05

maio12

Prefeitura de Ribeirão Preto quer aprisionar elefanta em recinto no zoológico

A Prefeitura de Riberão Preto/SP anunciou, no final de abril, que o edital de licitação para construção de um “recinto” onde será mantida em confinamento a elefanta Mayson, resgatada de um circo e mantida em um abrigo provisório no zoológico da cidade desde outubro do ano passado.

O confinamento, que não é um destino mais feliz à elefanta do que o circo de onde foi resgatada, terá 1.500 metros quadrados, muros de concreto armado e um fosso de segurança para mantê-la aprisionada, além de um lago para banho.

Afirma-se que a elefanta vai “participar” de um projeto de educação ambiental desenvolvido no zoológico. É de se perguntar, porém, que educação ambiental é essa que nega aos animais a integração a seu habitat natural e tenta “educar” crianças e adolescentes com a “lição” de que os animais não humanos podem ser mantidos sob aprisionamento como propriedade dos humanos, ao invés de livres.

Como representante dos Direitos Animais, o mestrando em Ciência da Engenharia Ambiental da USP Gabriel Clemente questionou a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, afirmando que o confinamento é um destino totalmente inapropriado para Mayson. Defende ele: “Não sou contra a Mayson em Ribeirão, mas defendo que ela fique em um espaço adequado, como um santuário. Da forma como estão fazendo, a Mayson vai sair de um circo e ir para outro, se tornando uma atração para os humanos. O foco tem que ser a qualidade de vida dos animais”.

De fato, na inviabilidade de Mayson voltar a seu lugar de origem, o santuário deveria de fato ser a única opção a ser vislumbrada pela Prefeitura de Ribeirão Preto, e não transferi-la de uma prisão para outra.

imagrs

5 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Raphael almeida

maio 7 2012 Responder

Fantástico texto Robson, lamentável que a a sociedade não se atente a essas questões …

    Robson Fernando de Souza

    maio 7 2012 Responder

    Valeu, Rodriguinho =)

Amanda

maio 7 2012 Responder

Olá! Parabéns, em primeiro lugar, pelo blog! Gostaria de saber se há alguma maneira de entrarmos em contato com a prefeitura de ribeirão preto, algum email, ou algo assim, para mostrarmos nossa indignação com o ocorrido!
Fico aguardando resposta. Se possível, mande pelo email: amanda.stefan.veg@gmail.com

Obrigada!

Lu Gomes

maio 5 2012 Responder

Com certeza.

E se os protetores dai não agilizarem numa conscientização dos cidadãos para que os apoiem, pouco se conseguirá. :(

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo