19

ago12

Poesia pelo preconceito difama “vida sem Deus”

Uma pessoa que esqueceu (ou não sabe) que ateus existem escreveu essa seguinte pérola de poesia preconceituosa no seu blog:

Uma vida sem Deus
É como uma folha solta
Levada pelo vento
Acompanhada pelo tormento
Para um lugar sem destino.

É uma vida se projetos,
Uma vida sem sonhos,
Vida longe do rebanho,
Vida enfim vazia.
Que vive no vazio do nada.

Numa vida sem Deus
Falta tudo
Farta tudo
 Falta paz
Farta desespero,
Falta amor,
Farta o ódio,
Falta vida,
Farta a morte.
Falta saúde,
Farta a doença,
Falta a Felicidade,
Farta a infelicidade
Falta alegria,
Farta a tristeza.
Falta a esperança no amanhã.
Conclusão:
Uma vida sem Deus
Não vive-se
Vegeta-se.
Não é vida viva.
É vida morta.
É uma vida sem luz.
Sobram trevas
É uma vida  de busca do nada.
Onde se chega a lugar nenhum.
Nada se encontra
É uma vida sem graça.
Deus é tudo
E esse tudo
Está ausente da vida
Logo, se Deus está ausente,
A vida é nada.

A partir de uma convicção credocêntrica, lançou-se esse pacotão de preconceito, que estigmatiza como vazia (para dizer o mínimo do mínimo) a vida desprovida da crença no Deus cristão. Uma convicção que, quando posta em choque com a realidade, é provada uma mentira extremamente preconceituosa.

Para o autor do poema, eu, pessoa que ele sequer conhece e cujo trabalho na internet talvez ele desconheça, tenho uma vida vazia, não tenho amor, sonhos, momentos felizes, paz e tenho de sobra desespero, ódio, doença, infelicidade, tristeza e desesperança. E isso já mostrei aqui no blog que é uma completa mentira, além de ser uma óbvia demonstração de que ele não conhece os ateus e talvez até mesmo desconheça que nós ateus existimos.

O blog do autor é pequeno, mas creio ser razoável protestarmos nos comentários do post dele.

imagrs

10 comentário(s). Venha deixar o seu também.

TELMO CARLOS DE OLIVEIRA

fevereiro 6 2013 Responder

Quando me refiro a vida sem Deus é daquelas pessoas que mesmo professando que tem Deus não demonstra isso em suas ações,longe de mim atingir a ninguém.Não fiz combatendo religião,nem antirreligião,falo de pessoas que diz que conhece e as obras são contrárias àquilo que pregam ou ainda aqueles que se professam religiosos mas se autodestroem.
fiz mais como uma forma de reflexão e não como crítica,até porque cada um tem sua ótica de ver as coisas,a sua por exemplo foi que eu critiquei mas longe de mim fazer isso a alguém.Sou humano passivel de erros e o meu propósito foi chamar aqueles que quisessem a uma reflexão.

    Robson Fernando de Souza

    fevereiro 7 2013 Responder

    isso não ficou nada claro na poesia. Pareceu muito uma alfinetada preconceituosa contra quem não acredita no seu deus.

Vinícius Ramon

agosto 29 2012 Responder

Olá Robson…

Meu respeito e admiração.

O texto é preconceituoso dependendo da ótica… quem sabe se para o autor estar sem Deus (ou deus) seja de repente defender a pena de morte, ou o status quo de manutenção do sistema de injustiças etc?

marcos

agosto 28 2012 Responder

esse ta bom, meu anjo me disse pra encontrar um amor é
difícil mais pra termina é fácil mais quando eu encontrar eu vou fazer de tudo pra não acaba

    Robson Fernando de Souza

    agosto 28 2012 Responder

    ?

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo