Arquivo Carnismo e Alfacismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
16

jun 2012

Terminei agora há pouco a refutação àquele que pode ter sido o maior artigo carnista da internet ainda não refutado em língua portuguesa. Trata-se do artigo Os mitos do vegetarianismo, do falecido naturopata Dr. Stephen Byrnes, escrito em inglês em 2000 e traduzido para o português não sei quantos anos depois.

O texto de Byrnes comete diversas falácias – em especial falácias do espantalho na consideração de alguns “mitos” do vegetarianismo -, incide em preconceito quase o tempo todo, usa dados obsoletos, manipula dados e usa de ceticismo seletivo – ao questionar a suposta não consideração de fatores de risco paralelos em pesquisas que criticam o consumo de carne e/ou defendem o vegetarianismo mas não falar nada sobre a mesma possibilidade de haver variáveis paralelas nas pesquisas que defendem a carne.

O texto foi respondido à maneira do Vegetariano da Depressão: com tiragem de prints e edição dos mesmos com comentários meus em vermelho. Cliquem no link abaixo para acessar a página estática, onde estão os prints respondidos:

Resposta à tradução do artigo de Stephen Byrnes “Os mitos do vegetarianismo”

2 Comentários

-

Leia mais aqui