Artigo
03

nov 2015

 

Ariana Grande recebendo pergunta fútil de apresentadores em programa de rádio. O artigo abaixo fala sobre a violência simbólica de quando machistas entrevistam mulheres lhes dirigindo perguntas sobre futilidades, cortando-as o tempo todo e tentando reafirmar sua frágil masculinidade perante seus pares homens.

Cantora Ariana Grande recebendo pergunta fútil de apresentadores em programa de rádio. O artigo abaixo fala sobre a violência simbólica de quando machistas entrevistam mulheres lhes dirigindo perguntas infantilizadas, cortando-as o tempo todo e tentando reafirmar sua frágil masculinidade perante seus pares homens.

por Danielle Bandeira

Clique aqui e assista ao vídeo comentado por Danielle. Aviso: conteúdo machista.

Esse vídeo me deu vontade de escrever um ‘textão’. Então vamos lá.

Pela minha perspectiva, é mais a violência simbólica do cotidiano do que a violência física (sem diminuir sua relevância, ok?) que constitui, para aquelas que ainda são consideradas pessoas de segunda classe, a barreira mais difícil de transpor, porque é ela que vai manter as coisas como estão e que vai alimentar a farsa da igualdade social. (mais…)

Nenhum Comentário

-

Leia mais aqui
08

mar 2014

facepalm

O ótimo e forte texto abaixo foi publicado pela minha namorada Danielle Bandeira hoje no Facebook. Vale a pena ler, serve como um bom chá de semancol para homens que acham que hoje é dia de “homenagens” floridas e melosas às mulheres ao invés de uma data para se relembrar e reafirmar a importância da luta feminista.

 

Aos homens que dão flores e parabéns no 8 de março
por Danielle Bandeira

Pensei muito antes de escrever isso, pois ultimamente tenho querido evitar ao máximo uma comunicação agressiva. Mas quer saber… tem vezes em que é preciso ser direta e assertiva, principalmente se trato de algo que envolve meus direitos e integridade física e psicológica. Então, tenho certeza que vocês aguentam isso. ;-) (mais…)

5 Comentários

-

Leia mais aqui

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/andreortega/public_html/wp-content/themes/momentum/archive.php on line 51
09

jun 2012

Atualizado em 02/04/2013

Minha namorada Danielle Bandeira (curiosamente ainda não namorávamos em junho de 2012, quando eu trouxe para cá o texto; é como se este post fosse uma premonição), autora do blog Nerdônios, escreveu em janeiro de 2012 um post muito interessante sobre a gordofobia e o “instinto” de muitos de rir de quem não corresponde aos seus padrões de estética. Esse post acabou tocando a mim mesmo – confesso que o primeiro instinto que surgiu dentro de mim foi o de querer rir da moça do vídeo, embora eu tenha conseguido controlar tal impulso ao começar a ler o artigo.

Vale a pena ler.

 

Gord@s, se escondam! Não quero lembrar que vocês existem
por Danielle Bandeira

Depois de praticamente um ano sem postar nada, escrevendo rascunhos que nunca se tornam posts, é bom sentir as ideias fluindo novamente e querendo escapar da solidão da minha cabeça. =]
Bem vind@s velh@s e nov@s leitorxs.

Bom, o post de estreia deste ano é inspirado no vídeo abaixo, que teve mais de 14 milhões de visualizações em pouco mais de três meses. Recentemente começou a ser compartilhado como viral nas redes sociais. O motivo? Uma moça gorda teve a ousadia(!?) de se filmar cantando músicas de cantores aleatórios. Subversivo, não? (mais…)

4 Comentários

-

Leia mais aqui