08

jan14

Meu Professor de História: O Brasil vive uma ditadura “comunista” sob o PT?
Páginas reacionárias adoram divulgar imagens acusando o governo petista de ter implantado ou ameaçar implantar uma "ditadura comunista". Será que há mesmo uma ditadura aos moldes soviéticos em vigor no Brasil? Leia abaixo.

Páginas reacionárias adoram divulgar imagens acusando o governo petista de ter implantado ou ameaçar implantar uma “ditadura comunista”. Será que há mesmo uma ditadura aos moldes soviéticos em vigor no Brasil? Leia abaixo.

Compartilho abaixo um texto interessante que desmonta o argumento olavo-golpista de que o Brasil estaria sob poder de uma ditadura “comunista” encabeçada pelo PT. Ele foi extraído da fanpage Meu Professor de História, que se dedica a desmascarar os argumentos (pseudo-)históricos usados pela ala mais reacionária da direita brasileira.

 

O Brasil vive uma ditadura “comunista” sob o PT?
Extraído da página “Meu Professor de História” e editado por mim

Não é incomum ver na internet comentários e páginas falando da “ditadura comunista do PT”, uma tripla tolice. É até difícil de acreditar que alguém fale isso a sério, mas senão vejamos algumas obviedades, que aparentemente não passam pela cabeça de quem fala esse tipo de besteira:

a) O PT seria um “partido comunista” estranhamente financiado por capitalistas, e que tem no seu discurso o propósito de tão somente reformar o capitalismo brasileiro.

b) A “ditadura comunista” estranhamente permite uma circulação de discursos anticomunistas e fascistas dos mais dementes e agressivos que se possa imaginar, na mais completa liberdade, e promovidos pelas principais mídias (monopolizadas por meia dúzia de famílias da alta burguesia).

c) Criminosos anticomunistas gozam de uma próspera e tranquila aposentadoria, depois de terem sequestrado, torturado e assassinado várias pessoas acusadas de “comunistas” pela ditadura civil-militar.

d) A acumulação de capital em mãos de uma ínfima minoria proprietária segue firme e forte, sem que uma única vez a “ditadura comunista do PT” tenha se atrevido sequer a retomar a propriedade pública que foi entregue ao capital privado de forma fraudulenta, através das privatarias.

e) A “ditadura comunista” segue transferindo metade do seu orçamento anual para o capital financeiro privado.

f) A “ditadura comunista do PT” permite que militantes petistas sejam condenados à prisão, enquanto membros da oposição de direita, acusados de crimes iguais ou piores, comprovados por provas abundantes, sequer vão a julgamento.

g) A “ditadura comunista” permite que ativistas de esquerda, de movimentos sem-terra, p.ex., sejam perseguidos, ameaçados, agredidos e assassinados a mando de latifundiários.

Agora, peço que me ajudem a entender o grau de apartação da realidade que um indivíduo deve ter para enxergar “ditadura comunista do PT” em algum lugar além da sua própria imaginação.

imagrs

23 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Dante Franceschini

janeiro 17 2016 Responder

Eu acho que um debate sobre a realidade tem como o objetivo a busca da verdade. E o que a maior parte dos comentaristas deste post fez foi apresentar a sua visão unilateral da “verdade”, sem preocupar-se em apresentar argumentos reais. Na verdade boa parte dos argumentos aqui apresentados servem para proteger privilégios de quem comenta (membros da classe média). Os maiores centros capitalistas do mundo, EUA, UE, Russia e China, os três tem estados enormes. Aliás, maiores do que no Brasil. Basta ver o setor defesa (ou guerra) deles.

paulo nelio rezende

fevereiro 26 2015 Responder

A ABI está de luto. Ela recebe e afaga o maior inimigo da imprensa. A revista VEJA, por dizer a verdade e não depender de esmolas oficiais, foi atacada moral e fisicamente. Nas manifestações pacíficas de ruas aparecem vândalos, a soldo de interessados, para jogar a polícia contra o povo e intimidadar os manifestantes. A própria polícia age com extrema violência, como denunciou a anistia internacional. Na famigerada reunião na ABI, na qual o moluscão compareceu para criticar a imprensa livre, que os fazem borrar de medo, as cenas protagonizadas por petistas estiveram muito próximas dos métodos facistas para dissolverem os comicios dos opositores. O PT desconhece opositores legítimos. Para eles existem duas categorias: “ô ocê tá cum nóis” ou “tá contra nóis”. Lado outro, falam de inclusão social, mas se omitem sobre o contigente de jóvens desempregados e sem esperança. Dos milhares de vivem da cata do lixo, dos moradores de ruas e de meninas se prostituindo nas beiras de estrada. Para eles, montados em suas fortunas, em cartões corporativos, tudo é belo. A vida para eles é bela. E então, para manterem as benesses que o poder lhes proporcionam estão mercantilizando a nossa liberdade. O projeto de implantação do comunismo, segundo o modelo gramisciano, tão-caro ao PT, está em pleno curso o a questão do golpe final contra a democracia e suas instituições não é de se saber se, é saber quando. Já tentaram emendar a Constituição para permitir a reeleição do presidente. O partido hegemônico no poder vai aparelhando e dominando e domando todas as as instituições da república. A matriz ideolgógica é Cuba e o método é aquele preconizado por Antônio Gramsci. Temos certeza disto. Os militares discretamente, já se manifestam. Muitos que vêm o perigo e que podem sair já o fizeram. Meus amigos, é bom reservar um dinheirinho para dentro em breve comprar um distintivo com a foice e martelo e, colocá-lo na lapela sair vestido de vermelho, para não ter pernas e narizes quebrados, como eles fizeram com pessoas na ABI. E as trevas poderão perdurar muito, até podermos ver novamente a luz no fundo do poço. CONCLUSÃO – o Professor de História não mentiu. O que faremos para evitar? Alguem nos salvará?

Mauro

setembro 21 2014 Responder

Não sou de esquerda nem de direita. Procuro ser racional. Vou citar alguns fatos, procurando apontar evidências. Fato: nas décadas de 50 e 60 do século passado, houve a tentativa de implantação da ditadura do proletariado em vários países periféricos, em plena guerra ideológica (ver Gabeira). Após o sucesso da revolução de Mao, vários líderes de esquerda foram a China na década de 50, absorver algo da doutrina da guerrilha. Temos, portanto, 3 referências na doutrina revolucionária: Mao, com sua guerrilha prolongada; Marighella com a guerrilha urbana; e Guevara com o foquismo. Para aqueles que idolatram esse último, sugiro a leitura integral de sua obra, no mínimo estarrecedora pela apologia a violência e artifícios para cooptar o “povo”. Em alguns lugares ganharam, em outros perderam. “As coisas precisam mudar para que permaneçam as mesmas”. Como não foi possível na marra, mudaram a abordagem e agora vai no jeito. Passa uma lei aqui, outra não, que passa depois, e vamos lá: censura a imprensa (veja Marcelo Madureira, lula ameaçando o Casoy, Gustavo mendes tendo sua apresentação interrompida). Projeto de lei que impede ação de reintegração de posse em caso de ocupação, e por aí vai. Em ciência política, esse processo se chama pressão cúpula-base, usado por chaves e jango. Por último, a quem interessar, sugiro ver no youtube os discursos de líderes do pt e estrangeiros no foro de são Paulo. Não precisa interpretar nada, basta ouvir. Última reflexão por enquanto: se esse pessoal faz tudo isso sem o poder das armas, imagina se tivessem. Para fechar o cerco, basta mais um mandato, quando serão indicados quatro ministros do supremo, ou seja, haverá dez petistas e apenas um não petista. A partir daí, a constituição é deles.

OSCAR DINIZ

julho 21 2014 Responder

Em vez de tratar desses discursos superficiais,( o Estado é isso, aquilo) (boa parte aí) poderiam pegar um pouco do seu tempo e pesquisar, entender, e observar os efeitos das políticas públicas que vem sendo criadas nos últimos anos. Ditadura? Nunca se criou tantos canais para dialogo com a sociedade(vide os planos diretores e os planos nacionais e melhor, vide suas prefeituras e os orçamentos participativos e conselhos). E a transparência (mesmo com suas falhas)? Hoje temos acesso as contas públicas e podemos monitorar. E a regulação é independente (mesmo que ainda falha) Existem dificuldades e disfunções… Mas nunca se avançou tanto nesse país no que se trata o trabalho pelos cidadãos. Para não dizer que sou um ~petista que não mostra dados~ (não sou partidário) Vide o atlas do desenvolvimento humano. (fonte inicial) Elaborado pelas instituições (umas das) de pesquisa mais conceituadas do país. (tirando aqueles deslize sobre as mulheres. IPEA) Nunca se investiu tanto no povo. E não é só ações de recorte assistencialistas… Mesmo ainda falho, em minha pesquisas (meu trabalho) vejo muita “emancipação social” por esse Brasil. Só por via de curiosidade, vocês conhecem a Economia Solidária? Tem sim, muitas ideologias e viés socialistas… Mas não se prendem a esse ponto… Não é o que se vê na prática… Observem que lindeza que é o trabalho alternativo autogestionário que gera renda e trabalho de forma justa e igualitária…(não existe o patrão) Todos exercem sua voz de forma democrática. É como as cooperativas mas segue princípios mais solidários.

Yordanna Moreno

junho 21 2014 Responder

A ideologia do PT, é o “poder”, aliás, o único “projeto” do PT, é o “projeto de poder” e a sua “perpetuação”, não existe e jamais existirá um “projeto de governo”, não existe uma “ditadura comunista” no Brasil, existe uma “ditadura branca”, disfarçada de “democracia”, essa sim, implantada pelo PT, existe sim, uma “patrulha ideológica” e para provar o que digo, basta você “discordar” do governo, veja bem, eu disse “discordar”, não é preciso nem “‘criticar” e você é sumariamente “massacrado”, sendo adjetivado de “burgues”, “conservador”, “direitista”, “filhote da ditadura”, “fascista”, etc.

    juliana freitas

    outubro 29 2014 Responder

    concordo com Yolanda, sobre o projeto do PT…. eh o poder, simples e puro… nao importa o nome que se de, alias, o PT nao se importa em desmistificar isso em nenhum momento, para nao perder aliados de ambos os lados (os favoraveis e os contrarios ao comunismo)…
    li o texto, muito explicativo mesmo…. nao posso falar pelas outras pessoas, mas meu medo nao eh do comunismo. essas versoes utopicas sao lindas: controle pelo povo, divisao de bens, etc… sao praxis de uma sociedade elevada, que nenhuma no planeta terra ainda conseguiu atingir (pelo menos nao na forma de estado, talvez em alguns redutos, guetos)… meu medo atual eh do PT mesmo. meu marido eh servidor publico federal. desde os tempos de Fernando Henrique Cardoso eu te afirmo com todas as letras: nunca antes na historia deste pais se utilizou tanto a maquina publica para manutencao de um status politico-partidario… todas as acoes do PT colegas, sao meramente para manutencao do seu poder, veja qtos ministerios foram criados, vcs ja se perguntaram qtos DAS foram criados em 12 anos de PT? para entrar no governo tem que rezar a cartilha, nao importa a escolaridade e curriculo, apenas a carteirnha do PT…. eu repito, todas as acoes deste atual governo sao meramente eleitoreiras, de mera manutencao do seu curral eleitoral… tenho exemplos concretos no meu microcosmo (que serao devidamente encaminhadas ao ministerio publico). estou a procura de provas no macrocosmo para provar tudo isso… se vc quer mais exemplos, vai ai da area ambiental…. pq o instituto chico mendes (ICM-bio) foi criado la atras, vc lembra? foi uma forma pratica que o lula conseguiu para desestabilizar o poder de um orgao ambiental tao importante como o ibama para construir “uma represazinha, que estava impedindo uns bagrezinhos de nadar (aff)”…. hj o ibama cumpre um papel meramente burocratico, de emissao de autorizacoes, fruto do uso massivo dos cargos de DAS em seu favor…. Marina Silva, saiu do PT logo neste primeiro incidente, ela viu o tamanho da merda…. nao tenho medo do comunismo, mas tenho medo do autoritarismo de um partido so, legitimado por um povo ignorante (no sentido que ignora todas as falcatruas). vou parar por aqui, pq acredito que estamos do mesmo lado. assim como de todos os outros brasileiros que estao sendo arrastados nesta lama da corrupcao e briga pelo poder…. so quero viver com minha consciencia tranquila de que lutei contra isso. abracos

    Tati

    dezembro 6 2014 Responder

    Yordanna,
    Muito bem elucidado o seu ponto! Parabéns.
    Posso divulga o seu texto? Tomando o cuidado de mencionar você como fonte?

ODIAQUEVCVIU

maio 13 2014 Responder

os, Os , eles , Eles.
dizem que o capitalismo é ruim , cruel…. mas todo mundo quer morar e trabalhar lanos “EUA”
engraçado é que quem fala isso não abdica de seus bens materiais adquiridos pelo seu trabalho no tão difamado capitalismo.
enquanto os adolescentes e adultos considerarem bandidos heróis como; Hugo Chávez , Che Guevara , Fidel castro e Raul castro. estamos lascados
estamos perdendo nossa cultura e nossa própria coragem , vivemos oprimidos , pagando impostos sem ter os direitos dos impostos, bolsa família virou arroz e o feijão

    Bruno

    maio 30 2014 Responder

    Hey, quanta suposição pra sustentar um argumento falto, rsrs. Gozado que eu, admirador do Guevara, não tenho a mínima intenção de morar nos EUA. Abdicar mão do fruto do meu trabalho? Opa, claro. Já abdiquei de uma vida de conforto para isso, do meu apartamento, do meu carro e tudo mais. Percebe como você se prende em suas mentiras só para argumentar sua posição reacionária?

