imagrs

81 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Willian Barcanos

abril 23 2014 Responder

Se você não gostou do blog e só veio pra ofender, então tchau. Carnista engraçadinho banido. RFS

Jéssica

fevereiro 17 2014 Responder

Amigo, eu não ofendi ninguém. Jamais ofenderia alguém que tem opinião divergente da minha, como você. Com licença, me retiro do blog pois o autor só enxerga o que lhe é propício.

    Robson Fernando de Souza

    fevereiro 17 2014 Responder

    Ok, você desmereceu a causa vegana e tentou determinar à distância o que eu deveria defender ou parar de defender, menosprezou meu trabalho e trouxe uma frasezinha alfacista de apologia ao bacon, e agora diz que não me ofendeu (aliás, seu comentário foi apagado porque foi ofensivo). Vá em paz.

Jéssica

fevereiro 16 2014 Responder

mais uma coisa, gostaria de saber se vocês são contra humanos que matam animais ou também animais que matam animais? abraços.

Jéssica

fevereiro 16 2014 Responder

Comentário alfacista e caga-regra apagado. Se você não tem o que contribuir pro debate, por que veio comentar cagando regra, menosprezando a causa vegana e ofendendo a mim e a outros veganos? RFS

Sr. Ketilys

fevereiro 15 2014 Responder

Namastê! _/\_

Lendo todos os comentarios do seu post, senti a ira dos carnistas pela sua pesquisa. A grande maioria dos coments são deles! Esquisito? Eu achei! Penso que, por não conseguirem mudar seus hábitos em prol de um mundo mais ético, ficam arrumando desculpas falaciosas para nos desmerecer.
Saibam, não-veg(etari)anos, que nos preocupamos com a dor dos animais sencientes, que não adimitimos nos alimentar de um bezerrinho que não pode ter uma vida digna, por exemplo. E que pode até ser que consumamos sem saber algo de origem animal, mas assim que descobrimos isso, procuramos alternativas. Quanto mais gentebpensar assim, mais a industria se transformará, transformando o mundo num lugar sem crueldade.
Paz!

Ana Beatriz

dezembro 11 2013 Responder

Ah! Mais uma coisa! Você poderia e indicar bons livros sobre vegetarianismo e veganismo? Grata.

    Robson Fernando de Souza

    dezembro 11 2013 Responder

    Ana, livros que eu recomendo sobre veg(etari)anismo são:
    – “Virei vegetariano, e agora?”, de Eric Slywitch
    – “Vegetarianismo e Ciência”, do Dr. Julio Cesar Acosta Navarro
    – “Jaulas Vazias”, de Tom Regan
    – “Alimentação vegetariana: chega de abobrinha”, do Mestre DeRose
    – “O dilema do vegano”, de Roberto Juliano
    – “Galactolatria: mau deleite” (livro denunciando os problemas éticos e de saúde do consumo de leite de vaca), de Sônia Felipe

Ana Beatriz

dezembro 11 2013 Responder

Fico realmente muito agradecida pelos esclarecimentos e confesso que quando vi a imagem pela primeira vez me senti muito mal e repensei tudo durante muito tempo. Eu sei que ainda existem muitos produtos que eu nunca suspeitaria mas que agridem os animais e o meio-ambiente, mas por meio de pessoas como você, eu e todos ainda poderemos descobri-los e evitá-los. O mundo ainda há de ser consciente!

Leandro

novembro 7 2013 Responder

Acho que o grande problema, não só do consumo de carne, mas do consumo de tudo, atualmente, é o excesso e o processo de produção industrial, em grande escala, que viabiliza este excesso.

Eu sou a favor do vegetarianismo (e como muitos esquecem, isso significa até o ponto em que a própria sobrevivência não está em jogo), mas não do veganismo, nem da não utilização de produtos de origem animal. Muitos argumentos de veganos são contornáveis. Como já citaram, o consumo de leite é natural e saudável; o consumo de lã por alguns séculos permitiu o homem a sobreviver; quase metade do trabalho que pratica exploração de pessoas, que ainda existe no Brasil, ocorre na agricultura; veganos estão mais suceptíveis a desenvolver anemia e outras doenças; o argumento da moralidade em se tirar a vida do animal é duvidoso pois o vegetal também é ser vivo; o fato de se comer “cadáver” é inegável: só comemos matéria orgânica, e a não ser que comamos seres ainda VIVOS, tudo que comemos é de alguma forma um cadáver; etc…

Acho que os animais podem nos ajudar, da mesma forma que podemos ajudá-los. Acredito muito no homem que um dia cuidou de um animal e dele também tirou proveito, desde que sem maltratá-lo.

O problema do mundo moderno é que as pessoas consomem tudo em excesso, portanto, por exemplo, se as pessoas comessem carne poucas vezes na semana, buscassem alternativas sintéticas PARA O QUE HÁ, e para o que não há, fossem conscientes e econômicas, as 250 MILHÕES de TONELADAS de consumo animal por ano seria reduzidas em boa parte. Além disso, o processo desumano de abate, que existe para facilitar a produção em grande escala, seria desnecessário, pois não haveria demanda tão grande e tão veloz de carne e de produtos animais.

    Robson Fernando de Souza

    novembro 7 2013 Responder

    o consumo de leite é natural e saudável;

    1. É natural tratar vacas como máquinas escravas e roubar seus filhotes pra produzir leite?
    2. Você já leu o livro “Galactolatria: mau deleite” de Sônia Felipe?

    o consumo de lã por alguns séculos permitiu o homem a sobreviver;

    Falácia genética. Por causa de um contexto de séculos atrás algo é certo hoje?

    quase metade do trabalho que pratica exploração de pessoas, que ainda existe no Brasil, ocorre na agricultura;

    1. É da agricultura que fornece alimentos diretamente ao consumidor brasileiro? Ou do agronegócio que exporta a maioria do que produz?
    2. A pecuária fica de fora disso?

    veganos estão mais suceptíveis a desenvolver anemia e outras doenças;

    Provas científicas disso?

    o argumento da moralidade em se tirar a vida do animal é duvidoso pois o vegetal também é ser vivo;

    Falácia do espantalho. Nenhum defensor dos Direitos Animais considera a vida, a qualidade de ser vivo, como parâmetro moral. Consideramos sim como parâmetro a senciência, que implica interesses individuais próprios dos animais (como querer continuar vivo e querer continuar fisicamente íntegro).

    o fato de se comer “cadáver” é inegável: só comemos matéria orgânica, e a não ser que comamos seres ainda VIVOS, tudo que comemos é de alguma forma um cadáver;

    Partes vivas de plantas são cadáveres?

    Acho que os animais podem nos ajudar, da mesma forma que podemos ajudá-los. Acredito muito no homem que um dia cuidou de um animal e dele também tirou proveito, desde que sem maltratá-lo.

    Ou seja, é válido forçar que o animal nos “ajude”, mesmo sem ele poder aceitar ou recusar nos “ajudar”. É isso?

Marcos

novembro 3 2013 Responder

Só uma observação, YPE não é vegana, é só olhar no rótulo do sabão em pedra por exemplo e ver que existem gorduras animais e vegetais na mistura.

Marcio Bamberg

outubro 27 2013 Responder

Continuando, Robson, para reforçar os seus argumentos… Em 2012, um ano após iniciar o verganismo (sem paixão, apenas pela lógica e razão!) minha médica pediu para que fizesse uma bateria de exames, pois ficou “invocada” com a minha mudança radical… resultado? Todos os indicadores, SEM EXCEÇÃO, apontavam para níveis de um adolescente saudável. Detalhe: acabei de completar 57 anos…

    Marcio Bamberg

    outubro 27 2013 Responder

    mesma coisa…

Marcio Bamberg

outubro 27 2013 Responder

Robson, show!!! Há dois anos, por intuição, mudei os meus hábitos alimentares a partir de um bate-papo informal com o Eduardo Corassa (e a mudança foi meia radical, pois adotei o verganismo a partir do dia seguinte.). Resultado: corpo e mente saudáveis; e, não sinto falta de qualquer alimento de origem animal. Hoje, a minha disposição física e mental são melhores.

    Robson Fernando de Souza

    outubro 27 2013 Responder

    Valeu, Marcio, e parabéns pela mudança =)

    E só um toque: o certo é veganismo, sem R.

      Marcio Bamberg

      outubro 27 2013 Responder

      quem manda digitar rápido…

Anonmo

outubro 26 2013 Responder

Apesar de eu achar muito belo o veganismo, é mas vantajoso ser um onívoro, principalmente devido ao B12 e ao ferro.

    Robson Fernando de Souza

    outubro 27 2013 Responder

    Uma pessoa obter ferro heme e B12 sem suplemento é mais vantajoso do que ela evitar com que animais sejam nascidos pra escravidão?

Will Polli

outubro 18 2013 Responder

tá… tem alternativas a todos esses produtos, mas estão sempre disponíveis? são os mais usados? são os mais acessíveis? a figura não é ilusória só porque há outras alternativas. vegetarianismo não se justifica. faz mal a animais e humanos… apenas um pouco a respeito: http://ceticismo.net/ceticismo/veganismo-desmascarado/

    Rafael

    outubro 18 2013 Responder

    É justamente o que penso. Mas aqui não há igualdade: se você mostra que eles estão errados, eles simplesmente falam que seu comentário foi beligerante. Você vai ver. Vivem em um mundo de ilusão permanente, e não sabem o que somos, e como devemos agir. O mundo as vezes é cruel, se eles não gostam, poderiam se retirar dele de uma forma mais digna, se é que você me entende.

    Rafael

    outubro 18 2013 Responder

    Comentário ofensivos (chamando vegetarianos de “fanáticos desnutridos”) apagado. Aqui não é lugar de ofensas carnistas. Mantenha o respeito caso queira comentar por aqui. RFS

      Rafael

      outubro 18 2013 Responder

      Não vou “aguentar” nada. E você está banido preventivamente por ameaçar lançar mais ofensas. RFS

    Robson Fernando de Souza

    outubro 18 2013 Responder

      willpolli

      outubro 18 2013 Responder

      cara… em um argumento ele disse “diga isso aos sacerdotes egípcios”. como se eles não comessem carne?! eles tinham rituais baseados em comer carne. alguns animais eram sagrados, venerados, muito bem cuidados, mas no final era banquete. até mesmo o porco, que foi considerado durante muito tempo animal impuro (cultura talvez absorvida por hebreus, hicsos e outros povos asiáticos) eram comidos em uma festa anual hwawahhwahwa as pessoas têm mania de ficar usando palavras que não conhecem porque acham bonito, por exemplo: falácia. falácia não é sinônimo de falsidade (ou do que se considera falso). se já começa desse jeito… não… não perdi meu tempo lendo tudo isso. talvez daqui “um ano e meio”… rs

        Robson Fernando de Souza

        outubro 18 2013 Responder

        Seu comentário foi considerado beligerante e fechado a debates, portanto o autor se dá o direito de não respondê-lo. RFS

          Will Polli

          outubro 21 2013

          humm… vou tentar lembrar dessa (para nunca usar rs). isso sim foi “beligerante”. então tá… fechei o debate, tá fechado :/

Rafael

outubro 1 2013 Responder

Interessante é que no intuito de “não maltratar” os animais, vocês adoram fazer uso de sintéticos, derivados de petróleo, química não biodegradável, que no final vai ferrar seus amados animais tanto quanto. Meu deus, até ração vegan para animais que são, à priori, carnivoros?
Mas o auge da indignação veio quando, para óleos isolantes, vocês propuseram o askarel. Askarel é extremamente venenoso, muito agressivo ao meio ambiente, e já faz anos que vem sendo substituido, porque era agressivo até para quem trabalhava com ele, provocando inclusive câncer. Aqui em Minas já não se usa o askarel mais, na CEMIG, que é a companhia elétrica daqui.
Que absurdo. Esse mundo de vocês é de ilusão demais.

      Rafael

      outubro 1 2013 Responder

      ra! Entao quando mostramos a verdade, estamos apoiados em falacia? Me mostre entao, onde o ascarel é proibido desde 1981, que seria melhor usa-lo em prol de animais, que no final vc nao estaria afetando nao só vc, mas tambem os animais? Me mostre que usando produtos derivados de petróleo, que nao é renovável, é melhor do que usar ingredientes renováveis, como gado?
      O que vejo é que você não tem argumento, coloca um post falando de falácias, mas quem vive de falácias são vocês. Meu argumento é sólido e bem fundamentado. Eu pelo menos me dignei a escrever, não estou colocando links que trazem idéias copiadas dos outros.

        Robson Fernando de Souza

        outubro 2 2013 Responder

        Aviso: Seu comentário foi considerado beligerante, agressivo e fechado a debate, portanto o autor do blog se reserva o direito de não respondê-lo. RFS

      Rafael

      outubro 1 2013 Responder

      E tem mais: não me trate como “carnista”, essa classificação é inexistente, me trate como onívoro, porque como carne, e como verduras e legumes também. Tenho dentes preparados para os dois, assim como você. Tenho caninos, mas tenho molares também. Se não quer ser apelidado, não dê apelidos.

        Nicole

        novembro 19 2013 Responder

        Gorilas tem caninos enormes e eles são frugívoros. Se seus caninos são tão “predadores” te desafio a sair no mato e matar um javali a dentadas como faz um leão! Aí vc me convence do super carnívoro que vc é!

Thiago Melo

junho 6 2013 Responder

Diabeticos usam insulina, que é extraído do pâncreas do boi. Qual a solução vegana para isso?

Anônimo

maio 23 2013 Responder

Oras, ninguém questiona que haja alternativas, mas a verdade é que nem todas são muito viáveis no mundo moderno. Você teve que escrever um texto imenso para listar as várias alternativas para um ÚNICO animal. E quantos vegans realmente buscam todas essas alternativas? A maioria certamente não. Acho que a idéia da imagem ainda se sustenta.

    Robson Fernando de Souza

    maio 23 2013 Responder

    Você teve que escrever um texto imenso para listar as várias alternativas para um ÚNICO animal.

    Um único animal ou sete dezenas de produtos diferentes?

Felipe

fevereiro 7 2013 Responder

Que surra vc ta dando hein Robson ! Interessante ver como você conhece o assunto. Infelizmente tem algumas pessoas aqui que não parecem saber nada de bioquímica (nem de português)e isso não as impede de fazer comentários abusando de falácias do espantalho e MANIPULAÇÃO de informações. Não vou citar nomes, mas gostaria de deixar bem claro que a enZZZZZZZima digestiva PEPSINA digere QUALQUER proteína, e NÃO digere LIPÍDIOS, ela somente quebra as cadeias peptídicas dos aminoácidos através da hidrólise no estômago. Se eu tiver que explicar o que é hidrólise eu ME MATO. E pro outro que disse que a tripsina digere gordura, a tripsina atua sobre PROTEÍNAS tanto VEGETAIS quanto ANIMAIS no intestino delgado caramba! A enzima responsável pela digestão de lipídios e a LIPASE poxa ! É tão difícil de lembrar assim ? Que saco, ter que dar uma de professor de ensino fundamental, as pessoas podiam NO MÍNIMO pesquisar antes de falar asneira… Mas isso é pedir demais de alguém que não quer saber a verdade… Aí vão dizer que eu estou sendo falacioso ao dizer isso, mas tem como acreditar em QUALQUER COISA que essas pessoas dizem ? Acho que não.

    Robson Fernando de Souza

    fevereiro 7 2013 Responder

    Valeu, Felipe, mas acho que vc comentou no post errado (creio que vc quis postar na resposta ao “veganismo desmascarado”).

      Felipe

      fevereiro 8 2013 Responder

      Não, eu quis responder a alguns comentários deste post mesmo. No caso se trata de pessoas que usam a desculpas “tenho enzimas digestivas que digerem SOMENTE nutrientes da carne” pra comer carne. Sob essa lógica até faria sentido comer carne, só que isso é pura mentira OU pura burrice, porque nenhuma enzima nossa trabalha só com carne, isso é um absurdo. São pessoas que NÃO conhecem o assunto (ou estão muito mal informadas) mas isso não as impede de vir aqui e vomitar suas besteiras e falsidades. Isso me deixa extremamente chateado, porque não se trata de simplesmente discordarem ou terem argumentos falaciosos e opiniões pouco coerentes com a moral/ética, e sim porque estão distorcendo A CIÊNCIA pra tentar se justificar. Pode ler todos os posts que você vai ver que há dois em especial que falam as besteiras que eu critiquei. No caso o cara que escreveu Veganismo desmascarado nem distorceu a ciência, ele simplesmente fez um desartigo que não falava nada.

Mia

janeiro 1 2013 Responder

Ah, esqueci de dizer. Para salvar o meio ambiente, o ideal n seria “não comer carne”, mas : não virar muito vegan pois teriamos que aumentar a produção, assim deveriamos desmatar mais para grandes plantações, deveriamos para de por filho no mundo, existem pessoas demais, deveriamos impedir os crescimentos das cidades, pois elas ajudam no desmatamento (nunca encontrei um vegan/veget falando isso), consumir mesmo, e por fim não existir, pois ninguém é 100% ecológico, apenas sua existencia nesse mundo já causa impacto. Deveriam estudar mais…O doce ilusão!

    Robson Fernando de Souza

    janeiro 2 2013 Responder

    Ah, esqueci de dizer. Para salvar o meio ambiente, o ideal n seria “não comer carne”, mas : não virar muito vegan pois teriamos que aumentar a produção, assim deveriamos desmatar mais para grandes plantações

    Outra falácia do espantalho (a quinta no seu discurso). Vá ler sobre agropecuária e meio ambiente e vai saber que o que onera a produção agrícola mundial hoje é justamente a alimentação de rebanhos. Com a pecuária decaindo ou mesmo deixando de existir, as plantações de diversos vegetais, em especial grãos, deixariam de ter tamanha pressão de demanda, e aí sim haveria alimentos pra todos – considerando-se que a distribuição de alimentos também se adequasse.

    , deveriamos para de por filho no mundo, existem pessoas demais, deveriamos impedir os crescimentos das cidades, pois elas ajudam no desmatamento (nunca encontrei um vegan/veget falando isso), consumir mesmo, e por fim não existir, pois ninguém é 100% ecológico, apenas sua existencia nesse mundo já causa impacto. Deveriam estudar mais…O doce ilusão!

    Outra falácia – falsa dicotomia. Pra você, pelo que parece, ou é 0 ou é 100, não existindo meio termo.

      Nicole

      novembro 19 2013 Responder

      Mau educada essa moça. E outros carnistinhas que vi por aí…Estão bravinhos pq? Aliás pq ficar entrando em blog vegano pra dizer desaforo? Me parece uma grande perda de tempo. Robson, parabéns pela paciência!

Mia

janeiro 1 2013 Responder

Vegano = ilusão de que salva o mundo.
ahaam….
A gente que trabalha com isso, sabe muito bem que as duas figuras aqui mostradas tem seu lado verdadeiro e falso. Pois bem, apenas gravem uma coisa, não existem pessoas vegetarianas ou veganas, pois milhares de coisas são feitas a partir dos animais que provavelmente vc usam e não falam ou não sabem. Isso é “muito feio”, se auto dizerem “santos”. Nossa que diferença vcs fazem no mundo, pois não existem animais sofrendo mais né? Facil cruzar os braços, fazer textos assim e fala “sou vegano, não to ajudando nessa crueldade” – pois bem esta certo, mas não tá fazendo bosta nenhuma tbm. Se vegano/vegetarianos fossem realmente inteligentes, saberiam que o mais importante a fazer agora é lutar pelo Bem Estar na produção animal, que é muito mais eficaz e rápido do que esperar TODA a pupulação parar de comer derivados de animais. Acordem para a vida! Ela é injusta, as pessoas não irão mudar, o mal existe nesse mundo, a população não se tornará vegan/veget até existir milhares de fast-foods, restaurantes e churrascarias, vamos acabar com os remédios, testes..Por mais que eu queira, isso é fato! Acordem, vão lutar pelo bem estar primeiro, acredito que isso já é um grande passo para as pessoas verem o quão importante os animais são. Por favor!

    Robson Fernando de Souza

    janeiro 2 2013 Responder

    Vegano = ilusão de que salva o mundo.
    ahaam….

    Falácia do espantalho. Ninguém falou que veganos salvam o mundo. Só fazem o possível pra evitar, no que é possível, participar do sistema de escravidão animal.

    A gente que trabalha com isso, sabe muito bem que as duas figuras aqui mostradas tem seu lado verdadeiro e falso.

    Qual seria o lado falso da segunda figura (“Onde está a ilusão?”)?

    Pois bem, apenas gravem uma coisa, não existem pessoas vegetarianas ou veganas, pois milhares de coisas são feitas a partir dos animais que provavelmente vc usam e não falam ou não sabem.

    Falácia dicto simpliciter (exigir perfeição de algo que admite exceções) mista com espantalho (dá a entender que vegetarianos e veganos não sabem selecionar alimentos por seus ingredientes). Assista aos vídeos da série “Os limites do veganismo” – http://consciencia.blog.br/os-limites-do-veganismo – e vai saber que veganismo não é essa expectativa toda que você está imaginando.

    Isso é “muito feio”, se auto dizerem “santos”. Nossa que diferença vcs fazem no mundo, pois não existem animais sofrendo mais né?

    Feias são suas duas falácias do espantalho nesse trecho.

    Facil cruzar os braços, fazer textos assim e fala “sou vegano, não to ajudando nessa crueldade” – pois bem esta certo, mas não tá fazendo bosta nenhuma tbm.

    Você adora uma falácia do espantalho, né?

    Se vegano/vegetarianos fossem realmente inteligentes, saberiam que o mais importante a fazer agora é lutar pelo Bem Estar na produção animal, que é muito mais eficaz e rápido do que esperar TODA a pupulação parar de comer derivados de animais.

    Ou seja, quem luta pra abolir essa “produção animal”, que trata animais como se fossem escravos, objetos ou matérias-primas, é burro e deveria fazer o que você manda, que é reivindicar um bem-estarismo que continua escravizando animais. É isso?

    Acordem para a vida! Ela é injusta, as pessoas não irão mudar, o mal existe nesse mundo, a população não se tornará vegan/veget até existir milhares de fast-foods, restaurantes e churrascarias, vamos acabar com os remédios, testes..Por mais que eu queira, isso é fato!

    1. Seguindo sua lógica, você também deve acordar pra vida, o trabalho escravo e continua existindo, mesmo que ilegalmente, e isso quer dizer, que você deve aceitar a existência do trabalho escravo, já que ele “nunca vai acabar mesmo”.

    Acordem, vão lutar pelo bem estar primeiro, acredito que isso já é um grande passo para as pessoas verem o quão importante os animais são. Por favor!

    Pedido negado. Lutamos pelo que nós acreditamos ser melhor. Não é alguém que acha que escravizar animais e tratá-los como objetos não tem nada de errado e tenta impor essa crença se chegando de uma péssima maneira, defecando regras, atirando falácias do espantalho, sendo preconceituosa contra nós, querendo mandar na nossa causa e tentando desmerecer nosso veg(etari)anismo que vai nos fazer mudar de ideia.

Susana

dezembro 10 2012 Responder

Nao sei pq as pessoas se irritam tanto com isso! Cada um vive sua vida!
E com certeza, NÓS sabemos como evitarmos isso!!
E bem lembrado, vários produtos nem possuem mais substancias de origem animal!
VARIAS empresas ja nao usam mais nada de origem animal, lã, quem é vegano OBVIO q nao usa, couro pior ainda, travesseiros com penas, muito menos e por ai vai!
Quem fez esse post, foi completamente sem fundamentos! Generalizou TUDO sem ao menos pesquisar quais empresas usam ou nao! Pois NÓS sabemos!
Quem é veg SABE PQ É e onde evitar certos produtos!
ACORDEM!

Renan

dezembro 6 2012 Responder

Aliás, insetos, pólipos, corais, entre outros não deixam de ser animais…

    Robson Fernando de Souza

    dezembro 6 2012 Responder

    O respeito aos animais não é por serem animais, mas sim por serem sencientes – aliás, os animais sencientes é que são incluídos na esfera moral vegana.

Renan

dezembro 6 2012 Responder

Boa pesquisa, mas não me convenceu. Parabéns pelo seu empenho em pesquisar todos os 75 itens, aliás, todos comprovados que utilizam (se não agora, antigamente). Na prática, utilizar todas os produtos alternativos é até inviável. Ainda continuo achando inútil, e não é nem questão de comodismo. Considero muitos produtos de origem animal importantes, e para quê substituí-los se são importantes? Prova disso? Remédios… É uma hipocrisia, mas pode continuar consumindo o que quiser.

    Robson Fernando de Souza

    dezembro 6 2012 Responder

    Respeito aos animais (os sencientes) não lhe é motivo pra substituir produtos com ingredientes de origem animal?

Anne

setembro 18 2012 Responder

Vários dos links fornecidos de blogs e sites que atestam a ausência de elementos de origem animal estão quebrados ou não fazem nenhuma menção aos dados apresentados neste post. Vários dos SACs consultados alegaram que as informações aqui prestadas são incompletas e imprecisas, inclusive os da Ipê (produtos de limpeza)e a Cadbury Adams, fabricante do chiclete Trident. Igualmente, a maior parte das opções apresentadas é descabida, como por exemplo a utilização de acendedores e/ou isqueiros para substituir o uso de fósforos. A produção de ambos desconsidera o uso de plástico biodegradável pelo baixo custo de venda e produção do produto em questão. E imagino que o sac de todos os produtores das peças plásticas e de tecnologia deste computador em que o dedicado autor do post escreve não devam ter sido consultados. Igualmente, a afirmação de que medicações são ok uma vez que podem trazer sofrimento é a própria definição de hipocrisia, e vale mencionar que sim, a maior parte das medicações alopáticas possui diversos componentes de origem animal. Consulte um farmacêutico.
Concordo plenamente de que várias das informações apresentadas na imagem original são fictícias e apresentadas para gerar controvérsia, mas várias de suas próprias afirmações são discutíveis na melhor das hipóteses, assim como a viabilidade de uma pessoa comum ter acesso, por exemplo, a comida de gato importada de uma marca específica. Vale mencionar também a sugestão de vários subprodutos do petróleo, que como mencionado pelo Fernando nos comentários, é igualmente hipócrita no contexto ecológico, e se levarmos em consideração o processo de industrialização destes items, também não faz sentido para a causa da “liberdade dos animais”. Aposto que as indústrias não tem o cuidado que você apresentou, mesmo as têxteis que apresentam os produtos 100% sintéticos usados pelos veganos se utilizam de produtos com glicerina em sua lavagem, por exemplo.
Não estou dizendo que seus esforços são inúteis. Inclusive, admiro sua dedicação a um ponto de vista difícil como este e acredito que cada coisa pequena valha para ajudar, e qualquer opinião deva ser respeitada, mas acredito que o radicalismo, em ambos os lados seja estúpido, e a afirmação de que existem produtos “100% seguros” e que qualquer pessoa poderia utilizá-los sem problemas é falaciosa, pra dizer o mínimo.
Aliás, couro ecológico é feito de borracha, acredito que você deva entrar em contato com o sac das indústrias de calçado utilizadas pelos veganos, checara procedência do material e depois entrar com o sac dos produtores do couro para ter certeza de que foi usada borracha biodegradável. Mas já posso lhe adiantar que acho difícil.

    Robson Fernando de Souza

    setembro 18 2012 Responder

    Anne, peço que vc, se puder, nos dê uma lista das informações em que o artigo de resposta à imagem falha. Inconsistências, links quebrados e contradições com o que os SACs dizem, peço que você mostre o que precisa ser consertado, e vou revisar e consertar tão logo vc me mande.

leonardo

setembro 12 2012 Responder

Robson, toda essa onda ja esta criando reações adversas e fazendo surgir uma nova indústria, que são as carnes feitas em laboratórios.
Pega-se uma celula tronco animal e coloca-se num meio liquido com nutrientes, e a carne vai aumentando a sua massa, ao mesmo tempo, dão choques eletricos para que a carne ganhe tonus…
Em breve não vamos mais precisar abater animais para comer proteina e nem para ter acesso aos seus sub produtos, pois elas serao cultivadas artificialmente.
A carne feita em laboratório, tem os mesmos nutrientes e sabor de uma carne de animal, mas com pouto teor de gordura, e ela já existe, mas os preços ainda estão caros para o mercado.
Eu prefiro comer uma carne de qualquer abatedouro, do que essa carne de laboratório, apesar de saber que esse tipo de criação de carne (sem alma, sentimentos, psiquismo) pode contribuir com o fim da fome no mundo.
Quando isso ocorrer, vai haver um discurso inverso, para que seja produzido carne de forma natural, em pastagens e abatidas em abatedouros…etc.

    Leonardo

    setembro 27 2012 Responder

    70% de toda agua no mundo é destina ao plantio de alimentos.
    Os vegetarianos papagaiam que o metano emitido na pecuaria é responsável pelo aquecimento global, entretanto, pesquisadores da UNB, provaram cientificamente que o metano emitido pela pecuária tem participação de insignificantes 0,06% no aquecimento global, ou seja, nada.
    Foi comprovado também esse institudo que 95% do aquecimento global é responsabilidade do vapor d`água, em que os vegetais contribuim um pouco devido a evapotranspiração, enquanto que apenas 3,6% cabem ao gás carbônico, e desse total do CO2, 3,5% são oriundos dos oceanos devido a decomposição de matéria.
    Como carne, pois possuo a ensima pepsina para digerir proteina animal e tripsina para digerir gorduta animal, se eu não tivesse essas ensimas seria um herbivoro, entretanto, todos os seres humanos são onívoros, caso contrário, a nossa espécie ja estaria extinta a milhares de anos, ser onivoreo é dádiva, respeitem sua natureza interior primeiro, para depois quererem respetiar a exterior e salvas os outros bichos.

      Leonardo

      setembro 27 2012 Responder

      Outra coisa, há diversos dados imprecisos na figura “onde esta a ilusão” verdade é que:
      1 As ossadas do gado, são utilizadas pra fazer rações e fertilizantes para os vegetarianos colocarem em suas plantações, sem falar do esterco que vcs utilizam.
      2 O leite de vaca possui pus e bactérias, mas isso até mesmo o leite materno produz, então não deem mais leite para seus recem nascido, pois o leite humano também possui diversas bactérias que causam problemas no intestino do bebê.
      3 Falam que comer carne causa diabetes, mas existe o Diabetes-consumo de açúcar (de origem vegetal) que é um dos principais responsáveis por essa doença.
      4 Trabalho escravo: no Brasil 48% do trabalho escravo está na indústria da cana.
      5 Ser vegano é estar mais susceptivel a doenças do tipo: anemia, gota e doenças renais e reumáticas do que quem é normal.
      6 Pecuaria não causa compatação do solo devido ao manejo.
      7 Metano não causa aquecimento global, isso é um mito que foi derrubado, o que causa é o vapor dagua.
      8 Os desmatamentos da amazonia são destinado a pecuária, devido a vocação do solo, pois o solo amazonico é de origem sedimentar, e portanto não consegue manter agricultura.
      9 Pesquisas mostram que o excesso de carboidrado de origem vegetal são caudadores de cancer, em especial o de prostrata.

        Robson Fernando de Souza

        setembro 27 2012 Responder

        1. Rações pra plantações? Não entendi essa. E você pode nos mostrar em quantos porcento das plantações há uso de derivados de origem animal (esterco e ossada de gado)?
        2. O pus do leite bovino é originado da mastite pré-clínica que muitas vacas possuem (e mesmo assim são ordenhadas). E aliás, o leite não produz essas substâncias, e sim o ambiente ao redor. Falsa analogia.
        3. Tu quoque e falácia do espantalho. Você trata como se todos os vegetarianos consumissem muito açúcar, o que não é verdade.
        4. Provas?
        5. Provas?
        6. Provas?
        7. Respondido no comentário anterior.
        8. E isso justifica o desmatamento na Amazônia?
        9. Provas? Apelo à autoridade anônima não conta como fator corroborativo de algo.

          leonardo

          setembro 28 2012

          É vc que tem que apresentar os links verdadeiros, pois muitos links que vc postou não existem e outros não falam diretamente sobre o assunto.
          1 Link, farinha de osso usado como fertilizante natural: http://www.tocadoverde.com.br/farinha-de-ossos.html

          http://blogvisao.wordpress.com/2007/05/17/meio-ambiente-farinha-de-ossos-bovinos-melhor-que-adubos-qumicos/

          2- Sobre farinha de ossos calcinado usado na alimentação:
          http://www.mfrural.com.br/detalhe.asp?cdp=17916&nmoca=farinha-de-osso-calcinado.
          3- Sobre comer carne de cachorro, comeria sim, sem problemas, não sofro de transtorno emocional pra projetar minhas carencias em animais com pelos.
          4- Conheco gente débil que ingere somente frutas e verduras e por isso tem execesso de carboidatro (frutose). Link sobre os riscos do excesso de frutose: http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/diabetes/frutose-%e2%80%93-o-doce-vilao-ii/
          5- Não existe compactação pois se não houver manejo “troca de pastos”, o gado simplesmente rapará toda branquiaria,ai sim causará compactação por SPLASH, mas antes que isso ocorra, os gados mudam de pastos e consequentemente não há tempo para a compactação.
          6 Koppen provou que ” A vegetãção é espelho do clima”, ou seja, só existe floresta amazonica devido ao clima que la existe e não o contrário. Com isso, vc pode desmatar toda a floresta que ela retornará. Mas é muita hipocrisia sua, pode desmatar pra agricultura, mas nao pode pra criação de animais?
          7 o que produz leite são as glandulas mamarias, e elas podem entrar em mal funcionamento ou estar em contato com virus e bactérias, por isso as mães tem que ter cuidado ao amamentar.
          http://br.monografias.com/trabalhos2/recomendacoes-quanto-amamentacao/recomendacoes-quanto-amamentacao.shtml
          8- Sobre o mito do aquecimento global:
          http://www.youtube.com/watch?v=uSCf_paGnSU
          Faltou alguma coisa? se quizer saber é so perguntar

          Robson Fernando de Souza

          setembro 30 2012

          1. Não apresentou a porcentagem.
          2. Usado na alimentação animal, não humana.
          3. Se pra você respeito e consideração moral são mero “transtorno emocional”, não sei como você vive em sociedade.
          4. E isso significa que o vegetarianismo em essência traz risco acentuado de diabetes?
          5. Fontes?
          6. Recomendo que leia o relatório Terraclass: http://www.inpe.br/cra/projetos_pesquisas/sumario_executivo_terraclass_2008.pdf
          7. E esse risco é igual ao risco de vacas em ambientes carentes de higienização?
          8. Assista a esses: http://www.youtube.com/watch?v=z2RnK_ZTmdQ e http://www.youtube.com/watch?v=5tSIDFYm0xk

          Daniele

          novembro 19 2012

          O pus do leite bovino é originado da mastite pré-clínica que muitas vacas possuem (e mesmo assim são ordenhadas). E aliás, o leite não produz essas substâncias, e sim o ambiente ao redor. Falsa analogia???

          Me desculpe mais procure saber sobre a cadeia leiteira, sitema de manejo do gado Leitero e principalmente o beneficiamento do mesmo, porque onde trabalho não existe leite com “pus” , e animais com Mastite,para sua informação o seu leite nem serve para amamentação do bezerro. E corrigindo não é “pus” no leite e sim células somáticas da qual referencia a quando as células de defesa, são os leucócitos que migram do sangue para o úbere quando este sofre alguma agressão ou manifesta alguma infecção.

      Robson Fernando de Souza

      setembro 27 2012 Responder

      1. E “alimentos” inclui alimentos de origem animal.
      2. Falácia do espantalho. Há diversos fatores diretos ou indiretos de piora do aquecimento global, e o principal deles é o desmatamento, e não a emissão direta de metano.
      2a. Pode apresentar o link do estudo?
      3. Me parece então que esse estudo não nega apenas a contribuição da pecuária, mas sim nega a antropogênese do aquecimento global.
      4. Temos enzimas que ajudam a digerir carne de cachorro. Você come carne de cachorro por isso?
      5. Falácia genética/naturalista.

        rafael

        dezembro 11 2012 Responder

        não comemos carne de cachorro por não ser tão boa quanto a de gado. “ps.: algumas culturar comem cães, gatos e outros animais estranhos como escorpiões.” alias você comeria uma planta que tem um gosto ruim? ou você preferiria um belo tomate?

          Robson Fernando de Souza

          dezembro 11 2012

          Alguns chineses e coreanos não compartilham com seu gosto de paladar.

Fernando

setembro 12 2012 Responder

É muita neurose essas de vcs, muito sentimentalismo. o texto diz que muitos sub produtos de origem animal podem serem evitados, mas nao diz quais.
Tudo de um gado é aproveitado, nada é jogado fora e se a industria esta modificando algum principio ativo, foi porque encontraram outros mais economicamente viaveis, mas voltariam a utilizar sub produtos de animais, se voltassem a ser viaveis.
Por culpa de vcs que acham um animal melhor do que ser humano, digo que ja foi desenvolvido a tecnologia para produção de carnes em labortorio.
Acordem, temos as enzimas pepsina e tripissina que servem para digerir proteina e gordura animal, alimentação vegetariboba é anti natural

    Robson Fernando de Souza

    setembro 12 2012 Responder

    1. Sentimentalismo por quê? Você leu o texto, aliás?
    2. Você defende que façam o mesmo com cães, matá-los pra aproveitar tudo do corpo deles?
    3. Falácia do espantalho. Consideramos os animais não humanos moralmente iguais aos humanos, não superiores.
    4. Porque natural é a pecuária, que depende de toda uma parafernália tecnológica (incluindo máquinas de mutilação e abate e de processamento de carne), de uma “ciência” zootécnica, de propaganda pra viabilizar o consumo de alimentos de origem animal. É isso? (isso sem levar em conta que você caiu na falácia naturalista)

    Fernando

    setembro 12 2012 Responder

    Outra coisa, é muita hipocrisia afirmar que alguns produtos animais, estao sendo substituidos por produtos a base de petroleo, nylon, aluminio, aço…etc. Que são atividades altamente impactantes.
    E digo mais, novas mercadorias estão surgindo provenientes de animais e isso o texto não fala.
    Veganismo é uma nova indústria lobista, ela serve a interesses de muitos.
    [Trecho misto de machismo com trollagem apagado. Esse tipo de conduta não é tolerado por aqui. RFS]

      Robson Fernando de Souza

      setembro 12 2012 Responder

      1. Ou seja, substitutos vegetais e minerais não existem nem nunca existirão. É isso?
      2. Fale isso pros criadores da imagem, não pra quem a respondeu.
      3. Serve ao interesse escuso de libertar os animais. Realmente perigoso.
      4. Se não temos nada com sua alimentação e consumo, então por que veio comentar aqui?
      5. Provado onde?

      Nicole

      novembro 19 2013 Responder

      “Conheci uma vegana que deixou de ser depois de me conhecer, pois curei suas carencias que faziam ela refugiar nos bichos. Veganismo é patético. Eu quero comer carne de abatedouros “crueis” e usar todos os sub produtos e vcs não tem nada haver com isso (…)”

      Nossa! que macho-alfa você hein!!! uhul! Me passa teu telefone!!!! “As mina PIRA” num discursinho machista/ignorante/especista com o seu!!! Aproveita e aprende a acentuar as palavras na hora de escrever!

Daniel

setembro 4 2012 Responder

Mas não se trata só do gado, a blusa de lã tem origem animal, o casado de pena e o travesseiro tem origem animal, dentre outros produtos!

    Robson Fernando de Souza

    setembro 4 2012 Responder

    E são facilmente evitados pelos veganos ;-)

      Susana

      dezembro 10 2012 Responder

      COM CERTEZA! Nao sei pq as pessoas se irritam tanto com isso! Cada um vive sua vida!
      E com certeza, NÓS sabemos como evitarmos isso!!
      E bem lembrado, vários produtos nem possuem mais substancias de origem animal!
      VARIAS empresas ja nao usam mais nada de origem animal, lã, quem é vegano OBVIO q nao usa, couro pior ainda, travesseiros com penas, muito menos e por ai vai!
      Quem fez esse post, foi completamente sem fundamentos! Generalizou TUDO sem ao menos pesquisar quais empresas usam ou nao!
      Quem é veg SABE PQ É e onde evitar certos produtos!
      ACORDEM!

Mendy

julho 31 2012 Responder

pois bem, nó veganos temos todos esses produtos.
sendo que sem resíduos ou testes em animais.
pense bem antes de falar mal porque estamos cientes de todos os produtos que vem de animais, e sabemos qual devemos usar.

    Azrael

    setembro 20 2012 Responder

    ahan sabe sei sei

Ana Lúcia Salles do Amaral

abril 14 2012 Responder

Muito bom o texto e me poupou o trabalho q eu teria p encontrar as opções aqui citadas.
É claro q eu as procuraria, e por mais q demorasse a achá-las, não desistiria.
Demorei tempo demais p tomar a decisão de me tornar vegana, e se a tomei em caráter definitivo, é porque estou certa de que esta é a opção certa.

Patrícia

fevereiro 24 2012 Responder

Parabéns! Estávamos precisando mesmo de um texto redigido com base nesses dados mais técnicos. Obrigada!

Adrien

fevereiro 24 2012 Responder

Muito bom post!
Sim tem verdades mas MUITA mentira nesse poster.
Muitos dizendo que vegan é hipocrita pois há osso moido no concreto da sua casa.. Eu respondo que não, todos continuam vegan e com orgulho pois estão procurando minimizar o sofrimento animal a todo momento.
obrigado por detalhar cada etapa e citar os nomes das marcas.
@té+

    rafael

    dezembro 11 2012 Responder

    Pergunta: Como fazem para comer grãos, vegetais e legumes sem matar insetos, roedores e outros animais? ou saber que a fazenda de onde vem não utiliza ou tem animais trabalhando na mesma?

      Paulo Silva

      março 26 2013 Responder

      Rafael, essa é fácil.

      A ética vegana fica meio “nebulosa” quando trata de insetos e invertebrados. E ela certamente desaparece quando trata de microorganismos, não conheço vegano que vá recusar um bom antibiótico.

      Por extensão, teu raciocínio vale para qualquer produto industrializado. Televisões, celulares, eletrodomésicos, com certeza possuem plásticos e produtos produzidos com elementos de origem animal. Também vejo muitos veganos que nem pensam nisso. Aí a ilusão que o post aponta.

      Abs!

        Victor Dias

        março 5 2014 Responder

        Não tem nada de nebuloso. O veganismo é contrário à exploração animal e ao sofrimento desnecessário. Matar um inseto que te ataca ou ataca sua plantação não tem nada de exploração, muito menos de desnecessário, é um caso evidente de legítima defesa.
        Se tivesse pesquisado 2 minutos sobre veganismo saberia que é uma filosofia que se coloca contra o especismo, ou seja, a discriminação, baseada na espécie, contra outros ANIMAIS. Em que mundo bactérias são animais???
        Plásticos tem produtos de origem animal mas que não são fruto da exploração animal. O petróleo é extraído do solo, o ser humano não explora animais pra isso, ou seja, não existe incoerência nenhuma nesse sentido.
        Então fica a dúvida, Paulo, por que criticar algo que você nem sabe direito o que é? vai estudar o assunto primeiro pra depois falar com alguma propriedade

Sebastião Carreiro

fevereiro 24 2012 Responder

Sou um xarope sim. Um xarope que cura alfacismo ;-) Grosseria apagada!

RFS

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo