19

nov11

Consciencia.VLOG.br: Sobre aqueles que reagem com hostilidade a artigos pró-veg(etari)anismo

Mais um vídeo do canal Consciencia.VLOG.br, dessa vez comentando os comentários reacionários de carnistas que tentam desqualificar os artigos sobre vegetarianismo e veganismo postados em blogs não dedicados a tal tema e também os seus autores.

imagrs

6 comentário(s). Venha deixar o seu também.

rildson

novembro 20 2011 Responder

achei o video incrivel nas suas opiniões vou seguir seu blog sempre cara!!!!

    Robson Fernando de Souza

    novembro 20 2011 Responder

    Ae valeu =)

Fernando Cônsolo Fontenla

novembro 19 2011 Responder

Quando eles fogem, devemos denunciar a falta de argumentos, para que os leitores neutros percebam que o veganismo é o lado coerente do debate, o lado que sempre vence a discussão. Não importa o quão duramente eles esperneiem, o que importa é deixar claro que lado venceu o debate, pois é isso que vai conquistar quem está em cima do muro. O lado sensato, calmo, educado, embasado: o movimento vegano abolicionista.

Os “argumentos” carnistas são idênticos aos que eram defensores da escravidão de negros no século 18. Veja:

http://quotesonslavery.org/category/1700s/

Ou seja, eles estão condenados ao fracasso pelos mesmos motivos que apesar de tudo os negros hoje possuem ao menos o direito de não ser propriedade dos outros.

Fernando Cônsolo Fontenla

novembro 19 2011 Responder

Desta vez vou discordar! Muitos, incluindo eu, seguem a visão de Gary Francione que diz que o veganismo é um dever moral, uma questão de justiça fundamental. E, por isso, pode ser interpretado sim como um “você tem que ser vegano!”. Claro que jamais a gente ousaria impedir alguém de consumir produtos de origem animal pois a nossa sociedade está plenamente protegida por lei na prática desta ação. Mas É VERDADE que se pudéssemos, nós veganos iriamos proibir o uso de animais.

Outra coisa: devemos resistir a ofensas e continuar sempre desmontando falácias, mesmo que seja um processo desgastante e doloroso. Eu jamais concordaria que estas pessoas não deveriam ler ou discutir sobre o veganismo. Mas vale pedir argumentos verdadeiros em vez do “sumam daqui e nos deixem em paz”. Porque evitar a interação só vai reforçar os preconceitos deles, a zona de conforto vai ficar intocada.

Um texto muito bom sobre como lidar com pessoas que te odeiam:

http://robliefeldcreations.com/?p=2906

Abraço!

    Robson Fernando de Souza

    novembro 19 2011 Responder

    Eu jamais concordaria que estas pessoas não deveriam ler ou discutir sobre o veganismo. Mas vale pedir argumentos verdadeiros em vez do “sumam daqui e nos deixem em paz”. Porque evitar a interação só vai reforçar os preconceitos deles, a zona de conforto vai ficar intocada.

    A questão, Fernando, é que eles dificilmente dão os argumentos verdadeiros deles quando pedimos. Acontece muito de eles ignorarem. Muitas vezes o ataque deles é hit-n’-run.

    Robson Fernando de Souza

    novembro 19 2011 Responder

    E também, se esse tipo de gente já reage tão mal quando apenas questionamos e sugerimos reflexão, imagine se nossos textos fossem realmente imperativos. Ao invés de nós os convencermos, eles iriam se tornar 5x mais reaças e virulentos. E o alfacismo seria ainda pior.

    Pra mim, o veganismo enquanto imperativo só vai funcionar quando as leis de libertação animal, que proibirão a produção de coisas de origem animal, forem sancionadas.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo