05

abr13

Invocar protestos contra Blairo Maggi não significa recuar da mobilização contra Marco Feliciano

raposas-galinhas

Alguns leitoræs entenderam muito mal meu apelo para que os protestos atualmente direcionados contra o sacerdote do ódio Marco Feliciano também sejam apontados contra o “Motosserra de Ouro” Blairo Maggi. Acreditaram que eu tentei diversionar a onda antifundamentalista que vem mirando o pastor-deputado e desviar o foco dele, lhe permitindo agir impunemente pela medievalização das leis brasileiras, “exclusivamente” para o senador ruralista.

Acreditaram, percebi eu, que eu tomei partido pelo lado reacionário que quer medievalizar o Brasil junto com Feliciano e os demais teocratas,  ou simplesmente consentir e permitir essa retrogadação, com o pretexto de que “há causas mais importantes”.

Pergunto então: 

a) Duas causas não podem ser seguidas ao mesmo tempo? Dois políticos não podem ser alvo de mobilizações na mesma época e com a mesma força?

b) Por que precisamos fragmentar os protestos, ao invés de torná-los uma só mobilização cidadã, a ponto de deixar um dos parlamentares repudiados alheio ao grosso da mobilização popular e protegido dele?

c) A ameaça representada pelos senadores latifundiários ao meio ambiente é tão menor assim do que a representada pelo pastor fundamentalista aos Direitos Humanos no Brasil? (digo “tão menor assim” porque, ao contrário de Feliciano, Maggi ainda não vem “presenteando” o povo brasileiro com declarações absurdas novas nem tendo desenterradas com tanta frequência falas que confrontam o interesse público)

d) Enfim, por que protestar contra Blairo Maggi implica necessariamente poupar Marco Feliciano?

Não preciso esclarecer com afirmações. Basta que aqueles leitoræs que acham que tentei desviar de Feliciano a indignação popular reflitam sobre essas perguntas.

imagrs

5 comentário(s). Venha deixar o seu também.

marcio r sousa

abril 10 2013 Responder

infelismente o brasil e pai e mae de politicos coruptos onde todos age contra o povo,rouba tudo de bom e deixa a porcaria as desgraças e nos aceitamos que eles ainda continua no poder,mas amigos brasileiros a culpa nao e deles a culpa e nossa q aceitamos tudo calado eu nao acredito que tenha mais polico bom no brasil,pq se tivese era os primeiros a combater os ruins

Go

abril 9 2013 Responder

E temos que avançar os protestos contra os vagabundos José Genoino e João Paulo Cunha. Esses marginais não podem continuar na comissão de direito e justiça.

Marcos Pereira

abril 5 2013 Responder

seria idiotice pensar que você tentou desviar os protestos contra feliciano, é só ler as ouras matérias do seu blog e na comunidade do dihtt e ver isso, lá tem vários posts dedicados a ele, mas também temos que ver que nas outras comissões também tem bandidos, e como…
abração

Danizita L.

abril 5 2013 Responder

Bom, eu digo por mim , compreendi que aquele texto não queria anular a importância dos protestos contra Feliciano.O problema é que aqueles que apoiam o tal deputado ou não vêem esse caso como algo grave, usam isso como argumento pra desqualificar os protestos.E o ruim é que quando surge alguém que lembra dos outros problemas acaba sendo mal interpretado…

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo