas_PE/status/80361659297832961

Quem lê esses tweets não acredita que foi uma Secretaria de Meio Ambiente que escreveu isso. Seria esperado que viesse da superintendência de Suape ou da Secretaria de Desenvolvimento Econômico ou da antiga e fraca SECTMA – na qual meio ambiente era só um detalhe -, mas não de uma secretaria originalmente designada para proteger o meio ambiente e direcionar a um sentido sustentável as políticas públicas.

Ou seja, tiremos o cavalinho da chuva, porque o Governo Eduardo Campos não deixou de ser uma ameaça ao meio ambiente. Considerando essa posição, teremos também outro ecocídio de grandes proporções no estuário do Rio Itapessoca dentro de não muito tempo.

imagrs

6 comentário(s). Venha deixar o seu também.

linaldo barros dos santos

janeiro 20 2012 Responder

meu caro robson,faço essa pergunta em nome de toda uma comunidade,comenta-se que;com a vinda do porto para a ilha de itapessoca,minha pria que é em frente ao porto vai ser totalmente desapropiada,por favor dai-me uma luz a respeito desse assunto.junior morador da praia de atapuz em goiana.obg……

    Robson Fernando de Souza

    janeiro 20 2012 Responder

    Linaldo, com pesar digo que no momento não sei de muita coisa sobre o porto norte, infelizmente não tenho como dizer nada no momento =(

    Aliás, você é que me trouxe uma informação alarmante.

    Abraços

Clara

junho 14 2011 Responder

Robson, acho precipitado querer avaliar os resultados de uma secretaria que ainda nem está estuturada e que inicia a se organizar enfrentando uma greve na CPRH (por problemas que vem de longe). Estou otimista, pois mesmo com tudo isso, já vemos alguns resultados apontando para um novo rumo.

    Robson Fernando de Souza

    junho 14 2011 Responder

    Clara, a resposta da SEMAS à minha pergunta quer dizer muito sobre a política da secretaria. A não ser que o assessor estivesse só trollando.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo