06

abr12

Preconceito contra ateus na música: letras gospel não reconhecem a vida “sem Deus”

O preconceito contra ateus e outros não seguidores de religiões monoteístas não é caso isolado na música gospel. Procurando-se por letras que contenham a expressão “sem Deus”, é bastante fácil encontrar tais demonstrações preconceituosas e credocêntricas. Canta-se nelas que as pessoas que vivem sem o Deus do cristianismo seriam infelizes, depressivas, solitárias e demasiadamente apegadas aos bens materiais.

Abaixo há diversos exemplos de músicas preconceituosas:

***

1. Sérgio Lopes – Alicerces de Fé
Vejo um homem sozinho sem Deus
Triste e sem esperança em nada
Sua força está nos seus atos
E se vale do seu saber
Ao seu lado há um homem feliz
Cheio de esperança e vida
Seu caminho prospera e dá frutos
Que alegram seu rosto e o fazem cantar

Todo homem escolhe um “Deus”
Mesmo quando diz que é ateu
Seu dinheiro, seus bens, sua fama
São firmados na areia que o vento vai levar
Até o dia em que olha ao lado
E percebe que o homem feliz
Cosntruiu sua casa na rocha
Com alicerces de fé e amando o seu Deus

2. Adrianno – Vida Sem Deus
Sofriemnto que não tem fim,
Dor que vai e volta
Solidão que nunca acaba,
Só tristeza e amargura,
Doença sem cura
Mais uma vez
Seu castelo desaba.

E o que era alegria
Agora é solidão,
A vida que era clara
Hoje é escuridão,
Só restam incertezas
E indiferenças,
Não aceita que Deus é tudo
E quer levar no peito,
Amigo desista,
Sem Deus não tem jeito,
Alegria sem Deus
É só de aparência.

Sem Deus a vida não é Vida,
Sem Deus não adianta viver,
Não vale a pena lutar
Ninguém tem forças pra vencer,
Sem Deus o muito é muito pouco,
Sem Deus o tudo é nada,
Não vale a pena tentar
A vida sem Deus
Já está condenada.

E o que era alegria
Agora é solidão,
A vida que era clara
Hoje é escuridão,
Só restam incertezas
E indiferenças,
Não aceita que Deus é tudo
E quer levar no peito,
Amigo desista,
Sem Deus não tem jeito,
Alegria sem Deus
É só de aparência.

Sem Deus a vida não é Vida,
Sem Deus não adianta viver,
Não vale a pena lutar
Porque ninguém tem forças pra vencer,
Sem Deus o muito é muito pouco,
Sem Deus o tudo é nada,
Não vale a pena tentar
A vida sem Deus
Já está condenada.

A vida não é nada
Sem Deus
Já está condenada
Não adianta nada
A vida sem Deus
Já está condenada

3. Dóminus – Sem Deus Não Dá
Como um ano sem verão, sou eu sem Jesus.
Como ovelha sem pastor, sou eu sem Jesus.
É cair num buraco em plena luz do dia.
Viver sem Deus no coração é não ter alegria.
É viver sem direção, caminho e melodia.
Não ter amor, só ter agonia. Quero viver com Deus na minha vida,
porque sem Ele não tenho saída.
Como posso viver sem Deus na minha vida,
como posso viver sem Deus no coração.

4. Resgate – Sem Deus
Sem Deus, paralelos e meridianos se embaraçam
Sem Deus, toxicômanos na Colômbia se despedaçam
Sem Deus, é tudo ilusão como os juros altos na inflação
Sem Deus, o fim tem seu início, corda bamba sobre o precipício

Sem Deus, a segurança recua nas bases avançadas
Sem Deus, vidas morrem assassinadas nas calçadas
Sem Deus, o mundo é dos espertos que vendem praias nos desertos
Sem Deus, Você corre perigo a mercê das garras do inimigo

Sem Deus, paralelos e meridianos se embaraçam
Toxicômanos na Colômbia se despedaçam
A segurança recua nas bases avançadas
E vidas morrem assassinadas nas calçadas sem Deus

5. Wesley Ros – Sem Deus
Quanto tempo mais, você quer levar
Pra tentar provar que és forte sem deus?
Quanto tempo então,devo esperar
Pra tentar provar que se garante só?
E pra que bater no peito?
Sem deus não adianta nem tentar!

