01

ago15

Pérolas de direita #31

10-perolas-de-direita

Aviso de conteúdo traumático: Algumas pérolas contêm machismo, ódio aos pobres e xenofobia contra ciganos

O Consciencia.blog.br traz mais uma coletânea de 10 pérolas de direita, incluindo comentários e imagens de pessoas ou páginas assumidamente de direita (conservadores/reacionários, neoliberais, teocratas cristãos, “libertários”, “anarco”capitalistas, nacionalistas, “patriotas” coxinhas etc., com prioridade para conservadores/reacionários e coxinhas).

Nas Pérolas de direita você encontra o que há de mais anti-inteligente, odiento, preconceituoso, opressor, autoritário, falacioso, irracional e fanático na direita brasileira.

** **

00301-sensocomum

Senso comum e preconceito? Vou provar que você tá errado, seu esquerdista. Sabe como? Mostrando o que há de mais senso comum e preconceito em meu “conhecimento”. E também uma pitada de desconhecimento sobre as responsabilidades do governo federal sobre o ensino básico e um pouco de anticomunismo inspirado na Guerra Fria.

** **

00302-paidafilhadedilma

Tamo conseguindo mudar o Brasil, galera! Só mais três imagens chamando mulheres aliadas de Dilma de “feias”, cinco memes xingando Lula de ladrão, diabo e alcoólatra e quatro xingamentos misóginos e lesbofóbicos contra a presidenta e o país vai abolir pra sempre a corrupção!

** **

00303-milhomicidios

Não acredito que vocês não sabiam que a solução pra violência parar de matar dezenas de milhares de brasileiros por ano é revogar os direitos humanos à vida e à integridade física.

** **

00304-oproblemadobrasil

O problema do Brasil é você, que faz aquilo que eu detesto – enquanto eu, do alto do meu moralismo, hipocrisia e gosto por retrocessos sociais, não sou nenhum problema.

Se você gosta de falar de futebol e ouvir “música imoral” (o que obviamente não inclui meu querido rock de letras misóginas), adora feriados, não gosta de levantar cedo e é beneficiária(o) de Bolsa Família, é óbvio que você é um problema pro país. Ailás, você é um problema muito maior pro Brasil do que aquelas pessoas que sonegam impostos, julgam o próximo com moralismos hipócritas, subornam policiais, deliciam-se com Ciência Sem Fronteiras ou bolsa de doutorado enquanto descem a lenha no BF, proferem discurso de ódio na internet e reagem em fúria contra políticas públicas de desenvolvimento social e redistribuição de renda.

** **

00305-hajacoracao

Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

A manola deu um argumento que eu odiei! Vou lá imediatamente responder e provar que ela tá errada, com uma bela falácia de apelo à pedra.

** **

00306-crimedeodioaocrime

Do jeito que a coisa vai, vou precisar caprichar ainda mais do que já capricho hoje nas falácias do espantalho e nas bolas de neve.

** **

Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Malditos “arruaceiros” que “queriam impedir o fluxo de passageiros que tentavam chegar em casa”! Cadê a PM, pra promover um abusozinho de autoridade e cassar o direito político desses “baderneiros” do MPL de se manifestarem nas ruas?

** **

00308-concordandocomfrases

Por que o governo não faz o que eu tô mandando, que é esterilizar mulheres pobres da periferia, promover extermínios como “solução pro crime”, ser conivente com a homofobia e cometer xenofobia racista contra ciganos?

** **

00309-naosoucientistapolitico

Notei uma “coisa curiosa”. Ela se chama falácia de correlação coincidente.

** **

00310-solucaodadireita

“Soluções” da direita pra criminalidade: abusar das falácias do espantalho contra a esquerda e propor soluções simples e rápidas pra problemas complexos com séculos de história.

imagrs

5 comentário(s). Venha deixar o seu também.

Tarantino

agosto 7 2015 Responder

Realmente a inversão de valores grassa nesse país…

Proponho algumas questões aos “progressistas “:

Quais seriam as melhores soluções para a criminalidade? Esqueçam-se daquela choradeira típica “Ah, mas eu não tive chance na vida…”; a grande maioria dos criminosos eyntra pro mundo do crime conscientemente, encaram como um negócio dos mais lucrativos (e realmente é ). Assim não fosse, não existiria o crime organizado. A ocasião nem sempre faz o ladrão, hoje em dia eles criam a ocasião. Pessoas assim não devem viver em sociedade.

Todos temos o direito de manifestação, desde que não impeçamos o direito alheio de ir e vir (garantido pela Constituição ). Não existe vida em sociedade sem o respeito às leis. Isto não tem nada a ver com esquerda ou direita, é algo natural do ser humano.

Os “direitos humanos ” sempre faz escarcéu quando existe maus tratos aos criminosos; correto, mas somente terão credibilidade quando tiverem a mesma disposição para protestar pelas vítimas de violência quanto têm prlis bandidos. Alguém conhece alguma vítima de crime que tenha sido citada pelos “direitos humanos “? Existe a velha máxima do direito que diz que “a verdadeira justiça é tratar os desiguais de maneira desigual “. É bom pensar sobre isso.

O problema do Brasil somos nós? Obviamente, “país “é um termo abstrato…quem o faz são as pessoas. A injustiça é generalizar e empurrar toda a culpa das nossas mazelas para todos igualmente, sabemos que isso não é verdade. Mas é vantajoso para quem é pilantra.

Sim, o atual governo faz distribuição de renda…entre eles mesmos. Só não vê quem não quer, ou tem interesses particulares que seja assim.

haroldo

agosto 3 2015 Responder

Robson, aquele comentario sobre o MPL foi extraído do forum Skyscrapercity, Foruns Brasileiros, não é? Eu percebi que 90% do forum é coxinha

    Robson Fernando de Souza

    agosto 3 2015 Responder

    Dali mesmo, Haroldo. Ali é bem populoso de coxinhas.

      haroldo

      agosto 5 2015 Responder

      Robson, eu peço por gentileza que você traga mais perolas de lá, nunca vi ambiente tão coxinha como aquele, até parei de postar lá

        Robson Fernando de Souza

        agosto 6 2015 Responder

        hehehe Boa ideia, Haroldo =) Algum dia desse eu posso catar pérolas de lá. Pena, no entanto, que hoje já tenha pérolas na fila pra até janeiro do ano que vem.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo