08

mar14

8 de março, dia de homens tentando deturpar o objetivo do Dia Internacional da Mulher

facepalm

Está (ou parece estar) crescendo, a cada ano, a consciência de que o Dia Internacional da Mulher é uma data feminista, na qual se reforça a disposição das mulheres a continuarem lutando contra o patriarcado e todo o flagelo machista-misógino trazido por ele, em vez de um dia de “homenagens” baseadas em florezinhas e cartões cor-de-rosa. É o dia de as mulheres mostrarem aos homens que não querem “homenagens” “fofinhas” e pseudocarinhosas, nem 24 horas de “respeito a mais”, mas sim que os machistas tomem semancol e as hierarquias e papéis de gênero sejam abolidos. E nisso, vale desmoralizar culturalmente o costume das “homenagens” melosas que desvirtuam o sentido da data de hoje e, infelizmente, ainda são muito comuns.

Convido então o leitorado a protestar em páginas do Facebook “dedicadas” a( deturpar )o dia de hoje, deixando claro o erro em que elas estão incidindo, como essas abaixo:

https://www.facebook.com/homenagemkaynak?fref=ts
https://www.facebook.com/pages/Dia-Internacional-da-Mulher/465800090188020?fref=ts (dos mesmos criadores da fanpage acima)
https://www.facebook.com/pages/Dia-Internacional-da-Mulher/435776656567517?fref=ts (ainda mais machista do que as duas anteriores)

Da mesma forma, caso algum supermercado ou padaria nos distribua panfletos ou jornaizinhos como esse abaixo…

Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

…sugiro que conversemos com quem nos vier distribuindo esse tipo de material.

E se vier algum contato seu compartilhando esse tipo de imagem…

…deixemos claro ao contato como isso reforça o que o Dia Internacional da Mulher justamente propõe combater: o realce de papéis de gênero e a imposição da múltipla jornada de trabalho às mulheres.

Deixemos claro por que o 8 de março foi escolhido como Dia da Mulher: para reforçar a demanda de que todos os dias do ano sejam dias de respeito às mulheres e de lutar contra o patriarcado que as humilha, escraviza, agride, estupra, tortura e mata. E não para ser mais um dia de exploração capitalista do afeto entre as pessoas, tampouco de “relembrar” às mulheres “qual o seu lugar”, como mostram as páginas do tumblr que flagraram falsas “homenagens” dos Dias Internacionais da Mulher de 2012 e 2013.

imagrs

Seja a primeira pessoa a comentar

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo