Arquivo Direitos Animais/Veganismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
26

abr 2013

camundongo

A ação direta do grupo ativista Fermare Green Hill (em português, Parem Green Hill) passa uma mensagem à comunidade científica do mundo inteiro: o escravismo científico que vitima animais não humanos e condena à dependência os humanos não será tolerado pelos abolicionistas. E essa mensagem precisará ser levada a sério, porque a ideologia do especismo e dos interesses econômicos farmacêuticos não vai para sempre governar as ciências biológicas experimentais e manter mesmo os mais compassivos e empáticos humanos reféns do consumo de medicamentos e terapias de origem cruel.

Recentemente ativistas abolicionistas do grupo mencionado fizeram em Milão, na Itália, uma operação de resgate e sabotagem de um experimento que havia condenado de nascença centenas de camundongos e coelhos a problemas graves, como autismo, esquizofrenia e imunodeficiência. A operação contou com o resgate de cerca de cem animais e o embaralhamento dos números das gaiolas onde eles eram mantidos perpetuamente presos, além de alguns terem se acorrentado a portões e centenas de pessoas estarem protestando do lado de fora do centro de pesquisas.

Leia o artigo completo no Veganagente

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
02

maio 2012

Atualizado em 03/05/12

A imagem abaixo, de um meme pouco conhecido entre os brasileiros (a Disaster Girl), vem circulando no Facebook – eu a achei hoje de tarde em meu mural:

A imagem deixa a entender que a ameaça e o terrorismo – no sentido de atacar a casa ou outras propriedades de alguém, e não de, por exemplo, quebrar os equipamentos de um matadouro ou de um biotério – seriam formas válidas de se defender os animais. Incentiva o confronto violento entre os defensores dos Direitos Animais e os especistas, como se estes precisassem não ser educados, conscientizados e libertados do estado de ignorância, mas sim agredidos e submetidos à destruição de sua propriedade sem que isso tenha qualquer efeito positivo em sua consciência moral.

A princípio peço que algum/a leitor/a me traga exemplos de pessoas que, depois de terem suas casas ou carros destruídos, tomaram para si a consciência ética de que os animais, incluídos os humanos e não humanos, são todos dignos de respeito e direitos. Alguém que aprendeu que maltratar animais é errado apenas ou principalmente porque sua casa foi incendiada ou seu carro foi inutilizado. Que foi educado para uma nova ética por via do medo e da violência. Se me mostrarem uma quantidade numericamente grande, poderei talvez repensar sobre este post.

Mas de antemão defendo que esse tipo de imagem tem consequências nada positivas para o movimento defensor dos Direitos Animais. Falo isso por causa dos aspectos abaixo: (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui