Arquivo Direitos Animais/Veganismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
23

maio 2012

Depois de ter feito, no ano passado, uma reportagem implicitamente elogiosa ao aumento da profundidade do alcance da pesca, a Folha.com novamente faz uma antiética apologia à atividade.

A reportagem intitulada Atum gigante de 470 kg causa rebuliço entre chefs japoneses em São Paulo, convenientemente publicada na seção Comida – ao invés de Ambiente ou Bichos, como deveria ser com toda reportagem que fale de animais – sutilmente comemora o assassinato de um enorme atum, considerando o acontecimento um motivo de êxtase aos chefs de culinária onívora japonesa. Tratava-se de um atum bluefin atlântico (Thunnus thynnus), considerado Ameaçado na lista da União Internacional pela Conservação da Natureza e Recursos Naturais (IUCN) e descrito pela própria Folha como “o mais raro” atum do mundo.

Não importou à reportagem o estado ambiental de ameaça de extinção desse atum, nem se o peixe em si sofreu excruciantemente quando foi retirado da água para fins gastronômicos que já se sabe que são completamente desnecessários.

A reportagem acaba incentivando que os pescadores procurem e matem mais atuns como esse, para que os chefs comemorem a pesca de animais gigantes. Essa sanha econômica que tanto mal faz ao meio ambiente pode ser sentida ao lermos esse trecho: (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
07

jun 2011

A empresa Atlântico Tuna está investindo naquilo que vem descabelando ambientalistas e governos de todo o mundo: investir em tecnologia para pescar mais atuns ainda. Não lhes importa que estejam ameaçados de extinção em grandes regiões oceânicas, tampouco que os animais em questão sofram com o encurralamento e a asfixia derradeira. A ordem da empresa é tapar os ouvidos ante a grita do mundo e o sofrimento animal e faturar alto na arte de matar animais marinhos e esgotar suas populações.

Diz a Folha.com, abordando o assunto com a tradicional “imparcialidade parcial”: (mais…)

7 Comentários

-

Leia mais aqui