01

nov13

Beto Richa revela que prefere PMs sem grau elevado de instrução por serem “menos suscetíveis” à insubordinação

beto-richa

O governador Beto Richa afirmou, em entrevista à rádio CBN, que prefere policiais militares sem ensino superior completo, já que, segundo ele, eles teriam menos risco do que os diplomados de se insubordinar perante as ordens dos “superiores”. Segundo a Apra – Associação de Praças do Estado do Paraná, Richa afirmou: “Outra questão é de insubordinação também, uma pessoa com curso superior muitas vezes não aceita cumprir ordens de um oficial ou um superior, uma patente maior”.

Não só a afirmação do governador é contrária à faculdade humana de pensar, raciocinar e questionar, como também preconceituosa, como a Apra coloca:

A declaração do governador é um desestímulo à educação e à cultura dentro da corporação. Nitidamente, o que Richa defende, em sua declaração, é que a PM dê preferência a pessoas que não estudem.

Além de tudo, mostra uma miopia em relação à realidade do mundo. Como se pessoas sem estudo superior não pudessem ser contestadoras ou insubordinadas (pela versão de Richa, as greves comandadas por Lula no ABC nunca existiram).

Fica claro que o interesse dos governantes, que Beto Richa acaba representando, é que os PMs sejam nada mais do que androides obedientes e incapazes de pensar e questionar, encoleirados à vontade de quem é interessado na manutenção da ordem social, prontos para atender a qualquer ordem por mais absurda, antiética e autoritária que seja. Pessoas sem educação e suscetíveis à obediência é tudo que gente como ele precisa para se manter no poder.

imagrs

1 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Jones

novembro 3 2013 Responder

:oNossa… foi a maior imbecilidade já dita! Quer dizer que pessoas sem ensino superior não são aptos a raciocinar o que é o mais correto de se fazer? Se for seguir por essa lógica, esse governador não cursou nem o pré-escolar. Policiais formados no ensino superior só teriam a acrescentar. Por exemplo, um policial formado em psicologia é muito mais eficiente nas ocorrências; para definir o perfil dos delinquentes, e a melhor forma de agir com os mesmos. Tenho apenas o ensino fundamental e posso garantir que sou um questionador e contestador nato. Senso de justiça não depende da formação escolar, mas do próprio caráter do indivíduo. Beto Richa, sua falácia é de um idiota, muito pior do que ter baixa escolaridade. Não se esqueça que a base da pirâmide somos nós a “peãozada”, e é ela que sustenta o restante da construção.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo