Antimilitarismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
28

set 2011

Eis uma frase que, se relida no Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) de cada homem brasileiro, atormentaria no fundo da “alma” milhões de dispensados do serviço militar, mesmo hoje sendo improvável uma guerra a ameaçar o território brasileiro. Ela significa algo extremamente relevante: em caso de guerra, o Estado brasileiro irá confiscar nossa liberdade e se apropriar de nós, nos obrigando a pegar em armas, obedecer ordens aéticas como máquinas controladas, matar pessoas e correr altíssimo risco de sermos assassinados, mesmo que sejamos inimigos figadais da guerra e da violência e não tenhamos qualquer domínio no uso de armas e destreza física. (mais…)

9 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
04

jun 2011

Bombeiros do Rio podem ser condenados a 12 anos de reclusão

Os líderes da invasão ao quartel central do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro podem ser condenados a até 12 anos de reclusão, de acordo com código penal militar.

Segundo a Secretaria de Segurança, porém, ainda não é possível dizer qual a punição que será aplicada aos bombeiros detidos, pois a corregedoria precisa avaliar caso a caso. A previsão é de que os crimes sejam tipificados até segunda-feira. (mais…)

1 Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
29

maio 2011

Na última semana vimos um evento polêmico filmado num quartel do Rio Grande do Sul: pós-adolescentes, em seus 18 ou 19 anos, dançando o “Hino Nacional Brasileiro Funk Remix”. De um lado, o senso comum e o conservadorismo milico-nacionalista expressavam revolta pela “profanação” de um dos “símbolos nacionais”. De outro, a parcela mais liberal e cosmopolita, que não liga para a tradição do apego aos símbolos cívicos e sequer vê nestes alguma relevância prática, mostrava-se indiferente ou até gargalhava com o tocar e a dança do hino em ritmo de funk. (mais…)

7 Comentários

-

Leia mais aqui