28

out14

3 vídeos do próprio programa eleitoral de Dilma que reforçam a necessidade da retomada da oposição à esquerda

dilma-belo-monte

A oposição de esquerda a Dilma Rousseff recomeçou, até para, na pressão, puxar seu segundo mandato para a esquerda. E alguns vídeos da própria campanha eleitoral dela mostram por que essa retomada foi imediata.

Vários episódios do guia eleitoral da presidenta reeleita mostram-na se gabando de determinadas realizações fortemente opressoras e conservadoras e trazendo propostas idem. Como exemplo, a usina de Belo Monte, o engrossamento militarista da segurança pública, a repressão aos protestos de rua na Copa do Mundo e o apoio irrestrito ao agronegócio.

Depois de um segundo turno nervoso e emocionante, ela e o PT devem ter aprendido que, sem o apoio crítico da esquerda, seu exercício político não teria futuro e a candidatura dela seria derrotada por Aécio Neves. As políticas ideologicamente centro-direitistas promovidas por seu governo provocaram a ruína parcial do PT, a níveis estaduais, e deixaram a própria presidenta por um fio, a poucos milhões de votos de uma derrota para a direita assumida no segundo turno.

E agora parece só lhe restar o caminho da guinada à esquerda, sob pena de trazer mais derrotas, inclusive presidenciais, para o PT nos próximos anos eleitorais. A insistência na centro-direita pode, depois desses hipotéticos futuros reveses, deixar o partido desmoralizado até mesmo para ser oposição a um eventual futuro governo convictamente de direita.

Assista aos vídeos abaixo e perceba por que é clara a necessidade de assumir a postura de pressionar para puxar o segundo governo Dilma para a esquerda e fazê-lo abandonar propostas opressoras.

1. Dilma mostrou como algo “bom” Belo Monte e outras megaobras de impacto ambiental superpesado na Amazônia, e apoiou a produção de petróleo:

2. Dilma apoiou irrestritamente o agronegócio e achou bom o Brasil ser campeão em produção de carnes bovina e de frango:

3. Dilma deu suporte à repressão de manifestações de rua, defendeu o endurecimento da militarização da segurança pública e apoiou a continuidade da “guerra às drogas”:

imagrs

5 comentário(s). Venha deixar o seu também.

tiago

outubro 29 2014 Responder

Dilma foi eleita com este programa e é este programa que ela deverá cumprir. Ficar dizendo uma coisa para ganhar a eleição e depois mudar para agradar a grupos politicos é algo no mínimo deplorável e me espanta ver alguem que se diz de esquerda defender isto.

    MandouBemTiago

    outubro 29 2014 Responder

    Mandou Bem Tiago

jose ribeiro

outubro 29 2014 Responder

ser pensante que postou como QueAbsurdo!!!

cara na boa eu posso não concordar com o dono do blog(e não concordo em muita coisa), mas, antes de tecer uma crítica procuro ao menos ler o que ele posta e a crítica no caso dos agro é pela concentração de renda(olhe outras postagens no blog) nas mãos de poucos produtores que obtem lucros astronômicos e mandam sozinhos no mercado agro enquanto poderíamos ter diversas pequenas propriedades produzindo, concorrendo entre si, reduzindo o preço e fazendo com que várias famílias tenham pelo menos o suficiente pra viver.

PS: pra que vc não fale que concordo com o dono do blog ele é antimilitarista e eu já sou a favor de fortalecer o exército e os meios repressores(polícia, força nacional)

    RespostaAJose

    outubro 29 2014 Responder

    José,

    E vc acha que é isso que o blog é a favor? De pequenos agricultores concorrendo entre si?
    Ele já declarou varias vezes que as empresas “exploram a mão de obra”, é de esquerda e faz parte do anti-empreendedorismo endemico do país.

    E mesmo que ele fosse a favor disso, qual é a sugestao dele para que isso seja alcançado? Com mais governo de esquerda? Aquele mesmo que é a favor da reforma agrária? Aquele mesmo que é socialista?

QueAbsurdo!!

outubro 29 2014 Responder

Nossa que absurdo!!! Dilma quer que o agronegócio expanda para que tenhamos mais comida no mercado!!!
Um absurdo mesmo! Fim aos agropecuarios produtores de comida burgueses!!!
PS: Vou ali no mercado comprar umas verdurinhas e já volto!

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo