29

ago11

José Serra e políticos governistas prestigiam o Coliseu de Barretos

Na campanha presidencial do ano passado, fiz o que pude via YouTube e por este blog para mostrar que José Serra não é um político confiável. Consegui assim tirar alguns votos dele e ajudar a impedir que o Brasil entrasse num futuro sombrio de repressão a movimentos sociais – a greve dos professores paulistas de 2010, a promessa de Serra de promover a “paz” no campo e a Marcha da Liberdade deste ano, reprimida pela polícia do governo do PSDB, não me deixam mentir.

Agora Serra e outros políticos prestigiaram o Coliseu de Barretos, segundo a Folha.com:

Já o ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), esteve ontem em um camarote do evento, três dias após o deputado federal tucano Ricardo Tripoli, de São Paulo, apresentar na Câmara um projeto que proíbe a perseguição de animais em provas de rodeios.

Isso me chamou mais a atenção do que a presença de outros políticos, da qual falo mais abaixo, porque no ano passado o então candidato à presidência havia prometido uma política nacional de proteção animal* (de cães e gatos, leia-se). Mas agora é surpreendido prestigiando um rodeio, atividade em que animais são explorados e violentados. Isso o torna alguém em quem não se deveria votar nem para síndico de prédio.

Mas Serra não foi o único político que prestigiou o coliseu brasileiro. Gente dos partidos que estão no poder federal, incluindo ministros, também esteve lá para saudar a exploração animal:

A competição da Queima do Alho neste sábado (27) teve a presença dos ministros da Saúde, Alexandre Padilha (PT), e do Trabalho, Carlos Lupi (PDT), além dos deputados federais Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, e Milton Monti (PR-SP).

O ex-candidato a governador de São Paulo, Paulo Skaf, presidente da Fiesp (Federação das Indústria do Estado de São Paulo), e o presidente do conselho nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria), Jair Meneguelli, também estiveram presentes na competição.

Tanto o lado de Serra quanto o de Dilma apoiam os rodeios, da mesma forma que apoiam a pecuária e o agronegócio. Animais para eles são apenas objetos ou produtos.

Vemos aqui que, com o rodeio recebendo pomposo apoio político do governo federal e da oposição, fica complicado derrotar os rodeios apenas com militância. Nesse caso, o mandato político e o voto acabam sendo instrumentos mais que necessários para se lutar pela libertação animal.

A princípio, isso já nos dá uma pequena lista de políticos em quem não votar nos anos eleitorais que seguem:

– Alexandre Padilha (PT)
– Carlos Lupi (PDT)
– Paulinho da Força (PDT)
– Milton Monti (PR)
– Paulo Skaf (PMDB)
– Jair Meneguelli (PT)
– José Serra (PSDB)

 

*O vídeo foi apagado pela própria pessoa que o enviou, numa atitude muito infeliz e desprovida de senso histórico. Um crime contra o patrimônio político e histórico brasileiro, uma vez que todo vídeo referente a campanhas eleitorais é um arquivo histórico insubstituível que deveria ser preservado para a posteridade. Por causa desse ato totalmente imaturo e imprudente, agora não poderemos mais saber o que Serra falou em relação à sua promessa pela causa animal.

imagrs

2 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Fernando Cônsolo Fontenla

agosto 29 2011 Responder

Depois dos anões em chamas, aprendi a lição: sempre salve no seu computador, assim você pode reupar quando o original for removido!

    Robson Fernando de Souza

    agosto 29 2011 Responder

    O problema, Fernando, é quando só sentimos a necessidade de consultar tal vídeo muito depois que o vimos pela primeira vez. Aí descobrimos que o irresponsável o apagou.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo