09

nov13

Desmentindo imagens antirreligiosas preconceituosas: com Jesus X sem Jesus

antes-depois-jesus

Atualizada em 10/12/2013

É curioso ver como algumas pessoas que são vítimas de preconceito e dizem combatê-lo não se importam em usar a versão reversa desse mesmo preconceito para tentar não só contra-atacar os religiosos opressores, mas sim agredir todo aquele indivíduo que compartilha com os opressores a crença na divindade de Jesus. A imagem acima, compartilhada por algumas pessoas e páginas que se dizem combatedoras do preconceito ateofóbico e da intolerância religiosa, fomenta o preconceito de ateus contra religiosos, fugindo da lógica neoateísta de criticar as religiões e negar em público a existência de Deus e Jesus para simplesmente descambar para a pura ofensa contra cristãos em geral, sem distinção entre os intolerantes e os tolerantes.

Fica clara na figura a dicotomia ultramaniqueísta “cristão do mal X ateu do bem”, através das feições do boneco Chucky, o Brinquedo Assassino, como se ter fé na divindade e nos ensinamentos de Jesus fosse um determinante para degenerar o caráter de uma pessoa. Ela ao mesmo tempo contradiz e confirma a máxima de que “religião ou irreligião não definem caráter”, uma vez que passa a crença de que determinada religião definiria sim o caráter de uma pessoa e mostrar que nem todo ateu luta contra o preconceito, podendo o ateu também ser preconceituoso e intolerante contra quem não comunga de suas (des)crenças.

Ela passa a ideia de que ser cristão é ser do mal e “diabólico” e ser ateu é ser um puro anjo ou santo do bem, fazendo exatamente o mesmo, ainda que no sentido contrário, que cristãos fundamentalistas fazem contra quem não acredita no seu deus. Assim a luta dos ateus contra o preconceito ateofóbico, que é legítima, acaba sendo seriamente prejudicada e desmoralizada perante os religiosos e os próprios ateus.

imagrs

9 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Vitor

junho 28 2015 Responder

Pregação religiosa apagada. Leia o post e saiba do que ele fala antes de me julgar e atirar pregações, ok? RFS

Pierry

agosto 20 2014 Responder

Otimo post do Blog, justamente repensando o preconceito inverso dos cristaos contra os ateus, que se traduz num preconceito intolerante de alguns extremistas anti-religiosos/ ateus contra cristãos , que nao ajudam em nada no combate a “prisão” que a religião cria para mente humana, recomendo leitura de minha pagina para quem realmente entendeu a ideia do post, para um maior aprofundamento nas questoes do pensamento humano , acessem : http://www.facebook.com/psicobomsenso

ANINHA

maio 17 2014 Responder

QUE COISA FEIA ISSO JÁ E SACANAGEM COM O NOME DE DEUS OLHA NÃO FICA BRINCANDO NÃO SEJA QUEM FOR ESSA PESSOA NÃO FICA BRINCANDO QUE O CUSTO DA BRINCADEIRINHA RÁ VAI SAIR CARO VIU…….
ASSINADO: ALGUEM QUEM AMA MUITO DEUS VIU!!!!!

    Robson Fernando de Souza

    maio 17 2014 Responder

    Pelo visto você não entendeu que o meu post critica a imagem preconceituosa. Então, se esse Deus Altíssimo existe, não vou ser eu o punido por ele.

ANACLARA

maio 17 2014 Responder

VAI BRINCANDO COM JESUS QUE UM DIA ELE BRINCA COM VOCE DEUS E UM DEUS ALTISIMO CUIDADO O QUE POSTA VIL SO UM COMENTARIOZINHOOOOO

Sergio Luiz Sant´Anna

novembro 11 2013 Responder

Claro que você convenientemente ignorou que os religiosos cristãos esquecem frequentemente um dos dois pedidos de seu deus fez: amar o próximo como a si mesmo.
Mas isso não tem importância, afinal agora os ateus militantes são do mal…

    Bia

    novembro 12 2013 Responder

    Sim e por causa de uma minoria fanática, os ateus tem que se comportar da mesma forma boçal que eles.

    E nem sei onde está escrito que o Robson generalizou falando que ateus militantes são do mal. Ele fez uma crítica aos ateus que possuem o mesmo comportamento fanático e retardado dos fanáticos religiosos, que querem combater o preconceito com mais preconceito. Fazendo uma comparação, seria como se um militante da causa negra começasse a querer segregar brancos e dizer que eles merecem a morte. Isso ajuda a causa? Não, só piora a situação.

    E te mais o que conheço de ateu e também de agnóstico que tende um pouco para o ateísmo (já que agnósticos podem tender ao teísmo, deísmo, panteísmo também) que já estão saturados desse tipo de comportamento e que sentem uma certa repulsa de tal coisa (e isso incluo aqui o meu próprio marido que é agnóstico), da mesma forma que religiosos sérios possuem repulsa pelo fanatismo, não está no gibi.

    Agora, perdoe-me a minha indelicadeza, mas leia o texto novamente e interprete e diga onde que o Robson fez generalização dos ateus.

      alef

      fevereiro 14 2014 Responder

      pura idiotice fika discultindo isso ou aquilo o proprio nome Ja diz “boneco assasino” pior filme ki ja assisti agr vem kere fala ki os cristaos sao preconceiituosos eu aceito c eu kiser e outra pois aceita coisas mundandas pa dps fala ki nao existe Deus pela moor ridiculo affss

      Pierry

      agosto 20 2014 Responder

      Bia , achei muito construtivo o seu comentario sobre o tema do post e tenho selecionado um publico para divulgar uma pagina da qual sou autor que recomendo a voce e seus amigos http://www.facebook.com/psicobomsenso , onde trato de assuntos relacionados a psicologia, ciencia, humanismo e diversos assuntos relacionados , obrigado pela atencao e espero que goste das materias que ja tenho postadas na pagina e continue acompanhando , att Pierry

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo