16

jul14

Ao contrário do que parece, dança dos alemães não é preconceituosa, tampouco imita macacos

so-gehen-die

Hoje de manhã o Consciencia.blog.br postou uma notícia, já apagada, denunciando que a dança alemã da vitória sobre os argentinos – chamados de gaúchos por eles – seria racista e xenofóbica, uma vez que pareciam imitar macacos. Mas leitores me esclareceram que a dança foi mal interpretada e, ao contrário do que as pessoas podem acreditar ao vê-la pela primeira vez, não é uma provocação racista, tampouco preconceituosa contra outras nações.

Há vários vídeos, no YouTube, da dança, chamada So gehen die (“Assim caminham os…”), como essas:

A dança encena que os derrotados, independente de nacionalidade, raça ou qualquer outro atributo, ficam tão cabisbaixos, ao perderem para a seleção alemã ou para um time alemão, que andam corcundas, e os alemães andam eretos e vigorosos por terem conquistado mais uma vitória. Não é uma imitação de macacos, ao contrário do que a Rede Brasil Atual (que também apagou a notícia errada) denunciou erroneamente.

Consciencia.blog.br, portanto, pede desculpas pela interpretação equivocada e pelo consequente mal entendido. Reitero que, caso algum futuro post incida em erro, comentem informando qual foi o erro.

imagrs

6 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Tiago

julho 17 2014 Responder

Parabéns. Reconhecer um erro é sinal de honestidade e maturidade. Atributos raros hoje em dia.

    Robson Fernando de Souza

    julho 17 2014 Responder

    Obrigado, Tiago =)

A.N.

julho 16 2014 Responder

Isso que dá ser um ditador da moral.

    Robson Fernando de Souza

    julho 17 2014 Responder

    Porque o certo seria consentir e tolerar que atos realmente racistas, xenófobos, heterossexistas, transfóbicos etc. passem e não questionar nada que assim pareça, é isso?

ROSI ELISA BERALDO BANDEIRA

julho 16 2014 Responder

Parabéns pela postura! No momento em que vi a cena, imaginei que estavam se referindo a perdedores, que ficam cabisbaixos. Não me passou pela cabela que estavam sendo xenófobos. Por isto estranhei as interpretações que surgiram.Mas pedir desculpas e postar isto com a mesma ênfase com que se cometeu o engano, é admirável.

    Robson Fernando de Souza

    julho 17 2014 Responder

    Obrigado, Rosi =)

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo