Artigo
17

jul 2016

Muitos reacionários rebaixam a defesa dos Direitos Humanos a 'adotar bandidos'. Mas eles próprios já adotaram seus criminosos

Muitos reacionários rebaixam a defesa dos Direitos Humanos a “adotar bandidos”. Mas eles já adotaram seus próprios criminosos

Corrupção de políticos conservadores, discursos de ódio já tipificados como crimes, delitos contra a honra alheia, abuso de autoridade por policiais… São muitas as violações da lei consentidas ou mesmo apoiadas por reacionários no Brasil

Um costume muito comum no meio reacionário brasileiro é acusar defensores dos Direitos Humanos, principalmente aqueles que se assumem de esquerda, de “defender bandidos”. Mas igualmente comum é relativizarem ou mesmo defenderem como “liberdades” muitos crimes cometidos por pessoas que se assumem de direita. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui
20

out 2014

aecio-agressivo

Os resultados do primeiro turno presidencial e a tendência ascendente que Aécio Neves passou a ter desde então – mas que pelo visto parou e até começou a se reverter – trouxeram uma avassaladora epidemia de ódio político, social e criminal pelo Brasil. Diante de tantos discursos criminosos de aversão contra nordestinos, negros, pessoas pobres, petistas e militantes de esquerda, o candidato tucano a presidente está devendo uma declaração oficial sobre essa onda raivosa movida pelo antipetismo fanático plantado nas massas. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
14

fev 2014

Gente que discrimina e odeia o negro, o nordestino, o boliviano etc. se acha "os civilizados", mas falta-lhes qualquer traço de civilidade, sendo piores do que qualquer pessoa que tacham de "bárbaros".

Gente que discrimina e odeia o negro, o nordestino, o boliviano etc. se acha “os civilizados”, mas falta-lhes qualquer traço de civilidade. Ostentam as características que eles próprios acham que os “bárbaros” é que possuem, ao contrário daqueles que por eles são discriminados.

Atualizado em 15/02/14

Ainda existe um costume entre alguns indivíduos de se autointitular “os civilizados”, enquanto aqueles que eles consideram “indesejados” são tachados de “bárbaros”. É um hábito comum entre racistas, xenófobos e elitistas, que maltratam e discriminam negros, pobres, nordestinos etc., rotulando-os como “bárbaros” e “indesejáveis”. Mal sabem esses autoarrogados “civilizados”, é justamente por pensarem assim de si mesmos e inferiorizarem os que tacham mental ou verbalmente de “bárbaros” que são eles próprios os menos civilizados – na concepção de civilidade, diferente da de “civilização” -, os mais antiéticos, violentos e brutos, da nossa sociedade. (mais…)

3 Comentários

-

Leia mais aqui