05

dez12

Consciencia.VLOG.br: Queremos um dinheiro laico!

Obs.: Este post se inclui na categoria Preconceito contra ateus porque, como exponho no vídeo, a frase “Deus seja louvado” nas cédulas de real insinua que os ateus são mentirosos e infiéis ao não louvar ao deus oficiosa e ilegalmente reconhecido pelo Estado brasileiro.

O vídeo de hoje (na verdade gravado e levado ao ar ontem) do Consciencia.VLOG.br é uma resposta à decisão da Advocacia-Geral da União de manter a inconstitucional frase religiosa “Deus seja louvado” nas notas de real.

A decisão foi absurda, cheia de falácias e carregada de um “autismo” jurídico ao tornar letra morta o Artigo 19 da Constituição Federal, arrogar que o Estado brasileiro tem o direito de louvar uma “entidade superior de algumas religiões” e ignorar mesmo a existência de pessoas que se opõem à manutenção de tal frase no dinheiro brasileiro.

Abaixo, as duas partes do vídeo:

Parte 1:

Parte 2:

Links referenciados nos vídeos:

Constituição Federal de 1988

Cláudio Colnago: o preâmbulo constitucional não tem força normativa própria

Sobre as políticas de branqueamento cultural e demográfico da população brasileira

Decisão de suprimir o “Deus seja louvado” das cédulas de real só valeriam pra novas cédulas, sem efeito retroativo que ordenasse a destruição das cédulas antigas

Lei do Orçamento da União de 2012 (orçamento de 2,25 trilhões de reais, sendo quase 600 bilhões pra refinanciar a dívida pública)

Governo Federal gastou 161 milhões de reais em publicidade desde 2011

Artigo “Em defesa do dinheiro laico”

“Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”, princípio cristão

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo