03

mar12

Preconceito contra ateus na música: Gerson Rufino – O Homem Sem Deus

Obs.: A princípio, este post pode deixar a entender que, por estar aparentemente sem assunto para blogar, nessa época de escrita da última parte do meu livro, cascavilhei a internet por algo. Mas, ainda que eu realmente tenha cascavilhado, o assunto abaixo não tem sua validade reduzida por isso.

 

(Re)Encontrei hoje na internet mais uma letra preconceituosa de música gospel que acaba provocando ateus e, interpretavelmente, também outras pessoas que não creem no Deus do cristianismo. Ela não é nova, visto que consta linkada no meu artigo principal sobre ateofobia, escrito no ano passado, mas passa atemporalmente uma mensagem que evidentemente inferioriza quem não acredita nesse Deus. Seu título é O homem sem Deus, seu intérprete é o cantor Gerson Rufino (não consegui identificar se ele é seu compositor ou apenas o intérprete), e sua letra é a seguinte:

O homem sem Deus
Caminha sem rumo e anda sozinho
Vive no mundo sem ter um caminho
Ao sopro do vento ele anda sem luz
O homem sem Deus

Tem o seu próprio jeito de pensar
Não tem limites e vive a pecar
Não anda nos planos que vêm lá da cruz

O que ele ajunta, o vento espalha
O que ele planta, vai colher a palha
É o joio no trigo, vai ter um castigo [sic]
Do Senhor da seara
É uma terra seca
É um plantio sem colheita
Não tem o prazer
De alcançar a ceifa
Porque o que ele planta
Seus frutos são maus
E não servem pra nada

O homem sem Deus é vazio, é nada
É um peregrino andando na estrada
É como andorinha voando sozinha
Não faz verão
Mais o homem fiel, ele tem Deus na vida

Deus guarda sua entrada e a sua saída
É o trigo hibernado que chega em breve
Na sua estação

O que ele ajunta, o vento espalha
O que ele planta, vai colher a palha
É o joio no trigo, vai ter um castigo [sic]
Do Senhor da seara
É uma terra seca
É um plantio sem colheita
Não tem o prazer
De alcançar a ceifa
Porque o que ele planta
Seus frutos são maus
E não servem pra nada

O homem sem Deus é vazio, é nada
É um peregrino andando na estrada
É como andorinha voando sozinha
Não faz verão
Mais o homem fiel, ele tem Deus na vida

Deus guarda sua entrada e a sua saída
É o trigo hibernado que chega em breve
Na sua estação

É mais que visível a forma preconceituosa como se fala do “homem sem Deus”, como uma pessoa de estado de espírito vazio, um nada existencial, depressivo, sofredor de fracassos sem fim, praticante de ações más ou inúteis. O músico chega ao ponto de invocar punição divina à pessoa que não “tem” esse Deus em quem não crê (É o joio no trigo, vai ter um castigo/Do Senhor da seara), incitando de fato a intolerância especialmente contra ateus.

A única forma de contato encontrada pela qual se pode enviar protestos é essa página do Facebook. Mesmo se ele não tiver sido o compositor da canção preconceituosa, ele a canta, por isso é cúmplice desse ato de intolerância religiosa. E da mesma forma que a música “Veja os cabelos dela” de Tiririca foi alvo de uma ação judicial por racismo, “O homem sem deus” pode ser o pivô de uma ação semelhante por intolerância religiosa, com base no Artigo 20 da Lei 7.716/89 (Lei Antirracismo).

imagrs

18 comentário(s). Venha deixar o seu também.

edson

setembro 30 2014 Responder

Comentário com ameaça religiosa apagado. Não tem vez aqui quem diz que ateus que se queixam de preconceito vão queimar no inferno. RFS

Gus Van Sant

junho 14 2014 Responder

Música idiota para pessoas idiotas.
Vazia é a pessoa que precisa acreditar em fadas para se sentir feliz e querida!

Canutofilho

outubro 17 2013 Responder

Comentário preconceituoso contra ateus apagado. Primeiro aviso. RFS

SERVA DO DEUS VIVO

dezembro 28 2012 Responder

concordo com a Juliana. Podem nunca admitir mas sentem-se vazio sem Ele!

    Robson Fernando de Souza

    dezembro 28 2012 Responder

    Prove que eu me sinto vazio então.

      cassiano moura

      março 25 2013 Responder

      vai, e visita uma igreja evangelica, um ex: eu sou da Assembleia de Deus, e quando vc sair vai ver o q foi preenchido, vc não saira como entrou, aceita o dessafio

      Francisco

      maio 31 2014 Responder

      se a música te incomodou comprova que você se senti vazio.

        Robson Fernando de Souza

        junho 5 2014 Responder

        Se um negro se incomoda com uma música racista que diz que negros são “feios e imundos”, isso quer dizer que o negro em questão se sente “feio e imundo”?

juliana

julho 10 2012 Responder

Olha, eu acho que houve um entendimento errado! Geralmente, os cantores evangélicos fazem suas músicas voltadas para o público evangélico e na “religião evangélica” o povo não vive sem Deus, sentem-se vazios sem Ele… Entendo que foi isso que ele quis passar, mas cada um tem uma opinião! abç…

Milton

abril 25 2012 Responder

Não vejo preconceito,na letra da musica,nem cita a palavra Ateu,se tudo fomos ver como preconceito,teremos que processar,o Deus do Gerson Rufino,e a palavra dele que é a Biblia,pois na mesma tem um monte de passagens sobre os Ateus ou néscio,ou mesmo incredulo,ex:salmo 14:1;salmo 49:10;8 Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte. Apocalipse 21
abraços

    Robson Fernando de Souza

    abril 26 2012 Responder

    Sim, a Bíblia carrega muita intolerância contra diversas categorias de pessoas, não só contra os não monoteístas. Quem a usa pra proferir preconceito deve ser denunciado.

    Ateu pode ser interpretado como “sem deus”, e ateus são por excelência pessoas sem deus. Por isso, o que ele fala atinge sim aos ateus.

    SERVA DO DEUS VIVO

    dezembro 28 2012 Responder

    é isso aí, Milton!!!! Glória à Deus!!!

Eduardo

abril 1 2012 Responder

se vcs acham isso, entao continuem como estao pra ver se o q a letra fala é verdadeiro (deve demorar um pouco + conserteza verao)

    Robson Fernando de Souza

    abril 1 2012 Responder

    Não veremos. Já vimos. A letra “conserteza” está errada em termos de verdade.

    Thiago

    julho 2 2012 Responder

    O que a letra fala é merda, só isso. Com certeza* você é ignorante.

Lini

março 10 2012 Responder

Por outro lado se houver alguma musica na mídia que fale mal deles…

Maurício Bitencourt

março 4 2012 Responder

Realmente se trata de uma letra preconceituosa. Mas mais do que isso, é uma legítima porcaria, de cabo a rabo, não importando a temática da composição.
Fico preocupado com a intolerância, mas aliviado por saber que somos alvos de gente desse nível, que não faz direito nem aquilo que é paga pra fazer.
Deixo registrado APENAS UM excerto que ilustra bem:

“O homem sem Deus é vazio, é nada
É um peregrino andando na estrada
É como andorinha voando sozinha
Não faz verão
Mais o homem fiel, ele tem Deus na vida
Deus guarda sua entrada e a sua saída
É o trigo hibernado que chega em breve
Na sua estação”

MAIS… MAIS.

Não respeito intolerantes que não sabem nem escrever.

Abraços.

Daniel Sottomaior

março 4 2012 Responder

Dá pra denunciar o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=QmWYsgh0cbw

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo