13

jul11

Concurso Miss Brasil 2011: nenhuma negra no páreo

O padrão brasileiro de beleza é uma prova escandalosa da cultura de racismo velado, da exclusão sociocultural de negr@s, vigente no Brasil. O Miss Brasil 2011 está aí para mostrar.

Dentre as 27 candidatas, nenhuma negra, nenhuma mulata. Todas branquinhas (exceto pequenas variações de pigmentação) como os brasileiros mais gostam.

Não estou aqui rebaixando a beleza branca, mas sim criticando exatamente a ausência total da beleza negra/mulata do que poderíamos chamar de elite da beleza feminina brasileira. Um owned nos Alis Kamels da vida que negam a cultura brasileira de priorização do homem branco como ser humano padrão e da mulher branca como ideal máximo de beleza.

É uma pena que Lola Aronovich esteja em viagem de férias neste momento, porque ela escreveria um petardo nesse sentido.

imagrs

13 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Susana Horta

fevereiro 16 2012 Responder

Gente, mas a Miss Angola deu um banho, venceu todas!! Mas vejam bem, enquanto jogadores de futebol negros casarem/namorarem quase sempre com loirinhas… quando conseguiremos avançar??

Susana Horta

fevereiro 16 2012 Responder

A brasilidade deveria ser representada de acordo com a proporção dos números do IBGE (de cor/etnia da população) para não favorecer ninguém. Ora, se até na Suíça negras e indianas já foram eleitas “Miss Schweiz”, por que aqui isso é tão raro (onde 50% da população é não branca, ie negra, índia, mulata, cabocla, cafuza e por aí vai)? Talvez seja o complexo eurocentrista que todo o mundo extra-Europa (e EUA) tem.

nadinee meirantes

novembro 13 2011 Responder

estranhamente quando falamos pais tropical falamos de pele morena queimada de sol dentes bracos olhare brilhantes boca canuda neste contesto o brasil é super racista é uma verdadeira inginoranca dizer que mulher de pele branca sao as mais bonita.

Cintia

outubro 13 2011 Responder

Penso que a falta de negras nesses concursos é: 1 racismo, 2 eles nos acham feias pois para eles, mulher para ser bonita tem que ser BRANCA!

JANAÍNA

setembro 13 2011 Responder

Deêm uma olhada no texto que postei sobre isso no meu blog… Faço meus os seus comentários! rs O título do post é “Está faltando Brasil no Miss Universo”

http://www.reticenciasatitude.blogspot.com/

Desejo mudanças e espero estar viva para desfrutar delas…
Sds!

    Robson Fernando de Souza

    setembro 13 2011 Responder

    Parabéns pelo texto, Janaína =) Muito bom ele. Pena que seu blog seja tão pouco atualizado.

    Abs

raffaela

agosto 9 2011 Responder

adorei esse comentario que vc fez ,hoje mesmo eu tive vontade de me escrever para miss
mais vou ate desistir negra como miss nunca ganha.So as branquinhas que as vezes nem e tão bonita quanta a negra.

J. M. Monteiro

agosto 9 2011 Responder

Desde 1954 existe o Miss Brasil e somente em 1986 tivemos uma negra vencedora do concurso, DEISE NUNES DE SOUZA. É gritante a exclusão racial em tal evento. Até na branquíssima Inglaterra em 2009 uma negra foi eleita como miss e uma branca ficou em 2.o lugar. O nome mais apropriado para tal concurso deveria ser MISS BRASIL BRANCA.Aliás já passou da hora de criarmos um MISS BRASIL NEGRA como ocorre nos EUA onde existe o MISS AMÉRICA NEGRA.

Milena

julho 17 2011 Responder

Agora pouco comentei no post sobre a falta de empatia com movimentos sociais. De novo eu percebo uma mesma postura entre os conservadores: não saber distinguir teoria de realidade. A nossa constituição é igualitária, ok. Mas engraçado, porque nas escola particulares tem pouquíssimos negros estudantes? Professores negros? Os porteiros, faxineiros, são em maioria negros, por outro lado. As patroas são brancas, as empregadas domésticas são negras. Os consumidores de supermercados em bairros nobres são brancos, os funcionários são negros. Nossa, será que isso é tudo coincidência? Ah… E quando alguém elogia uma mulata, costuma dizer que ela é bonita porque “tem traços finos”.

Bárbara de Almeida

julho 14 2011 Responder

Volte, Lola, volte! rs

(particularmente, não gosto de concursos de misses de jeito nenhum).

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo