08

mar15

Vídeos registram reações raivosas a discurso de Dilma em bairros de classe média

reacao-raivosa-discurso-dilma

Atualizado em 09/03/15 às 09h10

O discurso dado em rede nacional pela presidenta Dilma Rousseff hoje de noite deixou uma parcela da população brasileira especialmente furiosa, ou melhor, lhe reforçou a fúria e ódio já vigente. Diversos vídeos no YouTube mostram gritos, urros, buzinas, vaias, brados de “Fora Dilma” e “Fora PT”, xingamentos (muitos deles misóginos e lesbofóbicos) e luzes piscando em bairros de classe média de algumas cidades brasileiras, principalmente em São Paulo.

Os vídeos podem ser vistos abaixo e ao se procurar por reação discurso dilma 08 03 2015:


São Paulo


Cidade não informada


São Paulo


São Paulo


São Paulo


Belo Horizonte


Cidade não informada


Belo Horizonte


São Paulo


Goiânia


Brasília


Curitiba


Cidade não informada

Mas ainda assim não é razoável concluir, com esses vídeos, que seja “a maioria” da população brasileira que esteja hoje revoltada contra o Governo Dilma. Eles foram filmados em bairros de classe média de capitais brasileiras, onde se acredita que há a maior concentração de ódio antipetista no país e Aécio Neves ganhou muitos milhões de seus votos no ano passado.

E vale dizer, assim, que a mídia, que tem dito que são “os brasileiros” e “a população” que protestaram nos prédios, está induzindo sua audiência ao erro. Não é possível dizer que as pessoas de classes média e média-alta que fizeram o estardalhaço representam a população do país em geral. Não foram registrados, até o momento, barulhaços do tipo em bairros mais pobres dessas cidades onde parte das classes média a alta urrou contra Dilma.

Algo que tem sido maximamente ressaltado, entre pessoas mais ponderadas, é que houve inúmeros rompantes de machismo misógino e lesbofóbico contra a presidenta nessa gritaria. Foram ouvidos xingamentos como “vadia”, “puta”, “sapatão”, “vaca”, “piranha” etc., o que acaba por anular qualquer legitimidade da insatisfação político-econômica que tenha havido nos protestos e converter essa insatisfação em puro ódio irracional.

Convém dizer que muita gente dirigiu xingamentos misóginos a Dilma poucas horas depois de terem dado “parabéns” a mulheres de seu círculo social pelo Dia Internacional da Mulher, tratando-as falsamente “bem” e ignorando que a data é um dia de reafirmação feminista, e não de flores, reafirmações de papéis de gênero estritos e opressores e homenagens que escondem machismo por trás dos “elogios”.

No entanto, eu posso dizer, depois de ter assistido ao discurso dela, que a fala dela realmente foi de deixar muita gente ainda mais revoltada – não justificando, que fique claro, os xingamentos machistas-misóginos e lesbofóbicos. A pouca habilidade de oratória dela somava-se às desculpas esfarrapadas sobre a crise que o Brasil está começando a viver, com inflação e desemprego ameaçando estourar, juros altos, política econômica fortemente antipopular que revive as angústias da época de Fernando Henrique Cardoso; à promessa de que tais medidas de aperto financeiro são “temporárias”; ao pedido explícito da presidenta por compreensão e paciência; à carência de menção ao assunto da eterna crise ética da política no Congresso Nacional e da inépcia e passividade de Dilma e PT perante essa crise; entre outros aspectos do pronunciamento que, de fato, deixaram muita gente irada e com mais intolerância ainda às múltiplas manifestações de descaso por parte da presidenta.

A situação atual não justifica que haja ódio especificamente a Dilma e ao PT, já que pessoas de outros partidos também estão participando negativamente do inepto governo atual e a Operação Lava Jato incriminou pessoas de vários outros partidos além do PT. Mas a postura de Dilma não está ajudando em nada a aplacar essa revolta. A tendência, pelo que se assistiu hoje, é que a raiva da classe média antipetista só aumente. E que, se a hipótese de impeachment for confirmadamente descartada, comece-se a pedir pela renúncia da presidenta, inclusive com muita gente acreditando que Michel Temer será um presidente melhor do que sua “pretendente” a antecessora.

Ou seja, se depender de como Dilma está se portando atualmente, a tendência é que vídeos do mesmo estilo que os divulados por este post apareçam ainda mais nos próximos discursos que Dilma for dar em rede nacional.

imagrs

2 comentário(s). Venha deixar o seu também.

haroldo

março 9 2015 Responder

Robson, eu sei que isso é off topic, voce poderia por favor comentar sobre a invasão da assembleia legislativa do parana?
https://www.youtube.com/watch?v=Y7Z_MPDx-Z0

blabla

março 9 2015 Responder

Incrível seu odeio contra a classe média como se ela não tivesse direito de protesta.
vc só mais um defensor dessa ditadura maxista que controla esse pais.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo