20

jun13

Ranço fascista/nacionalista encarna em protestos pelo Brasil e inspira receio pelo futuro político
Protesto em Fortaleza, com diversas bandeiras nacionais

Protesto em Fortaleza, com diversas bandeiras nacionais

Este episódio da história brasileira está dividindo opiniões, entre pessoas otimistas pelo futuro do país e pessoas pessimistas por causa do ranço fascista que as manifestações vêm tomando. Se por um lado a população “acordou” para os problemas no país, por outro o nacionalismo e o sectarismo antibandeiras vêm manchando esse momento e trazendo muitas preocupações.

Muitos esquerdistas vêm demonstrando receio com os rumos dos protestos. Bordões nacionalistas, como “Verás que um filho teu não foge à luta” (trecho do hino nacional), “O gigante acordou” e “Eu sou brasileiro com muito orgulho e muito amor”; ídolos do Estado opressor, como exemplares da bandeira e o cantar do hino nacional; e hostilidade contra partidos de esquerda e até movimentos sociais embandeirados maculam a mobilização com chorume fascista e ameaçam transformar o movimento numa gigantesca demanda totalitária.

Sempre que um partido de esquerda, como o PSOL e o PSTU, tentam erguer suas bandeiras nos protestos, recebem uma reação raivosa dos manifestantes ao redor, que começam a gritar “Sem partido!” e “Oportunistas!” e, na base da hostilização, forçam os partidários a se calarem. Relata-se que até mesmo movimentos sociais estão sendo calados com a baixa forçada de bandeiras. Também já foi relatado que neonazistas vêm participando dos ataques aos movimentos e partidos, usando inclusive de violência física. É uma autêntica violência contra as liberdades políticas de quem milita por partidos e movimentos sociais.

Enquanto isso, o nacionalismo de direita galopa, mesmo sem líderes, tentando dominar a mobilização nacional. Estão aos poucos extirpando a esquerda que, queira-se ou não, foi a originadora dos protestos e levou, antes que toda essa gente se sentisse à vontade de ir às ruas, muito gás lacrimogêneo, balas de borracha e bombas de efeito moral dos policiais militares repressores. Ao mesmo tempo, demandas genéricas, como o combate à corrupção e investimentos em educação, ameaçam dar moral ao primeiro líder carismático que aparecer prometendo a solução para tudo e deflagrar um crescimento ainda maior do ranço fascista.

A esperança começa a dar lugar a um medo de recrudescimento da tendência fasci-nacionalista, reprimindo movimentos sociais e os poucos partidos de esquerda existentes. Espero sinceramente que isso, ao invés de algo que periga crescer e se tornar dominante, seja temporário e uma demonstração de imaturidade política da maioria dos manifestantes. Porque essa demanda antipartidária e anti-movimentos sociais é tudo menos democrática.

imagrs

18 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Gabriel Barrionuevo

setembro 19 2013 Responder

o meu conceito de nacionalismo é o mais puro ideologicamente, na minha opinião. É um sentimento, e não uma posição política ou uma doutrina, ainda que influencie em muito minha visão política. É um sentimento de amor às nossas raízes, ao nosso povo, à nossa cultura, nossa língua, nossa diversidade, às etnias que formam o nosso povo. é como o sentimento que temos por nossa família, não no sentido de tradição, mas no que se refere à nossa ligação com nossa raiz cultural. É preciso observar que a doutrina nacionalista mais conhecida, infelizmente, é o ultra-nacionalismo, presente nos movimentos políticos corporativistas (fascismo, nazismo, franquismo, kuomitang, etc), onde o nacionalismo se une a sentimentos etno-centricos, xenófobos, defensionismo de “pureza cultural”, mitos que envolvem o próprio país como uma entidade superior a outras nações e militarismo. Isso não tem nada a ver com nacionalismo, é apenas uma visão de direita de uma cultura nacional. Ora, se podemos comparar uma nação com uma família; eu amo minha família, e nem por isso acho que ela é perfeita e melhor que todas as outras, ou que quem vem de outra família tem menos valor. Não acho que as tradições da minha família são imutáveis e devem ser seguidas à risca, e sim melhoradas onde seja necessário. O que importa é que eu amo minha família e sei que ela faz parte do meu ser, e farei sempre de tudo para que a minha família viva muito bem em todos os aspectos. Sempre farei o bem a todas as pessoas e ajudarei a todos que precisem, mas a minha família é a prioridade por uma questão de raiz. O nacionalismo também não se opõe ao internacionalismo. O internacionalismo marxista não foi em nenhum momento uma teoria de luta social apátrida ou de negação nacional, perda das raízes, etc. e sim uma tática ideológica onde o ponto principal era que membros da classe trabalhadora não se matassem entre siem guerras internacionais onde o conceito militar de nacionalismo, defendendo lutas finaceiras e territoriais (ou seja, nada a ver com o verdadeiro patriotismo) pudesse desunir esses trabalhadores na luta mais importante segundo o mrxismo, entre as classes. Ou seja, o internacionalismo prevê politicamente a união dos interesses humanos de todas as nações e a quebra das fronteiras “marciais”, digamos, e não a perda do sentimento de pátria pelo individuo, num conceito onde não existem países. A Conclusão final, vista em muitos textos de Lênin, é que os países não devem lutar entre si procurando uma “libertação nacional” com base na miséria de outra nação, mas sim unirem-se em uma luta pela libertação humana. Malcom X, em sua melhor e última fase, depois que voltou de sua peregrinação em Meca, onde fez amizade com pessoas de culturas e cor de pele diferentes, mudou o seu discurso, abandonando o etno-centrismo negro mas mantendo o seu “nacionalismo negro”, e declarou algo como “temos que lutar pela liberdade de todas as pessoas no mundo, independente de suas origens, mas eu, como negro, lutarei em primeiro lugar pelo meu povo”, o que eu acho muito nobre, e é assim que eu penso, sou de esquerda, e luto pela libertação humana, mas sem dúvida, a minha primeira preocupação é com o povo Brasileiro, não se trata de egoísmo ou preferencia, e sim de prioridade, como no caso de a minha família estar na miséria por exemplo, eu não daria a mesma prioridade a todas as familias miseráveis, a minha seria o centro do esforço. Acredito, nessa linha de pensamento, que o sentimento nacionlista pode e deve ser um grande impulso para a libertação do nosso povo, para que tenhamos um estado do povo e para o povo, um mercado regulado para que não massacre as pessoas em nome do lucro, uma boa educação, boa moradia para todos, saúde para todos, alimentação para todos, etc. a reforma agrária é um exemplo de reforma necessária no nosso país que na minha opinião está estritamente ligada ao sentimento nacional. Me dói muito ver jovens brasileiros negando sua pátria como se isso fosse motivo de vergonha, e muito mais esse discurso de que “o nacionalismo… o nazismo, o golpe de 64… olha no que deu”, o culpado disso não foi o sentimento nacional e sim a ideologia de direita e a alienação dos povos. falando assim, fica igual a direito dizendo “querer a socialização, a distribuição de renda… a União soviética, Cuba… olha no que deu”.. é um argumento muito pobre. Esquerda & Nacionalismo, sempre!

Gabriel Barrionuevo

setembro 19 2013 Responder

cara não é bom e nem inteligente, historicamente falando, dizer que o nacionalismo ou o patriotismo são sentimentos de direita ou coisa parecida. os grupos de esquerda que ingressaram na luta armada contra a ditadura de 64 no Brasil eram todos nacionalistas, inclusive se você estudar bem história contemporanea, verá que a esquerda política e o nacionalismo nascem juntos, no mesmo país, na mesma bandeira política. eu sou de esquerda e sou nacionalista, e isso não impede que eu seja também internacionalista, não são idéias antagonicas. gostar do nosso país é gostar do nosso povo, da nossa diversidade, e querer um brasil mais justo, menos desigual e um estado do povo e para o povo é um sentimento muito nobre e que deveria ser encorajado. não podemos deixar a direita reacionária roubar a bandeira do nosso país! pense nisso!

    Robson Fernando de Souza

    setembro 19 2013 Responder

    Qual o seu conceito de nacionalismo?

Felipe Carvalho

julho 17 2013 Responder

Os comunistas adoram falar de Cuba como um paraíso na terra, mas o que me dizem do japão que é um pais de ideais nacionalistas?
Qual desses países tem um povo mais bem preparado? ou um governo bem mais eficiente?
Cuba da monarquia dos castro? Ou o japão da monarquia doa sei lá o que?

Kreator

junho 24 2013 Responder

Cont.

Contudo, é uma estupidez sem tamanho comparar com “fascimo” a despartidarização do movimento, pois quem esteve nas manifestações num segundo momento (ou na parte do “não era por apenas R$0,20”) não quer ser identificado com bandeiras de Esquerda / Comunistas e muito menos quer que partidos “vermelhos” usem as manifestações posteriores como dividendos políticos.

É simples, não tem relação com “ditaduras”, “fascismo” ou qualquer outro “mimimi” posterior, o movimento se expandiu e as pessoas lá não se sentem representadas pelos partidos existentes.

Kreator

junho 24 2013 Responder

Tenho um sentimento ambíguo sobre os protestos, acho-os válidos por vários motivos apresentados, contudo tempo o que acontecerá depois deles, pois estão sem rumo, sem objetivos concretos, a espera de algum líder qualquer se escolhido como “Salvador Da Pátria”, que aliás querem que seja o Joaquim Barbosa, “miguxo” de Lula e do PT.

A Esquerda têm razão em reclamar, pois foi ela que iniciou as manifestações com seu braço “Movimento do Passe Livre”,

Eduardo Moraes de Mattos

junho 24 2013 Responder

Nosso MOVIMENTO está muito feliz com o fato do POVO finalmente ter acordado. Sempre estivemos prontos a repetir: A história nos mostra que quando o povo vai às ruas, o POVO consegue o que quiser. Fácil! Muito fácil entender isso!!!

Eduardo Moraes de Mattos – Coordenador do MOVIMENTO Escola Bíblica Diferente – http://www.escolabiblicadominical.net – A DIFERENÇA está no IR ALÉM, sem conversa fiada.

Jones

junho 21 2013 Responder

Falo e repito mil vezes: “não importa se é esquerda ou direita, ambas são colunas de uma mesma arquitetura”. Os protestos ocorreram, ouve pequenas conquistas, mas, infelizmente, o que rege nosso mundo são números e valores. Esses protestos são uma perda de tempo; bonito, necessário e admirável, porém o mundo terá a mesma dinâmica política, o controle através dos números, legendas, direita, esquerda, etc…Pensem e raciocinem: copa do mundo, mídia exaltando os protestos, enfim, só boboca não vê que quem ascendeu o pávio dos protestos não foi a sociedade, foram aqueles que “lucram” com tais manifestações… … ” O patriotismo é a virtude dos selvagens” Oscar Wilde Bem-vindos à selva!!!

    Bruno Gonçalves

    junho 21 2013 Responder

    Concordo plenamente com o seu ponto de vista que isso mudara muita pouca coisa tendo em vista a mentalidade social que rege os dias de hoje só vai mudar dentro da caixinha mas não muita coisa de fato.

Bruno Gonçalves

junho 21 2013 Responder

Bom Robson isso me lembra um pouco do golpe militar de 64 na qual também houve um movimento semelhante chamado de Deus Pátria e Família que apoiava pontos de vista fascistas e que deu bases psicológicas para o eclodir do golpe e a derrubada de Jango da presidência do Brasil.

A.N.

junho 21 2013 Responder

Eu fiquei muito triste hoje em SP quando vi os fascistas batendo em todo mundo que tivesse qualquer coisa vermelha no corpo, sem brincadeira. Em SP especificamente, não sei o que possa ser feito pra tirar esse ranço integralista. O problema é que essas notícias alarmaram o pessoal e muita gente séria da esquerda já está pensando em não ir mais às manifestações. Pelo Facebook eu tento convencer alguns amigos a não deixarem de ir, temos que fazer número, resistir!
É triste também ver muitas pessoas mudando a foto do Facebook por bandeiras do Brasil, o pessoal não percebe o quanto esse nacionalismo estranho pode ser nocivo.
Bem, vamos ver o que vai virar…

Raphael Almeida

junho 21 2013 Responder

Robson, a contradição nesse texto é imensa ,primeiro porque quem está no poder é justamente um partido de esquerda e segundo porque será que a população ficará sempre refén dos partidos para protestar.Esse movimento não surgiu de nenhum pertido meu caro,surgiu da revolta de cada cidadão que vê seu dinheiro sendo roubado por esses políticos e por ai vai, não vou me deter a enumerar os vários motivos que levaram o cidadão a ir à rua.Isso você sabe mais do que eu.Entretanto é preciso entender a revolta da população pricipalmente com os partidos de esquerda ,vide o golpe de 64, quem estava levantando as bandeiras nas passeatas?Também não preciso responder você sabe. Sim, mas o que aconteceu: esse quadrilha chegou ao poder.E isso você tem que concordar comigo Robson roubou mais que qualquer general da mais extrema direita.

O pstu Robson , defende uma ditadura socialista meu filho , como é que um partido desse vai a uma manifestação democrática.É como se o partido nacional SOCIALISTA dos trabalhadores alemãos de Hitler viesse protestar na passeata. E ai tu ia querer protestar com um indivíiduo desse.Quaquer partido quer for às passetas estão tirando proveito dos cidadãos que não apoiam suas causas.Ora se o Psol ou pstu querem protestar, que escolha qualquer outro dia .Aposto que não lota uma kombi. sabe porque?porque ninguem concorda com esses imbecis

Intão Robson pode ser que o povo esteja vendo o que você não quer ver e eu venho lhe dizendo: esquerda não é essa coca-cola toda, pra mim são mais arbitrários que a direita.Forte abraço.Fosse pra passeata??

    Bruno Gonçalves

    junho 21 2013 Responder

    Cara sugiro que você pesquise sobre o fascismo e socialismo na internet antes de falar groselha.
    Primeiro os nazistas tinham pensamentos e ideias racistas, anti-semitas, nacionalistas, expansionistas e anti-homossexuais. Além de odiarem comunistas, odiavam e massacravam judeus e homossexuais, em campos de concentração e no geral adotava ideais fascistas que suas características básicas são: o totalitarismo, o nacionalismo, o idealismo e o militarismo, e isso da a alusão ao que Robson disse.
    Já o socialismo e um sistema de transição do capitalismo para o comunismo onde haveria uma desapropriação dos meios de produção dos donos do capital (dinheiro) para os trabalhadores,na qual ainda existiria um estado que iria coordenar a distribuição geral.
    Segundo o PT deixou de ser um partido de esquerda a muito tempo atras.Hoje em dia esse partido atende prioritariamente aos interesses da classe dominante,como o exemplo a redução do IPI e a privatização dos portos que não atendeu aos interesses do povo mas dos donos do capital.Mas tiveram algumas melhorias para o povo (ínfimas no melhor dos casos).
    Terceiro os partidos da real esquerda(PSTU,PSOL,PCO,e outros)foram os que engajaram na manifestação,e eles defendem o movimento do passe a muito tempo.
    Quero deixar bem claro que apesar de concordar com alguns ideais dos partidos de esquerda,eu não sou socialista e nem comunista,pois apesar de o socialismo muitas das vezes defenderem causas humanistas,Karl Marx com o seu conceito de “ditadura do proletariado” na qual ainda haveria um estado, ele não avalia pelo menos no meu ponto de vista,que todos os conceitos de estados tem o objetivo a sua auto-perpetuação,na qual serviu de base para os pensamentos de Lenin na qual culminou no stalinismo,e pelo fato de eu acreditar também de que a politica trabalha com a premissa de ineficiência social que indiretamente faz com que a sociedade abdique de seu poder em troca de uma certa proteção governamental,(dando clara alusão a teoria NEOCOM da Carl Scmitt)devido a necessidade de auto-perpetuação do estado.
    Então sugiro que você largue a mão um pouco do Facebook e vai pesquisar um pouco.

      Raphael Almeida

      junho 21 2013 Responder

      Interessante que quando você leu meu texto, mesmo eu expressando o nome do partido de Hitler como Partido Nacional SOCIALISTA dos trabalhadores alemães você não teceu nenhum comentário sobre isso .Na verdade isso era esperado já que contra fatos não há argumentos .O partido de Hitler era socialista como pode?Pois é.

      Outra coisa – quando você diz”Já o socialismo é uma transição do capitalismo…” “…para os trabalhadores,na qual ainda existiria um estado que iria coordenar a distribuição geral…” .Meu caro isso nunca aconteceu , pelo menos aqui na terra, onde foi que os trabalhadores estiveram efetivamente no poder?Na união soviética , em Cuba , Coreia do Norte ,a Hungria,Ucrânia , Vietnã?Não meu rapaz isso nunca aconteceu em lugar nenhum .O que aconteceu foi justamente o oposto do que prega o marxismo – a supressão das classes sociais. Houve a criação de uma super classe , uma burocracia estatal que tinha poderes indefinidos ligados ao estado e ao partido .Basta que você soubesse quem era o maior país importador de Ferraris na época do governo socialista da união Soviética.Resposta: a própria União Soviética .Entretanto isso ainda não mudou veja isso e tire suas próprias conclusões vendo esse link:

      http://oglobo.globo.com/mundo/kim-jong-un-viaja-em-iate-de-us-7-milhoes-que-seria-proibido-pela-onu-8748652

      Outra coisa, você fala que os partidos ditos de esquerda tem direitos de participar dos protestos, discordo plenamente.já que esses partidos são tão atuantes, eles tem o ano inteiro para realização de protestos então que o façam.O que não se pode é rotular uma manifestação que é apartidária como se fosse liderada por partido X ou y .veja em política a parte visual é importante: imagine se permitissem no protesto bandeiras do PSTU e na foto de capa do New york times aparecesse varias bandeiras , a imagem que passaria para o mundo é que o povo brasileiro despertou para o socialismo , uma informação falsa que não condiz com a realidade ,mas que em política pode ser muito bem usada para aumentar dividendos políticos e projetar tal partido. Então digo e repito, se o PSTU, PCO ou PSOL quiser se manifestar façam outros dias , que não lota uma kombi. vê se eles fazem?Querem pegar carona no protesto dos outros.

        Bruno Gonçalves

        junho 21 2013 Responder

        Primeiramente não comentei sobre o nome do partido,pois não achei que seria relevante ,porque são doutrinas completamente diferentes tanto na forma como no conteúdo, (e se você tivesse pesquisado saberia disso).Mas achei muito pernicioso da sua parte a comparação que você fez entre o socialismo (marxismo)e o nacional socialismo (nazismo), alias o partido do Hitler só tinha o nome,pois de socialista mesmo não tinha nada e historicamente ele prova isso.
        Outro ponto importante,de onde você tirou que Hitler era socialista?Vamos então supor que ele de alguma forma fosse socialista.Então por que ele perseguiria os socialistas que viviam na Alemanha?Por Que ele atacou a URSS? Por Que ele comparava os judeus com os socialistas e os aniquilavam da mesma forma nos campos de concentração? Por Que o Hitler usou e abusou da Conspiração judaico-maçônico-comunista internacional,comparando os judeus (doutrina Religiosa)com os comunistas\socialistas (doutrina politica)?Cara isso vem sendo utilizado desde a guerra fria essa comparação para taxar qualquer ideologia social diferente do capitalismo como tirânico (independente de ser socialista\comunista ou não).É tratado como uma falacia e que revela no seu caso uma ignorância tremenda sobre o assunto ou uma desonestidade intelectual.
        Segundo, o fato de você ter dito que a proposta do socialismo não ter se cumprido e que os trabalhadores jamais tiveram o poder,concordo em termos,pois apesar da ideia de “ditadura do proletariado” ter de certa forma influenciado na criação de uma burocracia estatal e dogmática a espinha dorsal disso foram os ideais de Lenin que criou o germe para o surgimento do stalinismo na qual infesta os países que você citou.Inclusive se tiver interessado, tem esse vídeo do Noam Chomsky explicando exatamente isso https://www.youtube.com/watch?v=zDJee4stYN0.
        Terceiro, você ainda acredita na Globo? uma emissora que manipula resultados,distorce a verdade,demoniza pessoas,apoia interesses da classe economicamente dominante e ainda apoiou a ditadura militar no Brasil,e hoje finge ser um meio de comunicação que defende a democracia?Cara de duas uma,ou segue minha sugestão e assista o documentário Alem do Cidadão Kane (https://www.youtube.com/watch?v=NNLEaVgVZeM) e procure saber da verdade não só sobre a globo mas também sobre todos os meios de comunicação dominantes ou continue assistindo o Zorra Total.
        Eu digo que os partidos de real esquerda deveriam sim ter direito a participar da manifestação pois apesar de não concordar com o método empregado por esses partidos,eles já estão lutando em favor do movimento do passe livre desde antes do eclodir dessa atual manifestação e inclusive participaram efetivamente da realização da passeata que ocorreu no sábado passado,e isso meu caro e questão de justiça,e eles não estão pegando carona pois o protesto também e deles,mas ao menos eles estavam lutando por isso muito antes de você procurar saber.

          Raphael Almeida

          junho 22 2013

          Caro bruno,analisando-se friamente o governo de Hitler e Stalin percebe-se algumas semelhanças,como o governo estatizante ,a personificação do poder,o controle sobre a imprensa, nacionalismo, militarismo,unipartidarismo.Sobre a economia é difícil dizer , pois até hoje os dados da economia Soviética são um mistério , entretanto tudo indica que embora se pregasse com todo fervor o controle dos modos de produção acredita-se que existia um capitalismo marginal , obscuro,que alimentava aquele sistema. Não é a toa que depois do desmantelamento da URSS pipocou bilionário russo.

          Você diz que hitler perseguiu judeu ,comunista, homossexual,etc.Não nego isso,entretanto nen todos os judeus foram perseguidos por Hitler.Muitos até apoiaram o regime.Como Haber,quimico judeu, que desenvolveu uma das armas mais letais do nazismo o gás cloro.No filme” Einstein and Edington” cujo tema é a comprovação da teoria da relatividade isso é mostrado de forma clara, inclusive o próprio Harber é promovido a oficial da ss.Por outro lado eu tenho informações de historiadores marxistas que alguns judeus finaciaram hitler , mas nao tenho como comprovar isso ok.Veja so, Hitler começou a perseguir comunistas depois que declarou guerra a URSS,quebrando o pacto de não agressão, antes disso ambos eram aliados, inclusive havia um intercâbio de oficiais sovieticos nas academias alemãs.Recomendo o filme “Circulo de fogo”.Observe, Hitler perseguiu todo mundo que botava cara feia pro regime dele , procure saber sobre “3 de setembro de 1939” e “a noite da neblina”.Não foram só homossexuais e comunistas não , além dos judeus é claro.

          Eu não taxo qualquer ideologia diferente do capitalismo como tirânica não ,tenho infinitas críticas ao capitalismo só que o socialismo não é de nenhuma forma uma alternativa ao capitalismo nen em questões de desenvolvimento sustentável ,desenvolvimento vs meio ambiente.Nen nisso, onde o capitalimo é mais frágil o socialismo consegue ser melhor .Posso te provar isso se você quiser.

          ” …ter de certa forma influenciado na criação de uma burocracia estatal e dogmática a espinha dorsal disso foram os ideais de Lenin que criou o germe para o surgimento do stalinismo ”

          Ésses comunistas são engraçados metem o pau no capitalismo, usam o materialismo dialético de Marx como método de análise da realidade.É querem que eu analise o socialismo de forma abstrata,Metafísica.Meu filho eu tenho que analisar o que aconteceu ao longo do tempo, lhe pergunto: essa porcaria de socialismo deu certo em algum lugar?Então pronto. Outra coisa importante é que Stalin era definido por lenin commo um cara que não prestava e seu preferido era Trotski.Mas como Stalin era mais antigo no partido o resto você já sabe.

          Sobre a notícia que eu lhe dei você age de maneira infantil deprezando-a sem mesmo procurar saber se procede.Quer dizer que se a globo noticia o resultado do jogo do brasil tu vai dizer que é mentira só porque a noticia é da globo é?Eu também não sou fâ da globo não, mas agir dessa maneira também é demais , pode procurar essa notícia em outras fontes verás que procede.E ai me refute sobre ela.

          Sobre a participação de partidos de esquerda no Brasil, esses mesmos indivíduos que pregam o socialismo estão ricos: Aldo rebelo(PC do B)defende a bancada ruralista e a um tempo atrás propos um aumento imoral para deputados federais.Rapaz eu odeio socialismo, mas respeitaria um parlamentar esquerdista que abrisse mão desse salário , pois o mesmo vai de encontro ao que vcs socialistas pregam.Agora diz ai quem dos deputados esquerdistas abre mão dessa imoralidade?Ah não! mas a desculpa de vocês é que quando um indivíduo de esquerda faz isso é porque ele se vendeu pra direita como falam do pt.Argumento tão ridículo quanto defender um crente que cometeu um crime dizendo que foi o demonio .faça-me o favor!

          Rapaz que paradoxo é esse: a situação protestando contra ela mesma!porque é isso que estava acontecendo com os militantes do PT nas ruas. Sinceramente é algo esdrúxulo.Qual a legitimidade que o movimento teria, ora se eu estou no mesmo protesto do PT ,EU ESTOU PROTESTANDO PELA MESMA CAUSA DELE, logo não há discordância , mas entretanto há discordância justamente com o PT QUE É a situação, LOGO NÃO SE PODE PROTESTAR AO LADO do mesmo.Estão em campos opostos.Quanto aos outros partidos você diz que são muito innteressados na causa né.Eu viro socialista se se o PSTU ou O PSOL fazer uma passeata organizada por eles mesmos ao longo do ano , sem pegar carona no movimento dos outros , sobre qualquer reinvidicação que seja.

        Bruno Gonçalves

        junho 22 2013 Responder

        Raphael Almeida primeiramente,apesar de suas semelhanças tanto as ditaduras de Hitler quanto de Stalin haviam muitas divergências tanto na ideologia quanto no método e elas eram gritantes.
        Hitler – http://pt.wikipedia.org/wiki/Hitler
        Stalin – http://pt.wikipedia.org/wiki/Stalin
        Observação,nao ha nenhuma evidencia da existência de um capitalismo obscuro e sim de que a economia da URSS era planificada
        https://pt.wikipedia.org/wiki/União_Soviética#Economia

        Segundo a única relação encontrada ao financiamento judeu foi relacionado a família de banqueiros Warburg e mesmo assim por falta de evidencias ela e considerada como teoria da conspiração.E em relação ao químico Fritz Haber ele jamais apoiou o Nazismo,nunca desenvolveu armas para a Alemanha e muito menos foi oficial da SS,e a própria Wikipédia te desmente “Em 1934, com a chegada ao poder de Hitler, por ser judeu, foi obrigado a abandonar a Alemanha. Dirigiu-se à Inglaterra, onde foi convidado para a Universidade de Cambridge.”(http://pt.wikipedia.org/wiki/Fritz_Haber).
        Terceiro Hitler declarou guerra ao comunismo antes mesmo de entrar em conflito com a URSS inclusive ele cita isso em seu livro Mein Kampf(http://pt.wikipedia.org/wiki/Mein_Kampf)inclusive no período entre guerras a SA e Freikorps ambos adeptos do nazismo foram responsáveis pelo assassinatos de Rosa Luxemburgo,Karl Liebknecht,e outros comunistas (http://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/nazismo-violencia-e-propaganda-foram-as-armas-de-adolf-hitler.htm).E em relação ao tratado Molotov-Ribbentrop ou simplesmente de não agressão não definia uma aliança e sim um não envolvimento no conflito de ambas as partes e também foi uma estrategia de Hitler para ganhar tempo e desenvolver seus planos de guerra e a criação da operação Barbarossa que inclusive e citado com mais detalhes no documentário Redescobrindo a segunda guerra.
        Quarto,eu deixei bem claro nos dois comentários anteriores que a ideologia de Karl Marx dava sim bases para o surgimento do stalinismo na qual mostra que você nem ao menos se deu ao trabalho de ler o que esta escrito e já começou a soltar groselhas.
        1″Quero deixar bem claro que apesar de concordar com alguns ideais dos partidos de esquerda,eu não sou socialista e nem comunista,pois apesar de o socialismo muitas das vezes defenderem causas humanistas,Karl Marx com o seu conceito de “ditadura do proletariado” na qual ainda haveria um estado, ele não avalia pelo menos no meu ponto de vista,que todos os conceitos de estados tem o objetivo a sua auto-perpetuação,na qual serviu de base para os pensamentos de Lenin na qual culminou no stalinismo,e pelo fato de eu acreditar também de que a politica trabalha com a premissa de ineficiência social que indiretamente faz com que a sociedade abdique de seu poder em troca de uma certa proteção governamental,(dando clara alusão a teoria NEOCOM da Carl Scmitt)devido a necessidade de auto-perpetuação do estado.”
        2″Segundo, o fato de você ter dito que a proposta do socialismo não ter se cumprido e que os trabalhadores jamais tiveram o poder,concordo em termos,pois apesar da ideia de “ditadura do proletariado” ter de certa forma influenciado na criação de uma burocracia estatal e dogmática a espinha dorsal disso foram os ideais de Lenin que criou o germe para o surgimento do stalinismo na qual infesta os países que você citou.Inclusive se tiver interessado, tem esse vídeo do Noam Chomsky explicando exatamente isso https://www.youtube.com/watch?v=zDJee4stYN0.”
        Quinto nos trechos em que você cita que Lenin tinha dito que seu preferido era Trotsky e uma falacia tendo em vista de que Lenin foi um avido critico de suas ideologias,inclusive chamando o mesmo de “Judas Trotsky” diversas vezes.Ha uma certa contradição no que você disse e no que e verdade(http://pt.wikipedia.org/wiki/Stalinismo#Stalinismo_como_teoria_do_poder_total).
        Sexto,nos trechos “pois o mesmo vai de encontro ao que vcs socialistas pregam.”e “Ésses comunistas são engraçados metem o pau no capitalismo, usam o materialismo dialético de Marx como método de análise da realidade.” e entre outros, você tenta explicitamente me colocar como sendo comunista(apesar de não ser um)para de alguma forma tentar invalidar meus argumentos,isso meu caro e chamado de Argumentum ad hominem,e revela uma estrategia desonesta de argumentação.E mesmo se eu fosse um,meus argumentos não seriam inválidos só porque possivelmente poderia estar defendo essa ideologia.
        Sexto,com relação a noticia que você divulgou procurei saber a procedência da noticia muito antes de você me taxar de infantil e provo para você que ela e tendenciosa.primeiro de tudo no trecho da noticia”Nas imagens de satélite publicadas pelo NK News, é possível ver uma propriedade da família na zona leste da cidade de Wonsan, com o que parece ser um iate luxoso ao lado.” te pergunto onde na noticia mostrada pela globo esta localizado essas fotos?sera que não e preocupação de um veiculo de noticias publicar as fotos da aquisição do iate para aumentar a credibilidade da reportagem? E outra, se essa noticia foi vazada e revela a natureza corrupta de um governo ao redor do mundo e principalmente socialista, por que outros veículos de publicação,incluindo os grandes que pensam e agem da mesma forma não se interessaram em publica-la alem da globo,como exemlos o R7,Band News,veja,e entre outros.Verdade que encontrei outros blogs que falavam da mesma noticia mas todos eles falavam a mesma coisa (FONTE O GLOBO),VEJAM OS EXEMPLOS.
        http://www.gp1.com.br/noticias/ditador-kim-jong-un-viaja-em-iate-que-seria-proibido-pela-onu-305711.html
        http://www.mauricioferrao.info/2013/06/nada-como-ser-priprietario-de-um-pais.html
        http://mundoemcena.wordpress.com/2013/06/20/kim-jong-un-viaja-em-iate-de-us-7-milhoes-que-seria-proibido-pela-onu/

        E Sobre o NK News de onde a globo tirou a noticia (http://www.nknews.org/2013/06/exclusive-fit-for-a-princess-kim-jong-uns-7m-yacht/)e olhe a quantidade de informações a mais que NK News mostra o que a Globo esconde e dentre esses detalhes olhe o que esta escrito em um trecho.
        “Kim Jong Il never received his new Azimut yachts, although he still has two large superyachts and a mobile swimming pool moored amongst naval and fishing boats on the other side of Wonsan. Media reports often incorrectly state he was “entombed” with a “luxury yacht”, referring to a small gray naval frigate in the Kumsusan mausoleum that was occasionally used by the late leader.”
        E que a tradução de acordo com o Google fica assim.
        Kim Jong Il nunca recebeu seu novo iates Azimut, embora ele ainda tem dois grandes superyachts e um celular piscina ancorado entre barcos da marinha e pesca do outro lado de Wonsan. Relatos da mídia, muitas vezes incorretamente estado que estava “enterrado” com um “iate de luxo”, referindo-se a uma pequena fragata naval cinza no mausoléu Kumsusan que foi usado ocasionalmente no final o líder.
        Leia a noticia e veja as conclusões (deixando bem claro que concordo que este governo e de um déspota como todos os outros stalinistas).
        Diante de todos os argumentos apresentados,tenho visto que você utilizou informações falsas (como exemplo o do químico Haber e entre outros)para validar os seus argumentos a comparação entre uma noticia de entretenimento (futebol) um uma noticia de relevância social(politica) e alem claro de constantes utilizacões de Argumentum ad hominem revela a sua desonestidade intelectual e sua ignorância sobre o assunto e nem vou perder mais o meu tempo debatendo isso com você.Abraços.

marcflav

junho 21 2013 Responder

realmente foi assim que o nazismo começou na Alemanha… a revolta popular permitiu que os indignados acabassem com os partidos e alguns, os mais histéricos, ousaram lançar a venlha cansada idéia de um líder, herói que guiará as massas indignadas por entre os abismos da desigualdade socio-cultural endêmica… por outro lado, manter uma subserviência à hierarquia dos partidos políticos repete muito os padrões prussianos de outra Alemanha, ainda mais autoritária.. creio que o canal continuará a ser a democracia direta, as grandes manifestações, pequenas manifestações, manifestações setoriais, enfim voltarmos ao velho hábito de nos encontrarmos nas ruas… e, se os que andam sobre quatro rodas – digamos, nós mesmos – se atrapalham com nossa pouca sutil arte de fazer política, que a gente divida o espaço das ruas.. que eles paguem pedágio urbano adequado para gerar receitas, e que estas sirvam para manter uma pesquisa permanente sobre transito urbano e transporte público de graça e decente… perdas e conquistas socioculturais desde sempre se fazem em praça publica ou pelo comercio ou pela luta de classes..infelizmente estamos na era da velocidade, e as manifestações viraram espetáculo midiático, e como sempre acontece, em pouco tempo deixará de despertar o interesse que reside em todas as manifestações… o impacto de cinquenta, cem mil pessoas juntas é absolutamente genial, eu sinto que é o único momento em que eu sou de fato cidadão… mas o quê as oligarquias irão fazer com isso, eu não tenho a mínima idéia, mesmo porque não há saída: estamos todos réfens, os antenados e os alienados, do sistema financeiro e da agenda diária em busca do dinheirim.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo