Artigo
17

set 2015

Pérola de direita que usa o malfadado "argumento do iPhone" contra alguém que (supostamente) critica o capitalismo

Pérola de direita que usa o malfadado “argumento do iPhone” contra alguém que (supostamente) critica o capitalismo

Há anos é usado o argumento de que pessoas de esquerda que possuem objetos típicos de pessoas de classes socioeconômicas privilegiadas, como o celular iPhone, são “hipócritas” e “não têm moral” para criticar o capitalismo. Essa tentativa de desqualificar a argumentação da esquerda, conhecida como “argumento do iPhone”, nada mais é do que uma descarada falácia. Em outros termos, um argumento que já nasce inválido e falha em defender que a direita capitalista “tem razão”. (mais…)

46 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
10

jun 2012

Defender-se de uma acusação criminal usando ad hominem preconceituoso é uma moda que Claudionor dos Santos, um vereador de Mossoró/RN, está tentando lançar. Nessa última semana, Claudionor, ao ter a oportunidade de se defender na tribuna da Câmara Municipal de Mossoró, ele convocou uma oração Pai Nosso e atirou a seguinte “acusação”, segundo mostra o Blog do Dinarte:

“Estamos sendo agredidos por pessoas que não acreditam em Deus e se escondem atrás de instituições. Tenho certeza de que não vão encontrar nada”, disparou [Claudionor]. Apelando para o emocional, o líder do governo afirmou que foi preso na frente de filhos e netos numa situação humilhante. “Podem continuar a perseguição a Claudionor”, desafiou.

O vereador se destacou, como vemos no Blog do Dinarte, pelo uso consecutivo de falácias: ad hominem, apelo à misericórdia e apelo à antiguidade, o que, ao invés de ajudá-lo a se inocentar, definitivamente o torna alguém realmente suspeito por não saber desmentir os fatos que imputaram contra ele.

Mesmo se ele acabar inocentado das acusações, ele ganha a acusação de preconceito contra ateus.

Contra alguém como esse vereador, protesto nenhum vai adiantar. Mas vale trazer a denúncia de ateofobia aqui para mostrar que pode começar a se propagar a mania de usar o ateísmo para tentar “queimar o filme” de pessoas e instituições. Ou seja, mais uma forma de se disseminar preconceito contra ateus.

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
01

nov 2011

Em homenagem ao dia de hoje, Dia Mundial do Veganismo, inaugurei o Consciencia.VLOG.br no YouTube (link atualizado em 02/11/11 às 23h06) falando de um problema que não dá mais para ignorar fingindo que não existe: o alfacismo.

O vídeo abaixo é a minha primeira “vlogada”, e nele falo um pouco sobre o alfacismo, sua provável origem e o método de “argumentação” dos alfacistas. E passo um recado para quem acredita piamente que está enfraquecendo o movimento vegano-abolicionista ao invés de fortalecendo-o:

Espero que as leitoras e leitores do Consciencia.blog.br também tendam a gostar dos vídeos do nascente Consciencia.VLOG.br. A qualidade do meu discurso, incluindo dicção e expressão corporal, vai melhorar com o tempo, ao longo da minha experiência como vlogger.

3 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
26

set 2011

Obs.: Este texto considera alfacismo e antiveganismo a mesma coisa, por ambos terem, quase que como regra, as mesmas características argumentativas. E não encorajo, de forma alguma, que se visite blogs alfacistas nem se tente argumentar com seus autores.

 

Vim lendo e analisando, nos últimos meses, artigos de onívoros intransigentes, em que tentam ora justificar a continuidade do seu consumo de carne e outros alimentos de origem animal, ora refutar a lógica ética e biológico-nutricional do veg(etari)anismo e dos Direitos Animais.

Porém, mesmo arriscando eu emitir uma conclusão enviesada por ser vegano, posso dizer que tais leituras não são capazes de recuar ou flexibilizar em nem um milímetro o veganismo dos defensores convictos dos Direitos Animais, mesmo de quem evita pensar, em relação à sustentabilidade biológica e ambiental do veganismo, que “dessa ideia ninguém me convence do contrário”. Porque todos os artigos analisados possuem graves defeitos textual-argumentativos, que lhes tiram qualquer seriedade e os rebaixam a meros desabafos reacionários de quem não tolera o ascendente movimento de defesa dos Direitos Animais. (mais…)

57 Comentários

-

Leia mais aqui