Toma

maio 9 2014 Responder

Engraçado, o cara que defende o capitalismo, mostra dados e índices para justificar o seu argumento, os da esquerda apenas falam, mas nada provam.

gilberto

março 31 2014 Responder

por enquanto o que tem de real sobre socialismo foram só os genocídios. continua sendo um conhecimento utópico. não funciona nem nunca funcionará porque não leva em consideração as características naturais da humanidade a individualidade do ser humano. a solução apresentada por Marx, para essa distorção foi a:(…) As classes e as raças fracas demais para conduzir as novas condições de vida, devem deixar de existir. (…) Elas devem perecer no holocausto revolucionário. (…) Nova Gazeta Renana, 1849. Documentário The Soviet Story, 2008. o massacre de inocentes.

gilberto

março 31 2014 Responder

já ouviu falar em ditadura cultural, a doutrinação de jovens no livro didático.
a censura – o marco civil na internet – igual a maduro.
a compra de votos com programas populistas igual o da venezuela e o da bolívia. o foro de São Paulo e as formulas de dominação da sociedade inocente.
a aprovação de leis sem consenso da sociedade.
você acha que ditadura tem que ter tanques nas ruas?
e a vontade tolhida do povo não conta. em cuba não tem tanques nas ruas mais é uma grande ditadura é ou não é.

    Robson Fernando de Souza

    março 31 2014 Responder

    1. Você fala que hoje temos uma “ditadura cultural” só porque o marxismo é abordado em livros e no ensino? Por que você não relembra a “educação moral e cívica” e a “OSPB” no ensino do regime militar, que promoviam doutrinação ideológica conservadora e nacionalista?
    2. Você ao menos leu o projeto de lei do marco civil?
    3. Pra você todo programa que beneficie minimamente os mais pobres, como programas de renda mínima, é “compra de votos”?
    4. FHC, Itamar Franco, Collor e Sarney não aprovavam leis sem o consenso da sociedade? E você acha que isso é uma falha de um governo supostamente de esquerda, em vez de uma falha do sistema político representativo-liberal que muitos da direita defendem?
    5. O que tem a ver Cuba com o debate que o blog promove?

      Valcácio

      maio 4 2014 Responder

      Não foi para mim, mas eu irei responder:

      1-Em qualquer das hipóteses é errado, valores morais e éticos devem ser da responsabilidade do indivíduo. Escolas devem promover a capacitação objetiva dos indivíduos para agirem na sociedade, qualquer ensinamento de cunho ideológico deve ser retirado.
      2-Eu li o Marco Civil da Internet, pra mim foi mais intromissão do Estado em coisas que não deve, se vai promover a censura? Não sei, mais o texto da lei é bem genérico pode inferir várias interpretações.
      3-Essa foi uma pegadinha, não? Só porque sou de Direita, isso não significa que eu não compreenda que se deva propor medidas sociais para melhorar o conforto dos mais pobres, mas tenho minhas ressalvas ao método que se deva empregar essa ajuda. Além do mais, há sim um medo incutido nas camadas mais pobres que qualquer partido que não seja o PT, tire o o beneficio do Bolsa-familia, o qual se pode caracterizar como uma compra de voto ideológica, negar isso ou é ignorância de fatos ou de uma desonestidade tamanha.
      4-Você entende que esses políticos não representa uma Direita verdadeira, né? na melhor das hipóteses são centristas. E sistema político representativo-liberal? No Brasil nunca teve algo assim, um dos piores defeitos do País é ser altamente centrista, patrimonialista, burocrático e intervencionista isso desde de antes da Ditadura Militar ( ela só piorou). Ser de Direita Liberal é defender um Estado pequeno eficiente não Intervencionista. E claro ser contra a promiscuidade do Estado com as grandes corporações.
      5-Com o que Blog promove não sei, mas com o artigo, por que não citar? Cuba é um claro exemplo de uma Ditadura que não usa a força ( a não ser no caso que você queira sair do país sem permissão). Os habitantes se acostumaram a viver nessa vida simbiótica ligado ao Estado. Além do mais existe um Inimigo comum para focar sua raiva e ódio de sua condição, que são os EUA. Este mesmo que várias vezes a Esquerda do país tentou culpar as mazelas do país.

Antonio

março 27 2014 Responder

Engraçado li esses comentários e vou aqui apenas fazer umas poucas comparações. O senhor Chaves na Venezuela pois debaixo de seu tacão a Suprema Corte. Aqui o STF já deu o ar da graça com sua maioria governamental. Na Venezuela, o Congresso é maioria e comprada do ditador bolivariano. Aqui o Congresso Nacional nem preciso comentar. Comprado de alto a baixo, da esquerda a direita. A grande luta deles é calar a imprensa, ainda não conseguiram. A internet já estão por conseguir o “marco” civil. Acorda Brasil. A população aqui já foi dividida ente ricos e pobres, brancos e negros. Pare e pense…Eu torcia pelo PT depois vi que a máscara caiu. Eles acreditam na própria mentira que contam.

João

março 15 2014 Responder

Então, aproveitando para complementar, é por isso que o pessoal se confunde com ditadura. Em relação a este tipo de governo, é um atraso para a evolução social e econômica para o povo, uma forma de governo comprovadamente fracassada.
Os países mais liberais estão entre os mais desenvolvidos ou entre os que mais rápido se desenvolvem. Seu professor esquerdista não deve ter te contado, é que todos os países com IDH considerado “muito alto” são, de uma forma ou de outra, capitalistas. Aposto que você não sabia que a Nova Zelândia estava completamente quebrada nos anos 80, mas que depois de uma reforma liberal radical, conseguiu se reerguer e chegar ao posto de 6º melhor IDH do mundo. Que os Estados Unidos, 3º melhor IDH do mundo, maior economia do mundo e país mais inovador do mundo em número de patentes, tem a liberdade de mercado e a propriedade privada como parte inseparável da sua história, da sua cultura, das suas instituições e da sua própria identidade nacional. Não deve saber que a carga tributária da Austrália (2º melhor país pra se viver do mundo) é de apenas 33,2% do PIB, que o Canadá foi considerado o 2º melhor país para se fazer negócios pelo Fórum Econômico Mundial, nem que Hong Kong e Singapura (13º e 18º melhores IDHs respectivamente) eram países miseráveis até bem pouco tempo atrás. Conseguiram chegar ao posto em que estão hoje em menos de 30 anos e são justamente, os dois países mais liberais do mundo. Nem todo país liberal é desenvolvido, mas com certeza todos eles estão no caminho. Um exemplo é o Panamá, o país da América Central que teve o 8º maior crescimento do PIB em 2012 e que está entre os que mais reduziram a pobreza nos últimos anos, ou o Peru, que apesar de ainda ser bastante pobre, também vem conseguindo reduzir drasticamente a pobreza e teve o maior crescimento do PIB da América do Sul em 2012.

João

março 15 2014 Responder

Ditadura comunista precisaria anos pra alcançar e hoje em dia ninguém é mais tão burro de aceitar chegar neste ponto sem uma guerra civil.
O Brasil está tendo é uma GESTÃO FASCISTA, ou seja, verba pública, lucro privado e migalhas para o povo. Para isto, se usa muito de atos ditatoriais, como permitir investimento no exterior sem debate e sem votação por parte do parlamento escolhido pelo povo ou então aparecimento de monopólio de empresa privada financiando a compra da concorrência com dinheiro público.
A situação pode se agravar em poucos anos.

jaspion

março 14 2014 Responder

Já estamos na fase socialista da revolução, mas ditadura em si ainda não. Pois o PT ainda não controla os meios de comunicação como Nicolás Maduro faz:

Socialismo é o crescimento Estatal:
[Links apagados. Entre outras infrações, não é permitida aqui a divulgação de textos fascistas, reacionários e antipopulares e/ou com falsa autoria já desmascarada, sem ser em caráter de denúncia. Se quiser postar conteúdo reaça conspiracionista e falacioso, use outro blog, não os comentários daqui. RFS]

    João

    março 15 2014 Responder

    De fato, quanto maior o Estado pior são as condições de vida da população, menor é a produção, maior é a corrupção. Isto é histórico e comprovado. O grande problema de quem defende esse tipo de governo é que “se eu não consigo ficar rico no livre mercado, quero que todo mundo se foda”. E é por isso que tem muito simpatizante do partido dos “trabalhadores” (claro que as vezes é por ignorância mesmo).

    ~epix

    janeiro 10 2014 Responder

    Eu racho desses defensores do “livre mercado”… sempre querendo inventar novas definições mirabolantes para o Capitalismo pra assim poder dizer que nunca houve o sonhado “Capitalismo pleno”… ueuhehueuh

Vinicius Cabral

janeiro 9 2014 Responder

O retardo mental (ódio causa isso) da “direitosca” não tem limites…

E é o que me dá extrema tristeza, pois falta um debate político-ideológico sério nesse país… tudo virou um imenso “fla X flu”… tá difícil…

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo