22

ago12

São Paulo: Celso Russomanno afirma que “pessoas não cometem crimes porque têm religião”

Era de se esperar que aparecesse algum candidato “de peso” a prefeito de grande cidade brasileira difamando e negando a retidão ética de quem não tem religião e fazendo promessas que afrontam o Estado Laico e a isonomia dos cidadãos brasileiros. Celso Russomanno, do PRB, partido inaugurado pela Igreja Universal do Reino de Deus, fez uma declaração que deve estar deixando os ateus (agnósticos incluídos), deístas e teístas sem religião, em especial aqueles que moram em São Paulo capital, irritados.

Assim diz o Terra Notícias:

O candidato à prefeitura de São Paulo do PRB, Celso Russomanno, participou da sabatina do jornal Folha de S. Paulo na manhã desta quarta-feira e afirmou que a religião é uma saída para diminuir a violência em São Paulo. “Quero o apoio de todas as igrejas, elas são importantes para a sociedade. As pessoas que não matam e não roubam é porque têm uma linha religiosa. A religião ajuda, vou preservar todas as igrejas e gostaria que em cada esquina tivesse uma igreja. É uma linha de conduta para a sociedade”, afirmou.

Nessa lógica, se pessoas não matam nem roubam porque têm uma religião, os ateus e outras pessoas descrentes são um grave perigo para a sociedade, por não terem uma religião que encoleire sua conduta. Celso Russomanno faz assim o mesmo que o também atual candidato a prefeito paulistano José Serra havia feito na campanha presidencial de 2010: investe nas mentiras de que a religião é necessária para se existir ética e, por tabela, os ateus são grandes candidatos a criminosos inimigos públicos de alta periculosidade.

E, como muitos de nós sabemos, são mitos desprovidos de qualquer comprovação objetiva – pelo contrário, sociedades seculares como a Suécia têm taxas muito reduzidas de violência urbana e há uma grande desproporção favorável ao ateísmo ao se comparar a porcentagem da população total cristã e ateia e a porcentagem de detentos cristãos e ateus em presídios.

E o curioso é que ele diz que quer que “em cada esquina tivesse uma igreja”. Curiosamente não diz de que vertente cristã seriam essas igrejas: católicas, (neo)pentecostais, protestantes históricas, mórmons, ortodoxas russas, coptas, arianas etc. E não explica por que não seria “melhor”, por exemplo, haver em cada esquina, ao invés, uma sinagoga, uma mesquita, um terreiro de candomblé, um minibosque sagrado celta ou uma stupa budista. Ele quer usar seu mandato de prefeito para favorecer uma religião específica (cristianismo pentecostal) e assim rasgar a Constituição.

Atualização (22/08/12, 22h): Na mesma sabatina da Folha de S. Paulo, o mesmo Russomanno sonegou resposta à pergunta do diretor-executivo da ATEA sobre se os ateus e agnósticos seriam obrigados a apoiar alguma religião em São Paulo.

Os ateus e outros irreligiosos que moram em São Paulo já sabem em quem não votar esse ano, além de em José Serra. Mas fico temeroso que neste momento essas duas peças estejam liderando as pesquisas de intenção de voto na capital paulista e já correspondam a quase 60% de todas as intenções de voto estimuladas.

imagrs

5 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Partis@Netto

agosto 25 2012 Responder

Precisamos de Políticos reais como os que existem no restante do Mundo que se assumem tanto como Ateus mas também como Prestadores Públicos da Sociedade , ou seja Cidadãos que prestam contas a quem os Elegeu.

Mariane

agosto 25 2012 Responder

Era bom alguém convidá-lo a passar em uma prisão e perguntas quantos ali não acreditam em deus. O resultado vai surpreender.

Acho muito pouco provável que este imbecil de fato acredite nas asneiras que diz, este parece ser mais um marketing para ganhar votos, já que este é exatamente o pensamento da nossa pobre sociedade. Imagine que ele disser que não acredita em Deus? Nunca irá ganhar eleição nenhuma.

    Cristiano Rafael

    fevereiro 7 2014 Responder

    Concordo totalmente com seu comentários. Faço suas palavras as minhas.

Partis@Netto

agosto 25 2012 Responder

“As pessoas que não matam e não roubam é porque têm uma linha religiosa.”
Um Imbecil chamado Datena disse a mesma Imbecilidade em Rede Nacional.
Este é apenas mais um.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo