13

jan16

O reacionário contraditório #2

reaca-2

Gostou da imagem? Baixe-a e compartilhe-a nas redes sociais, ou compartilhe diretamente este post.

imagrs

2 comentário(s). Venha deixar o seu também.

José Filho

janeiro 14 2016 Responder

existem duas grandes correntes da direita: liberalismo(estado mínimo, não regulação no mercado, máximo de serviços privados possíveis, liberdade e propriedade como direitos absolutos) e o conservadorismo(estado submisso a tradicionalismo, muitas vezes religioso, privilégio de determinada convicção filosófica ou religiosa em detrimento de outras, moralismo rígido); inclusive tenho conhecido das duas correntes e não se concordam muito.

    Newton

    janeiro 15 2016 Responder

    José Filho, o seu conceito de conservadorismo está equivocado.

    Embora conservadorismo, na cabeça das pessoas, lembre mofo e bolor, a verdade é que o conservadorismo está voltando a ser levado a sério por aqui. E quais são as principais teses defendidas pelos conservadores?

    A principal delas afirma que é muita pretensão a nossa de querer virar o mundo do avesso, ignorando toda a experiência, os ajustes e o processo de tentativas e erros obtidos em milênios de civilização. Tal abandono do passado pode ser útil no que tange às ciências exatas, mas revela-se quase sempre desastroso quando aplicado às ciências humanas. Na História humana, os grandes avanços sempre se deram pela evolução, nunca pela revolução. As grandes revoluções, como a francesa ou a russa, sempre foram muito eficientes na derrubada das instituições que já existiam, mas nunca souberam como pôr outras melhores em seu lugar.

    Outra tese, dentre as principais, se resume numa frase proclamada por sir Isaac Newton (1643-1727): àqueles que lhe indagavam como conseguira formular a Teoria da Física Mecânica, respondia que nada fizera de mais, apenas “se debruçara sobre os ombros de gigantes”. Queria o cientista inglês dizer que nada daquilo seria possível se não tivesse contado com o conhecimento acumulado por todos os que o precederam. Os conservadores também pensam dessa forma. A realidade tal qual a conhecemos é o produto de milênios de tentativas, erros e acertos. Sendo assim, é muito pouco provável que nós, modernos, venhamos a fazer alguma grande descoberta em termos de moral ou de política.

Sua opinião é bem vinda, desde que respeitosa. Fique à vontade para comentar abaixo