Artigo
14

nov 2014

Continuo sendo ateu, mas isso não me impede de mostrar o cristianismo que muitos "cristãos" estão esnobando

Continuo sendo ateu, mas isso não me impede de mostrar o cristianismo que muitos “cristãos” estão esnobando

A religiosidade cristã é uma das características mais marcantes autoatribuídas pela maioria dos conservadores reacionários brasileiros. Muitos deles extraem de suas igrejas e das interpretações da Bíblia intermediadas por elas valores e crenças favorecedores de um status quo hierarquista e naturalizador das violências humanas. Mas uma leitura humanista da Bíblia mostra que a convicção cristã deles não é fiel aos ensinamentos de Jesus Cristo e arranca do contexto histórico a violência e as intolerâncias do Antigo Testamento. (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
07

abr 2013

A família "cristã" idealizada pelo imaginário conservador: branca, com poucos filhos e amparada por remuneração robusta

A família “cristã” idealizada pelo imaginário conservador: branca, com poucos filhos e amparada por remuneração robusta

Um detalhe que poucos percebem nos esforços do fundamentalismo cristão de “defender a família” é o caráter racista dessa defesa e o eurocentrismo do modelo familial dito “cristão”. Os militantes conservadores consideram “pecaminosos” e “desviados” aqueles modelos de família que destoem do padrão branco-europeu e burguês de um casal heterossexual monogâmico acompanhado de poucos filhos.

Esse racismo pode ser percebido por pelo menos dois meios: primeiro, a negação e demonização de padrões africanos, ameríndios e asiáticos de família em promoção do padrão típico da burguesia euro-americana; segundo, a própria exibição imagética de “famílias cristãs” quase sempre brancas e vestidas de acordo com os costumes europeus modernos em qualquer um dos membros da família. (mais…)

13 Comentários

-

Leia mais aqui