Antimilitarismo

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
18

set 2013

Forças armadas brasileiras: além de ter a violência armada como fundamento, criminaliza o amor entre pessoas do mesmo sexo

Forças armadas brasileiras: além de terem a violência armada como fundamento, criminalizam o amor nos quartéis

Deu no Estadão: a procuradora-geral da República interina, Helenita Acioli, pediu anteontem ao STF que acabe com uma das tantas vergonhas das forças armadas brasileiras: a tipificação do “crime” de “pederastia” previsto no Código Penal Militar – o qual, aliás, datado de 21/10/1969, a menos de dois meses da decretação do AI-5, é criação e herança da ditadura militar. Nesse código, o Artigo 235 classifica a “pederastia” como “praticar ou permitir o militar que com ele se pratique ato libidinoso, homossexual ou não, em lugar sujeito a administração militar”, punindo o militar cujo grande “crime” foi amar outra pessoa com 6 meses a 1 ano de detenção. (mais…)

2 Comentários

-

Leia mais aqui