Sem deus não vale nada,
Sem deus tudo é um nada,
Money, poder, fama e tudo mais
É nada sem deus

Quanto tempo mais, prederes queimar
Pra tentar levar uma vida sem deus?
Não há tempo mais, pra você brincar
Deus só quer que você o reconheça e só,
E pra que bater no peito?
Sem deus não adianta nem tentar!

Sem deus não vale nada,
Sem deus tudo é um nada,
Money, poder, fama e tudo mais
É nada sem deus.

***

Essas letras acabam demonstrando que o preconceito contra quem vive “sem Deus” parece ser parte fundamental das crenças das denominações cristãs de quem escreveu e interpretou tais músicas. Desejar que respeitem os ateus e todos aqueles que vivem normalmente sem crer no Deus cristão parece um desejo mais radical do que se pensa no senso comum.

Porém, é possível lembrar aos compositores preconceituosos que a humanidade não se divide em cristãos praticantes, cristãos renegados, judeus e muçulmanos. Ela conta também com ateus, pagãos, xintoístas, budistas, taoístas, hindus, xamanistas, animistas, adeptos do vodu, deístas, panteístas e tantos outros credos. Vislumbra-se a necessidade da militância ateísta (não precisando ser antirreligiosa) para que os cristãos fechados ao conhecimento de outras crenças e descrenças admitam pelo menos que nós ateus existimos, assim como pessoas de religiões não abraâmicas.

Essa militância, aliás, passa por protestar, inclusive dirigindo-se aos cantores que escrevem e/ou cantam preconceito:
Sérgio Lopes (Facebook)
Adrianno (Facebook)
Dóminus (Facebook)
Banda Resgate (Facebook)
Wesley Ros (Facebook)

imagrs

22 comentário(s). Venha deixar o seu também.

alexandro de Abreu Pereira

julho 30 2014 Responder

O objetivo dos cantores é cantar para o povo Cristão, mas como o povo Ateu convive no mesmo País em que os Cristãos convive,os Ateus acabam ouvindo as mesmas músicas que os Cristãos ouvem, e com isso os Ateus começam a achar que as músicas Cristãs está sendo preconceituosas com eles,mas em nenhum momento eu vi preconceito nas músicas, hojé em dia tem várias pessoas que não são Cristãs que curtem músicas Cristãs,a minha mãe é uma delas,se tiver algum Ateu incomodados com os hinos se mude para outro País,se tiver algum Ateu aqui no Brasil que está incomodado com os Cristãos que tentam converter os Ateus para o cristialismo,eu vou dizer uma coisa para vocêis,…Ateus o que Jesus disse Ide por todo mundo pregai o evangelho a toda criatura,Ateus é lógico que vai ter Cristãos que vão querer converter vocêis,não só vocêis, mas outras pessoas também, porque os Cristãos vão querer cumprir esse mandamento do Ide por todo o mundo…))Ateus sabe o que vocêis pode fazer se vocêis estão incomodados, evite ficar perto de pessoas Cristãs,se vocêis não querem evitar de ficar perto de pessoas Cristãs, então não fique reclamando se algum Cristão quer falar de Jesus para vocêis,do mesmo jeito que os Ateus ficam dizendo que os cristãos querem converte eles para o cristianismo, da mesma maneira os Ateus ficam dia e noite tentando convencer os Cristãos que Jesus e o Onipotente não existe,então Ateus estamos quites, e também os Ateus ficam incomodado quando algum Cristão fala, se algum Ateu não crê em Jesus ele vai para o inferno, da mesma maneira eu já vi Ateus debochando de pessoas pobres só porque eles crê em Jesus,dizendo::que nos Países mais pobres é aonde tem mais pessoas que crê em Deus,porque eles precisam crê em alguma coisa para amenizar o sofrimento que eles estão passando, e que nos países ricos é aonde tem mais Ateus do que Cristãos, porque eles não precisam crê em Deus, porque o sofrimento é menor,isso é preconceito ou não Ateus??então quer dizer que as pessoas que vivem aqui no Brasil que crê em Jesus, eles são burros e pobres e precisa de alguém para amenizar a dor deles?? Ateus tem muitos ricos aqui no Brasil que crê em Jesus, Ateus não se esqueção que aqui no Brasil tem muito mais pessoas que crê em Jesus do que os que não crê, e também os Ateus dizem que os Cristãos se acham melhores que as outras pessoas porque crê em Deus, e vocêis Ateus que se acham mais intelectuais que as outras pessoas só porque vocêis crêem em cientistas que já morreram,e tem Ateus porai que dizem que são pessoas educadas e que respeita o próximo, mas tem muitos Ateu porai que odeia Cristãos, porque eu já ouvi Ateus dizendo que os Cristãos tem que ser pinturado na cruz e ser queimado no fogo,um recado para os Ateus que dizem ser Ateus educados, vocêis Ateus que dizem serem educados, vocêis tem que ensinar esses Ateus a não falar esse tipo de coisa e a não fazer isso que eles tem vontade de fazer com os Cristãos, tem muitos Ateus nas redes sociais falando tolice e atacando os seguidores de Jesus Cristo,e ainda dizem que são pessoas que respeitam as pessoas, eu vou dizer uma coisa para vocêis, eu participo de um grupo no facebook que foi feito para as pessoas que são seguidores de Jesus Cristo, e tem Ateus que só participa desce grupo só para ficar enchendo o saco, tem um Ateu no grupo que é fake, e folgado ainda por cima, e não tem coragem de monstrar o rosto, ele só fica falando tolice, eu não vou escrever aqui o que ele fica falando, só sei de uma coisa quem fica na redes sociais falando que os seguidores de Jesus são otarios e são isso e são aquilo,só porque eles crê em Jesus,e ainda por cima esconde o rosto, é bandido, e os Ateus dizem que tem Cristãos gays,mas também tem Ateus gays,os Ateus dizem tem Cristãos na prisão, mas também tem Ateus na prisão.
Qualquer Ateu que está incomodado com os hinos, quer um conselho, não fiquem buscando pequenos detalhes para poder atacar os seguidores de Jesus, vamos evitar confritos entre Cristãos e Ateus, que sirva de exemplo os muçulmanos que ficam matando Cristãos.
Os Ateus que ficam querendo convencer os Cristão que Jesus e Deus não existe,prove com conhecimento de vocêis, não use a estratégia do ataque, porque dessa maneira vocêis não vão conseguir convencer ninguém,e o Apostolo João disse que no meio do povo iria aparecer pessoas que iriam negar que Jesus veio para esse mundo, Leia:1João:4:3: e todo espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus;mas este é o espirito do anticristo,…’e os Ateus dizem que Jesus não existe,…e nem adianta nenhum Ateu vim para o meu lado para pregar que Jesus e Deus não existe, porque eu não vou dar nem bola para vocêis, eu serei seguidor de Jesus até a morte,agora ser tiver alguma mulher Atéia solteira,ou viúva, mas não pode ser separada,que curte um Homem como eu,porque eu sou um seguidor de Jesus,e que não tenha nenhum tipo de preconceito de namorar um Homem que crê em Deus,pode vim para o meu lado princesa porque você eu aceito.

Tiago

dezembro 2 2013 Responder

Interessante o artigo. Sou cristão protestante, e conheço a música do Resgate. Compreendo o ponto de vista do autor, mas eu discordo. Um cristão reconhecendo isto em uma música é tão absurdo quanto um ateu convicto apoiar a religião em sua música.
Concordo no ponto de que devemos procurar um consenso e respeitar as diferenças. Tenho vários amigos ateus e vivemos em harmonia. Mas, a questão do “preconceito” dito nas músicas é um assunto bem mais profundo. Não adianta, para a pessoa ser verdadeira no que diz, ela tem que cantar o que acredita e no que observa. E é o que fazem.
PS: Dentre as músicas, não vi preconceito latente nesta do Resgate. Aliás, diferentemente dos demais artistas citados, O Resgate já escreveu várias músicas denunciando a intolerância e alienação religiosa. Deve-se avaliar a obra completa de um músico também…
um abraço.

Ricardo Palermo

novembro 8 2012 Responder

Que tipo de ateu é esse que fica procurando entre as músicas gospel oq estão dizendo?
Não gosta, não ouça.
Um rockeiro não gosta de pagode e não fica indo em show de pagode pra ver oq anda acontecendo, é bem simples assim.
Se foi atrás, é pq quer rebater tais ofensas (como mostrou, postando as páginas dos Face dos cantores e pedindo pra entrarem) ou a outra opção é pq está preocupado em saber como é viver com o Deus Cristão e está querendo experimentar, Né…

    Robson Fernando de Souza

    novembro 8 2012 Responder

    Uma coisa é não gostar de estilos musicais determinados. Outra é ser difamado por músicas que juram que ateus não podem viver vidas felizes e, por consequência, ser assediado e discriminado por cristãos tentando convertê-lo e desrespeitar sua liberdade e direito de não crer no Deus deles. Quando você perceber a diferença entre essas duas coisas, vai entender minha queixa.

    Carla Oliveira

    setembro 12 2015 Responder

    . A Mesma Situação Com Alguns Teístas Que Comentam Em Páginas Ateístas.

Mayconn

maio 20 2012 Responder

Essa música do Resgate é de 1991.

baco

abril 22 2012 Responder

não se deve dar tanta importancia a essa manifestação musical ela e feita para pessoas que tem necessidades ideologicas iguais as delas ”sem isso não tera nada deus e nossa felicidade e falta dele e sua desgraça” so estam falando isso nao e pior que falar que os ateus iram queimar no inferno por nao crer no cristianismo que e uma especie de capitalismo divino.

Bárbara

abril 13 2012 Responder

É complicado ter que ouvir pessoas que eu gosto, admiro ou simplesmente conheço, ter a cabeça fechada para entender que uma vida diferente da dela também deve ser respeitada. Passo por esse incomodo constantemente, em todos os locais que vou. Minto: passo por isso em todos os locais que vou E NÃO consigo me conter ao ver um preconceito sendo despejado na minha cara.

Discordo de você, Branca, no que diz que devemos deixar as músicas ateofobicas das Igrejas “em paz” visto que foi feita para crentes que gostam de musicas crentes. Repercutir um preconceito (seja em meio musical ou por sermão, discurso, testemunho, etc.) não deve ser aceito e, portanto, combatido. Essas músicas formam opiniões SIM, e formam opiniões que são embasadas no preconceito com os seus semelhantes, isto sem contar que o tal do “amor ao próximo” passa bem longe, este que deveria ser a regra máxima de qualquer igreja por ai. Eu concordo com o Robson e me sinto desrespeitada quando ouço.

E, apesar de nem ser necessário comentar (mas vou), o que mais tem por ai é crente entrando em sites, fóruns e etc ateístas para praticar hipocrisia, desamor, mandar todo mundo pro inferno (como se acreditássemos nele), entre outros. Então, se é pra ter direitos iguais, vocês já começam errando no berço.

Branca

abril 11 2012 Responder

Cacete, Robson forçou, né? A música gospel é pra quem gosta. Nesse caso se aplica o “não gosta, não ouve”.

Me lembro imediatamente do sucesso dos Titãs de muitos anos atrás: “Eu não gosto de padre/eu não gosto de madre/ eu não gosto de frei”, e da (ótima) do Camisa de Vênus, “Eu não matei Joana D’arc”. (“ela me falou que andava ouvindo vozes/e que antes de dormir sempre tomava algumas doses/ uma rede internacional iludiu aquela menina/pretendendo a todo custo transformá-la em heroína…)

Só essas já são exemplos de críticas aos teístas. E são muito mais aclamadas que as gospel.Isso deve ser aceito, pela sua lógica? Porque eu deveria me ofender, já que sou católica. E ao contrário, não apenas não ligo, como me divirto.

Você realmente pensa que os teístas temos uma água-viva no lugar do cérebro ou o quê?

    Robson Fernando de Souza

    abril 11 2012 Responder

    Branca, essas músicas têm um tom ofensivo sim mas não chegam a ser preconceito contra a “vida com Deus” ou contra os cristãos em geral.

      Branca

      abril 12 2012 Responder

      Só porque têm uma poesia mais elaborada não quer dizer que não estão criticando e fazendo troça com a religião católica. Na verdade, a segunda deu até um rebuliço. Eu não gosto de muitas coisas que falam contra a religião, em geral. Inclusive, há vários texto seus que eu não gosto precisamente por colocar, ainda que sutilmente, os ateus como seres iluminados e mais evoluídos que os crentes. Isso sim é ofensivo, porque ninguém é melhor que ninguém.

      Ademais, devo recordar mais uma vez que as músicas gospel são feitas para o público gospel, gente que segue uma igreja, e não para o público em geral. É um estilo muito fechado, um tipo de música muito particular, que serve, mais que tudo, para retroalimentar a ideologia. Não se ofenda com o que dizem de você dentro de círculos que você não terá acesso. A não ser que você queira “desconvertê-los”, não brigue. Você e eles estão em mundos paralelos nesse sentido.

        Robson Fernando de Souza

        abril 12 2012 Responder

        Quais são esses textos que colocam os ateus como melhores que os religiosos?

Raphael Almeida

abril 7 2012 Responder

Robson se essas letras te incomodam tanto será que isso te incomoda :http://www.cleycianne.com/2012/04/homossexuais-elegem-jesus-gostosao-no.html

Pelo visto essas letras são muito mais ofensivas pra tu ne não , analsa isso e vê quem ta desrespeitando quem …

    Robson Fernando de Souza

    abril 7 2012 Responder

    Me incomoda sim.

alfredo

abril 6 2012 Responder

cada um defende acor que gosta e critica a cor que nao gosta…
vai querer entrar no meio dos cara e criticar o modo de pensar deles?
eu sou agnostico e to poko me fudendo po que eles pensam e falam… assim como to poko me fudendo po que os ateus falam tbm (apesar de axar engraçado)
!!!cada um na sua!!

    Robson Fernando de Souza

    abril 6 2012 Responder

    Não vou entrar, mas perceba que eles entram no nosso meio e criticam nossa descrença.

    E eles formam e reforçam opiniões. O que mais, além do sermão do sacerdote, convence alguém de que é errado viver “sem Deus” do que uma música bacana?

      Branca

      abril 11 2012 Responder

      Tá, mas não NESTE caso específico. Controle sua revolta, Robson. Se eles tocam isso dentro das igrejas, carros, casas, rodas deles, deixa eles em paz. Que reforce o que seja. Músicas politizadas também reforçam opiniões, quer censurar Chico Buarque?

      Se estivessem forçando essas músicas em todas as rádios, em todos os ambientes, empurrando isso pra dentro da sua casa e do ambiente público (acho super errado tocar música gospel em consultório, por exemplo) aí sim. Mas criticar a música apenas por ser, e por falar da religião – que, se você não sabe, diz que não dá pra viver sem Deus – é de uma ignorância que beira o fanatismo.

        Robson Fernando de Souza

        abril 11 2012 Responder

        Se eles tocam isso dentro das igrejas, carros, casas, rodas deles, deixa eles em paz. Que reforce o que seja. Músicas politizadas também reforçam opiniões, quer censurar Chico Buarque?

        Aí você comete uma falsa analogia. Porque confunde letras politizadas com letras simplesmente preconceituosas.

          Branca

          abril 12 2012

          Não vejo o que há de “simplesmente preconceituoso” nisso. Respeito que uma pessoa possa viver sem Deus e não gosto dessas letras, mas daí pra se ofender? Lamente. Se você atacar, o que vai fazer? A ideia da religião é que não se pode viver sem Deus; se você lutar contra isso, através das manifestações que a religião tem, estará atacando diretamente a religião em si. É isso o que você quer?

          Explique-se, porque essa ideia me parece tão intolerante quando a de fanáticos religiosos.

          Robson Fernando de Souza

          abril 12 2012

          Sim, me ofendi enquanto ateu. E critico a religião quando ela começa a violar os direitos de outras pessoas – enquanto ela estiver pregando espiritualidades e bons valores, nem toco nelas, ao contrário do que os neoateus fazem.

Gabriel Padilla

abril 6 2012 Responder

É incrivelmente ridículo ver onde chega a babaquice teísta.
Depois eles dizem que ateus os perseguem.

WicCaesar

abril 6 2012 Responder

E daí? É música de crente pra crente, quem tem saco para ouvir que aguente. Não faço questão nenhuma de ser representado nessas letras bregas.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo