Arquivo Carnismo e Alfacismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
31

mar 2013

e-de-esquerda-mas

Obs.: Antes que alguém venha se queixar, este artigo não se refere indiscriminadamente a “quem come carne”, e sim especificamente àquelas pessoas que se dizem de esquerda mas são abertamente especistas (e conservadoras) contra os animais não humanos.

Recentemente falei dos veg(etari)anos reacionários, que dizem querer a libertação animal mas ora não dão a mínima para as causas de libertação humana (como o feminismo, a causa LGBT e a luta de classes), ora dizem explicitamente ser contrários a elas. Concluí, ao terminar esse primeiro texto, que nada seria mais justo do que falar também do outro lado da moeda dos libertadores seletivos: aqueles que se dizem de esquerda mas assumem uma visão de mundo francamente conservadora para com os animais não humanos e notavelmente reacionária para com a luta dos defensores da Libertação Animal – eu os chamo aqui de “esquerdistas seletivos”.

Assim como no caso dos veg(etari)anos conservadores, vi uma razoável variedade de opiniões entre os esquerdistas seletivos. Costumam ser pessoas fechadas ao debate sobre como veem os animais, muito embora isso não os impeça de alfinetar ou mesmo desqualificar a causa de quem respeita os animais. Veem-nos como seres que não merecem a inclusão moral apesar de sua capacidade de manifestar sofrimento e sentir dor – ou seja, sua vulnerabilidade a ações morais destrutivas. E não aceitam a possibilidade de rever esse pensamento. (mais…)

9 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
31

mar 2013

se-diz-vegan-mas

Postado originalmente em 27/03/13

Nada é mais esquisito e constrangedor do que pessoas defenderem uma ou mais causas de minorias políticas mas ao mesmo tempo negligenciarem, ou mesmo se oporem ativamente a, outras também referentes a categorias oprimidas, como é o caso de negros homofóbicos ou LGBTs classistas. Nesse contrassenso lógico, estão incluídos os vegetarianos e veganos reacionários, assumidamente conservadores ou mesmo regressistas para causas humanas.

Vários comportamentos reacionários de veg(etari)anos conservadores foram flagrados por mim ao longo dos últimos dois anos no meu mural do Facebook. Uns defendem que o golpe militar de 1964 foi “necessário” para “evitar uma ditadura de esquerda”. Outros curtem e compartilham conteúdo de páginas homofóbicas, misóginas e/ou de extrema-direita. Alguns outros dizem com todas as palavras que são contra o feminismo. (mais…)

34 Comentários

-

Leia mais aqui