29

ago14

Não confunda o Eduardo Jorge presidenciável com o Eduardo Jorge do governo FHC

eduardo-jorge

Editado em 05/10/2014 às 18h46. Comentaristas me trouxeram links que mostram que o Eduardo Jorge do PSDB foi absolvido e ganhou processos por danos morais contra seus acusadores.

Obs.: Este post não é uma declaração de voto em Eduardo Jorge do PV. Meu voto, pelo menos por enquanto, é em Luciana Genro no primeiro turno e nulo no segundo.

Tem havido uma confusão envolvendo o nome do candidato a presidente Eduardo Jorge. Muita gente tem acreditado que ele é o mesmo que, na década de 2000, teve seu nome envolvido em alguns escândalos, tanto como acusado quanto como alegada vítima – e acabou inocentado. Este post visa esclarecer essa confusão: são dois Eduardos Jorges bem diferentes.

O nome completo do candidato do PV é Eduardo Jorge Martins Alves Sobrinho. Ele integra a categoria dos candidatos que apresentam as propostas realmente progressistas de esquerda, destoando de Dilma Rousseff, Marina Silva, Aécio Neves e dos “nanicos” conservadores (Eymael, Levy Fidelix e Pastor Everaldo). Nessa categoria de progressistas, estão Eduardo Jorge, Luciana Genro (PSOL), Mauro Iasi (PCB), Zé Maria (PSTU) e Rui Costa Pimenta (PCO).

Já o outro, com quem ele tem sido confundido, se chama Eduardo Jorge Caldas Pereira. Ele é atualmente vice-presidente executivo do PSDB, e foi ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, durante o primeiro mandato presidencial de FHC, entre 1995 e 1998.

Caldas Pereira teve seu nome mencionado por acusadores em escândalos entre a década de 2000 e o ano de 2010, tanto sendo apontado como suposto participante de esquema de corrupção (ver essa matéria do Istoé e esse post de Luís Nassif) quanto como vítima de violação de sigilo. Da acusação, foi absolvido e ganhou processos contra os veículos de comunicação que o haviam acusado. Mas ainda acontece de muitas pessoas acreditarem que ele seria um corrupto, o que os ganhos dele na Justiça provaram que é uma acusação errada.

Ambos costumam ser chamados de “Eduardo Jorge” pela mídia, sem que seus sobrenomes sejam devidamente revelados. E isso tem causado confusão, com muitas pessoas pensando que o candidato do PV “era” o dirigente do PSDB.

Tenha cuidado, então, ao associar o nome “Eduardo Jorge” a escândalos do passado e acabar, por confusão, colocando no meio o Eduardo Jorge candidato do PV. Também é preciso ter cuidado ao acreditar que o EJ do PSDB seria um corrupto.

imagrs

7 comentário(s). Venha deixar o seu também.

matheus batista

outubro 5 2014 Responder

Comentário grosseiro e desnecessariamente mal educado apagado. Bastava ter vindo mostrar os links e esclarecer que o EJ do PSDB foi inocentado e ganhou na Justiça contra seus acusadores. Mas você passou dos limites da cordialidade. RFS

http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI56662,31047-Danos+morais+Eduardo+Jorge+Caldas+Pereira+ganha+no+STJ+acao+por+danos

http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2012/11/12/jose-dirceu-e-condenado-a-dez-anos-e-10-meses-e-cumprira-pena-na-prisao.htm

Eduardo

outubro 4 2014 Responder

Muito bom o esclarecimento, só que incompleto, porque deixou no ar uma possibilidade de Eduardo Jorge Caldas Pereira ser um corrupto. Uma coisa é ser corrupto e condenado, outra é ser acusado por adversário e ser inocentado. O Eduardo Jorge Pereira está na segunda opção.

    Robson Fernando de Souza

    outubro 5 2014 Responder

    Obrigado pelo esclarecimento, Eduardo. Um comentarista malcriado trouxe um link que eu pude usar no texto, de modo que eu pude editar o post. Abs

Miriam Sales

setembro 3 2014 Responder

Poisé,até eu ,antenada em política estava me cão – fundindo.Acho q/ o presidenciável deveria esclarecer melhor este fato.Estou escxrevendo um artigo sobre os presidenciáveis e,em nome da verdade,fui pesquisar sobre esses dois Jorges,tão diferentes,tanto física como moralmente.
Agradeço a vc este esclarecimento.Vou virar seguidora.

Ronaldo

agosto 31 2014 Responder

O difícil em qualquer eleição é saber o verdadeiro e ATUAL caráter de determinado candidato. As pessoas mudam. Só acredito nesta pessoa quando ela faz a mea culpa pública, claramente com bons argumentos e pratica atualmente tal mudança. Isto é coisa rara de se ver!

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo