19

nov11

Abaixo-assinado contra a maior termelétrica do mundo que Eduardo Campos quer em Suape

Repasso abaixo o apelo do Movimento Ecossocialista de Pernambuco, contra a construção da megatermelétrica Suape III, que será a maior usina de energia suja do planeta:

 

NÃO À MAIOR USINA SUJA DO MUNDO!

O Governo de Pernambuco e o Grupo Bertin assinaram um protocolo de intenções para construir, em Suape, a maior usina suja do mundo.

Pela sua enormidade, essa termelétrica é capaz de lançar na atmosfera 24 mil toneladas de CO2 por dia, o que resulta em aproximadamente oito milhões de toneladas de gases tóxicos por ano, um terço de toda a poluição causada pelo setor elétrico no Brasil.

Como se não bastasse esse estrago, esses gases ainda podem causar chuva ácida, com alto teor de ácido nítrico e ácido sulfúrico, pois o combustível da usina é o óleo pesado tipo B1, muito rico em enxofre. Também são emitidos pelas chaminés para o meio ambiente, gases altamente prejudiciais a saúde pública.

Mas não é só isso. Para a usina funcionar, é necessário um terminal de armazenamento para 200 mil toneladas desse óleo pesado. Tudo isso, em pleno Litoral Sul de Pernambuco, a apenas oito quilômetros de Porto de Galinhas, em linha reta.

Além da poluição gerada pelo funcionamento da térmica, qualquer acidente que venha a ocorrer com ela pode causar um gravíssimo desastre ambiental, degradando irreversivelmente o maior ativo turístico do Estado, que são as praias do nosso belo litoral.

Por incrível que pareça, o Grupo Bertin afirmou que só vai construir a usina aqui, porque não conseguiu a licença ambiental no Ceará, Alagoas e Rio Grande do Norte.

Pernambuco não pode aceitar esse “Cavalo de Tróia”! Vamos todos dizer não a essa ameaça ao futuro das novas gerações!

Assine esse abaixo assinado e DIGA NÃO À MAIOR USINA SUJA DO MUNDO.

imagrs

4 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Jean

abril 21 2013 Responder

Essa quantia de CO2 dita é extremamente alta, a liberação de poluentes será mínima pois a usina não deve operar com mais de 10% da capacidade máxima, ela é de uso exclusivo no caso de falha completa da hidrelétrica de Xingu.
e quanto ao dano ao ambiente e à saúde, sempre são incluídos nos cálculos, pois de não o fizerem a obra é desautorizada imediatamente pelo IBAMA e pela ANS e pela OMS. entretanto esse dano é mínimo devido as leis brasileiras que obrigam montantes de filtros para tudo que utilize combustão.

    Jean

    abril 21 2013 Responder

    PS.: também tem que incluir as análises e a liberação por parte da ANVISA

      Jean

      abril 22 2013 Responder

      ps.: perdão o erro, a hidrelétrica é Xingó

Mark Burr

novembro 24 2011 Responder

Estou com o povo em não implementar essa muito poluente usina Suape III.

O cálculo do dano ambiental e à saúde da população não foram considerados nesse cálculo. Está errado e precisa ser impedida a sua implementação.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo