26

jul14

Rondônia Dinâmica: Dinheiro e diferença de tempo na televisão mostram a verdadeira cara da democracia
Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Trago abaixo o trecho inicial e o link do editorial de hoje do portal Rondônia Dinâmica, que desmascara o mito da “força do voto” nas eleições brasileiras.

 

Dinheiro e diferença de tempo na televisão mostram a verdadeira cara da democracia
Editorial de 26/07/2014 do portal Rondônia Dinâmica

Tratar iguais de forma igual e os desiguais de forma desigual. O conceito é bonito no discurso, mas no contexto político não chega nem perto de se tornar realidade

Porto Velho, RO – A cada dois anos o povo brasileiro é convidado – na verdade é obrigado mesmo – a se dirigir às urnas para escolher seus representantes na política. Quando começam as movimentações na época de eleição a população é bombardeada com propagandas institucionais na televisão falando sobre dever cívico e do quão importante a nossa democracia é.

Uma palavra de conceito muito frágil no Brasil porque, a partir da obrigação de votar, o cidadão começa a ver cerceado o seu direito de escolher o que realmente quer. Mas isso é só a ponta do iceberg.

A fragilidade do contexto democrático em terras tupiniquins se deve também a outro fator: candidatos com poder aquisitivo menor do que o dos detentores de poderio econômico que alguns casos até passam os seis dígitos na cifra declarada, já começam perdendo a disputa.

Enquanto uns imprimem “santinhos” a rodo e acabam com a cidade num mar de sujeira, outros, mais simples, têm de se virar para alugar um aparelho de som, emendá-lo numa bicicleta e pedalar, pedalar, pedalar e pedalar.

Leia aqui o artigo completo

imagrs

4 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Alex

julho 27 2014 Responder

Na verdade ninguém é obrigado a votar, o que é “obrigado” e o comparecimento – mesmo assim só se o eleitor estiver em seu domicílio eleitoral, uma vez que há opção de voto nulo e branco, uma pessoa não precisa necessariamente votar em algum candidato.

E coloquei o obrigado entre aspas porque a multa pra quem não comparece é de apenas R$ 3,50 – isso não prejudica ninguém.

    Robson Fernando de Souza

    julho 28 2014 Responder

    Esses R$3,50 são pagos onde mesmo, vc sabe, Alex?

      Alex

      julho 28 2014 Responder

      Em um cartório eleitoral, é uma multa, vc chega lá e diz que não voltou (se tiver aalguma justificativa boa nem paga a multa) aí eles geram um boleto e pronto, é só pagar vc está em dias com seu título eleitor e não tem nenhuma outra sanção.

        Robson Fernando de Souza

        julho 28 2014 Responder

        Massa, valeu, Alex =)

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo