16

jul15

Dossiê de artigos e reportagens alerta sobre a necessidade da desmilitarização da Polícia Militar

pm-pintura

Texto introdutório (com pequena correção) e lista de links extraídos do site da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos e do tumblr de michel-amary

Desmilitarizar a Polícia Militar tem sido um tema cada vez mais recorrente no Brasil. Uma bandeira empunhada por uma série de organizações em defesa dos direitos humanos e de uma sociedade mais justa.

Uma de nossas contribuições para este debate crucial é a compilação de links trazidos deste tumblr.

**

Chacina de Acari (1990); de Matupá (1991); Massacre do Carandiru (1992); Candelária e Vigário Geral (1993); Alto da Bondade (1994); Corumbiara e Nova Brasília (1995); Eldorado dos Carajás (1996); Morro do Turano, São Gonçalo e da Favela Naval (1997); Alhandra e Maracanã (1998); Cavalaria e Vila Prudente (1999); Jacareí (2000); Caraguatatuba (2001); Castelinho, Jd. Presidente Dutra e Urso Branco (2002); Amarelinho, Via Show e Borel (2003); Unaí, Caju, Praça da Sé e Felisburgo (2004); Baixada Fluminense (2005); Crimes de Maio (2006); Complexo do Alemão (2007); Morro da Providência (2008); Canabrava (2009); Vitória da Conquista e os Crimes de Abril na Baixada Santista (2010); Praia Grande (2011); Massacre do Pinheirinho, de Saramandaia, da Aldeia Teles Pires, os Crimes de junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro (2012), Chacina do Jardim Rosana, Repressão à Revolta da Catraca, Vila Funerária, Chacina da Maré, Itacaré, Itapevi (2013)…..

“A tradição dos oprimidos no ensina que o estado de exceção em que vivemos, é na verdade regra geral”. A ‘democracia’ também tem os seus subterrâneos por onde os fósseis da ditadura se calcificam como uma estrutura que se manifesta na superfície com repressão, tortura, execuções e violações de direitos humanos. Essa estrutura é o suporte para casos isolados e falhas morais; é a viga que ensina ver o cidadão como inimigo; é a sustentação pela qual edificamos a nossa sociedade militarizada. Enquanto não derrubarmos essas colunas que persistem impunes ao tempo, não podemos dizer que passamos por uma transição democrática. Quando nos perguntam o que nos resta de ditadura, talvez fosse melhor pensarmos o que nos sobra de democracia.

Ferrez: Quem não pode falar, escreve

Mães de Maio: Desmilitarizar a polícia, um bom começo

Praças da PM querem o fim da militarização

Entrevista com Luiz Eduardo Soares

Luiz Eduardo Soares: O Brasil tem que acabar com as PMs

Luiz Eduardo Soares: Desmilitarização e outro modelo policial

Paul Chevigny: No fio da navalha

Vladimir Safatle: Pela extinção da PM

Ruy Braga: Treinamento bélico, violência sistemática

Marcelo Freixo: É preciso desmilitarizar a política, sim

Luis Antonio Francisco de Souza: Militarizar a segurança

Daniel Hirata: A produção das sociedades securitárias: polícia e política

Maria Helena Moreira Alves: UPPs são estado de exceção que ameaçam a democracia

Delegado Orlando Zaccone: A UPP é o ápice da militarização da segurança pública

Tenente Adilso Paes de Souza: A democracia requer um novo modelo de polícia

BBC: militarismo da polícia vêm do século XIX

Le Monde: Outra polícia

Le Monde: os limites do modelo policial brasileiro contemporâneo

Paulo Teixeira: Fim da pena de morte

ADUSP: Polícia Militar mata à larga

Uma população esquecida: a primavera sangrenta em SP

Só o PCC ameaça São Paulo?

“Quem não reage tá morto” (link adicionado pelo Consciencia.blog.br em substituição a link quebrado)

Na verdade eu me sentia com superpoderes

Matar alguém se tornou um vício

Vingador oficial da Ditadura, Sérgio Fleury começou a onda de mortes em SP

Resistência seguida de morte é disfarce para execuções

Maria Rita Kehl: O veredicto de Geraldo Alckmin

Chumbo fino

Luis Caversan: Polícia preparada sim, e cruel

BBC: Nenhum PM foi punido em protestos desde junho

Conselho da ONU sugere fim da Polícia Militar

BBC: Como desmilitarizar a polícia no Brasil

Marcelo Freixo: Desmilitarização, há que ter vontade política do Estado

imagrs

1 comentário(s). Venha deixar o seu também.

jones

julho 17 2015 Responder

Sabe quando a policia será desmilitarizada? Nunca.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo