19

jul13

Neto Lucon: A homofobia internalizada e transfobia de gays que falaram mal do filho de Ronaldo

ronald

Abaixo, o trecho inicial de um texto excelente de Neto Lucon sobre a lamentável homofobia internalizada e transfobia que muitos gays manifestaram contra Ronald, o filho mais velho do ex-atacante Ronaldo Fenômeno.

 

Sexualidade de filho de Ronaldo Fenômeno faz gays vomitarem homofobia internalizada
por Neto Lucon

Foi só descer a timeline do Facebook nesta quarta-feira [17], que me deparei com comentários de conhecidos gays acerca da sexualidade de Ronald, o filho mais velho do ex-jogador Ronaldo Fenômeno. Tudo porque o garoto, que está com 13 anos, atualmente ostenta cabelos alisados, mechas loiras e foi visto ao lado de um amigo no aeroporto, que vai passar as férias junto com a família em Ibiza, na Espanha.

As fofocas davam conta que o visual era semelhante ao de Maria Gadú, que o tal amigo era muito “suspeito” e que logo ele estaria “confundindo” mulher com travesti assim como o pai.

Porém, mais que especular a vida sexual de Ronald [que sinceramente ficou muito mais moderno com o novo visu], me surpreendi com tal discurso tortuoso de LGBTs. Afinal, será que dá para considerar alguém qualquer coisa que seja somente pela aparência? Será que somos tão retrógrados ao ponto de achar que um hétero não pode ter um amigo mais próximo? Ou alisar o cabelo? Será que ainda achamos que as travestis enganam as pessoas?

E, o pior, será que ainda vemos a homossexualidade como uma ofensa ou uma maneira de desqualificar o outro?

Leia aqui o artigo completo

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo